OS MEUS DESEJOS PARA TODOS

RecadosOnline.com

domingo, 3 de janeiro de 2010

3 de JANEIRO de 2010 – Santos do Dia


SANTOS DO DIA DE HOJE – 3 DE JANEIRO

Genoveva, Santa
Janeiro 3 Biografia
Genoveva, Santa
Genoveva, Santa

Nasceu perto de Paris no ano 422.
Genoveva significa: "De boa família". Muito menina, se encontrou com São Germán, venerável Bispo, o qual a aconselhou a dedicar a sua vida a servir a Deus e ao próximo e assim o fez.
Aos 15 anos formou com um grupo de amigas uma associação de mulheres dedicadas ao apostolado e a ajudar aos pobres. Não eram religiosas mas viviam muito santamente em sua casa ou em seu sítio de trabalho, e assistindo muito ao templo e ajudando todo o mais possível aos necessitados.
Genoveva praticava de tal maneira o recolhimento e separação do mundo que durante os 40 dias de Quaresma não saía de sua casa senão para ir ao templo ou ajudar a algum necessitado. E no resto do ano fazia quase o mesmo.
Quando tinha 30 anos ouviu que o terrível bárbaro chamado Átila se acercava com 100,000 guerreiros para sitiar a Paris e a destruiria a sangue e fogo. A gente queria sair fugindo mas Genoveva os convenceu de que em vez de sair correndo o que deviam fazer era ir ao templo a rezar. Quase a lincham os cobardes, mas a maioria lhe fez caso e se dedicaram a orar.
E a cidade se salvou de ser atacada, pois o feroz Atila quando já vinha chegando a Paris, mudou imprevistamente de rumo e se dirigiu para Orleães, mas pelo caminho lhe saíram ao encontro os exércitos cristãos e o derrotaram na terrível batalha dos Campos Cataláunicos. Assim se cumpriu o que havia anunciado Genoveva, que se o povoo orasse com fé a cidade de Paris não seria atacada. Isto lhe deu uma grande popularidade nessa capital.
Depois chegou a Paris uma espantosa escassez e carestia e a gente morria de fome. Genoveva em vez de se queixar reuniu um bom grupo de homens e foi rio acima buscando víveres e voltou com as barcas cheias de comestíveis e assim salvou uma vez mais a cidade.
Como os reis Childerico e Clodoveo sentiam por ela uma grande veneração, conseguiu obter deles o perdão para muitos presos políticos que iam a ser justiçados.
Quando Genoveva morreu, muito anciã, em 3 de Janeiro de ano 502, já a cidade de Paris a considerava sua padroeira, e todavia hoje, ela a Padroeira de Paris. Sobre seu túmulo se construiu um famoso templo, o qual na Revolução Francesa foi destruído e nesse sítio levantaram o edifício chamado Panteão, onde os franceses enterram a seus heróis.
Os dados acerca desta santa os conhecemos porque os escreveu Gregório de Tours, uns vinte anos depois de haver ela morrido.
Santa Genoveva tem sido invocada em épocas de grandes calamidades públicas, e tem livrado muitas vezes a cidades e povos de pestes, carestias e invasões de inimigos.
Oração
Senhor: que com a imitação de Santa Genoveva amemos a nossa pátria e aos nossos vizinhos não só com amor de palavras, mas com amor que se demonstra em boas obras e que como ela, estejamos convencidos de que é melhor confiar em Deus que confiar só nas ajudas humanas. Ámen.


Estefânia Quinzani, Santa
Janeiro 3 Monja Dominicana
Estefanía Quinzani, Santa
Estefânia Quinzani, Santa
Etimologicamente significa “coroada de luz”. Vem da língua grega.
Todos os pais desejam que seus filhos tenham uma formação o mais completa possível. É quase uma lei natural.
Esta rapariga se situa historicamente no século XVI. E para maior informação, qualquer um pode ir à igreja de Colomo, ao lado de Parma, onde se conserva o corpo desta santa.
Isto constitui uma prenda imensa oferecida ao arquiduque Fernando de Borbón, duque de Parma, em 1784.
Não fazia muito tempo que o próprio Papa Bento XIV havia aprovado que se podia dar culto a esta santa.
E como sucedeu ocorrer a morte de um santo – ao menos antes – a gente ia pressurosa a buscar relíquias dela. Assim por exemplo, sua cabeça se pode ver em Cremona, justamente ao lado de uma igreja dominicana.
E há que ter em conta que Estefânia não havia nascido em nenhum dos dois sítios. Ela veio ao mundo no povo de Orzinuovi, na província de Bréscia, Itália.
Seu pai era uma pessoa comprometida a sério com o apostolado que todo o crente desempenha na Igreja por o bem dos outros.
A tal grau chegou seu compromisso que, desde os 15 anos pertencia já à Terceira Ordem Dominicana.
Sua filha o seguiu fielmente pelos caminhos que marca o Evangelho para aqueles que deixam tudo para ganhar a Cristo.
Não foi uma rapariga isolada nem tristonha. Ao contrário, todo o mundo a via com ânimos de lutadora, e empreendia obras que, à primeira vista, pareceriam absurdas ou de loucas.
Desta forma, fundou um convento em Soncino. Todo  fazia por amor. Quem ama de verdade se sente feliz, ainda que venham as provas e tribulações.
E a Estefânia lhe chegaram muito fortes, mas as superou com energia e paciência. Em seu corpo apareceram os estigmas da Paixão de Cristo. Morreu no ano 1530.
Janeiro 3 - XIX Papa
Antero, Santo
Antero, Santo

Grego de nacionalidade, filho de Rufino, foi eleito em 21 de Novembro de 235 para suceder na Sede de Pedro a São Ponciano e morreu em 3 de Janeiro de 236, pelo que seu pontificado durou só quarenta e três dias. Foi martirizado por ordem do Imperador Maximiano I. por haver ordenado aos notários que recolhessem assiduamente e conservassem as Actas dos mártires nos arquivos da Igreja. Seu corpo foi trasladado na cripta dos papas das catacumbas de S. Calixto. As relíquias estão guardadas hoje na igreja romana de S. Silvestre In capite.
Começou também uma recompilação oficial das actas da Igreja, que guardou num lugar chamado scrinium. A recompilação, que foi queimada com Diocleciano, se voltou a fazer mais tarde e logo desapareceu de novo em tempos de Honório III (1225).
Se lhe atribui um decreto sobre a translação de Bispos a outra sede, expedida a instâncias dos prelados de Toledo e Sevilha.
Ciriaco Elias Chavara, Beato
Janeiro 3 - Co-fundador


Ciriaco Elías Chavara, Beato
Ciriaco Elias Chavara, Beato

Co-fundador e primeiro Prior Geral dos Carmelitas de Maria Imaculada.
Nasceu em Kerala, Índia, em 10 de Fevereiro de 1805.
Entrou no seminário no ano 1818 e foi ordenado sacerdote em 1829.
Pôs os fundamentos da primeira casa da Congregação em Mannanam em 1831 e emitiu os votos religiosos em 1855.
No ano 1866 colaborou também na fundação da Congregação das Irmãs da Mãe do Carmelo.Desde 1861 desempenhou o ofício de Vigário Geral da Igreja siro-malabar.
Defensor da unidade da Igreja contra o cisma de Rocco, durante toda sua vida trabalhou pela renovação da Igreja siro-malabar.
Se distinguiu como homem de oração.
Esteve cheio de zelo pelo Senhor na Eucaristia e foi particularmente devoto da Virgem Imaculada.
Morreu em Koonammavu em 1871. Desde o ano 1899 seus restos mortais repousam em Mannanam.
Em 8 de Fevereiro de 1986 Sua Santidade João Paulo II o beatificou solenemente em Kottayam (Índia).
Santísimo Nombre de Jesús


Este Bendito Nome, invocado pelos fieis desde os começos da Igreja, começou a ser venerado nas celebrações litúrgicas no século XIV. São Bernardino de Siena e seus discípulos propagaram este culto. Como festa litúrgica foi introduzida no século XVI.
Oito dias depois de seu nascimento o Filho de Maria recebeu o nome de Jesus, que significa Salvador, como o havia ordenado o anjo Gabriel antes de que Maria concebesse.
O Evangelho menciona a razão de ser do dito nome: “Porque vai salvar a seu povo do pecado”. Jesus ia obrar a Redenção com os mais atrozes sofrimentos, “humilhando-sedisse São Paulonão só até à morte, mas morte de Cruz. Por isso Deus o exaltou e lhe deu um Nome acima de todos os nomes e ao nome de Jesus se dobre todo o joelho”.
http://es.catholic.net/santoral

Recolha, transcrição e tradução de espanhol para português, por António Fonseca