OS MEUS DESEJOS PARA TODOS

Imagens e Frases de Natal Religioso

quinta-feira, 4 de março de 2010

4 de MARÇO de 2010 - REZAR A QUARESMA e SANTOS DO DIA

4 DE MARÇO

QUINTA-FEIRA – 2ª SEMANA DA QUARESMA

Lucas 16, 19-31

“Foi levado pelos anjos…”

*************

Pensar na morte é de mau tom, dizem.

Mas o momento da morte é o momento da verdade.

Onde nos apresentamos como somos.

Sem máscaras nem mentiras.

O rico desta história que Jesus contou não tinha tempo para a verdade: que ele era um homem fechado no seu egoísmo, cego às necessidades de um irmão com fome.

Hoje é um bom dia para escutar Deus que me chama à verdade, a ser quem realmente sou.

»»»»»»»»»

Tu, Senhor, conheces o meu coração.

Guia-me pelo caminho do bem e da vida.

 

edisal@edisal.salesianos.pt

www.edisal.salesianos.pt

NOTA:  Ver nota em 17-Fevereiro-2010

António Fonseca  -  www.aarfonseca@hotmail.com

 

=============================

+++++++++++++++++++++++++++++

«««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««

 

Casimiro, Santo
Março 4   -  Príncipe

Casimiro, Santo

Casimiro, Santo

Príncipe

Martirológio Romano: São Casimiro, filho do rei de Polónia, que, sendo príncipe, destacou pelo zelo na fé, pela castidade e pela penitência, a benignidade para com os pobres e a devota veneração à Eucaristia e à bem-aventurada Virgem Maria, e ainda jovem, consumido pela tuberculose, descansou piedosamente na cidade de Grodno, perto de Vilna, na Lituânia (1484).
Etimologicamente: Casimiro = Aquele que invoca, ensina, promove a paz, é de origem polaca.

Casimiro nasceu em 1458 em Cracóvia. Era o terceiro dos treze filhos de Casimiro, rei de Polónia. Muitos santos hão saído de famílias muito numerosas, e desta classe de famílias chegam à Igreja Católica excelentes vocações.
Sua mãe Isabel, filha do imperador de Áustria, era uma fervorosa católica e se esmerou com toda a alma porque seus filhos foram também entusiastas praticantes da religião. Ela numa carta a uma faz uma formidável lista das qualidades que deve ter uma boa mãe, e seguramente que essas qualidades foram as que praticou com seus próprios filhos.

(CONFORME INFORMEI NESTE BLOGUE, ONTEM, 3 DE MARÇO DE 2010 E PORQUE ESTA BIOGRAFIA É UM POUCO LONGA, SOLICITO QUE CONSULTEM O SITE HTTP://ES.CATHOLIC.NET/SANTORAL PARA ENCONTRAR A BIOGRAFIA DE SÃO CASIMIRO. OBRIGADO.AF.)

Maria de Mattias, Santa
Março 4   -  Fundadora

Maria de Mattias, Santa

Maria de Mattias, Santa

Fundadora

Martirológio Romano  - Em Roma, beata María de Matías, virgem, que fundou o Instituto das Irmãs da Adoração do Preciosíssimo Sangue do Senhor (1866).

Nasceu em 4 de Fevereiro de 1805 em Vallecorsa (Itália) numa família acomodada e de profunda fé cristã. já desde menina se familiarizou com a Sagrada Escritura, e sentiu um grande amor a Jesús, Cordeiro imolado pela salvação da humanidade. Teve especial devoção pelo Sangue de Cristo, derramado por amor aos homens. 
Pelos costumes da época, viveu sua meninice e adolescência relativamente isolada, com poucos contactos e relações exteriores. Em seu interior, sem embargo, buscava o sentido de sua vida, que esperava encontrar num amor sem fim.
Se encomendou á Virgem Maria para que a iluminasse e Deus a fez experimentar a beleza de seu amor, que se manifestou com plenitude em Cristo crucificado, em Cristo que derramou seu preciosíssimo sangue por nossa salvação. Esta experiência foi a fonte, a força e a motivação que a levou a difundir por todos o amor misericordioso do Pai celestial, e o amor de Jesús crucificado.
Estava convencida de que a reforma da sociedade nasce do coração das pessoas e que os homens se transformam quando chegam a compreender quão valiosos são aos olhos de Deus, quando caem na conta do imenso amor de que hão sido objecto: Jesús deu todo seu sangue para os resgatar.
Quando tinha 17 anos, são Gaspar del Búfalo pregou em Vallecorsa uma missão popular e Maria viu como se transformava o povo, com a conversão de muitas pessoas. Em seu interior surgiu o desejo de contribuir, como esse santo, para a transformação espiritual das pessoas. 
Sob a guia de um companheiro de são Gaspar, o venerável dom Giovanni Merlini, em 4 de Março de 1834 fundou a congregação das Religiosas Adoratrices de la Sangre de Cristo.
Além de promover a educação das meninas, reunia as mães e as jovens para as catequizar, para fazer que se enamorassem de Jesús, impulsionando-as a viver cristãmente, segundo seu estado de vida. Muitos homens, aos que não podia falar, por causa dos costumes da época, acudiam espontaneamente a escutá-la.
Apesar de seu carácter tímido e introvertido, o zelo pela causa de Cristo a converteu numa grande pregadora, que convencia tanto as pessoas simples como as cultas, tanto aos laicos como aos sacerdotes, porque quando falava dos mistérios da fé dava a impressão de que havia experimentado pessoalmente essas realidades. Seu grande desejo era que não se perdesse nem sequer uma gota do Sangue de Cristo,mas que chegasse a todos os pecadores para os purificar e para que, lavados naquele rio de misericórdia, voltassem ao bom caminho.
Este zelo arrastou a muitas jovens. Assim, pôde fundar perto de setenta casas religiosas, principalmente em Itália, mas também na Alemanha e Inglaterra. Quase todas suas casas se abriam em pequenas aldeias abandonadas do centro de Itália, a excepção de Roma, a onde foi chamada pelo Papa Pío IX para dirigir o Hospício de São Luis e uma escola em Civitavecchia.
Viveu toda sua vida com o único desejo de agradar a Jesús, que lhe havia roubado o coração desde sua juventude, e com o compromisso gozoso de difundir ao máximo o conhecimento do amor de Deus pela humanidade. Para isso não escamoteou esforços, nem se deixou abater pelas dificuldades. Sempre actuou em profunda comunhão com a Igreja universal e particular, e por amor a ela.
Morreu em Roma em 20 de Agosto de 1866. Foi beatificada pelo Papa Pío XII em 1 de Outubro de 1950.
Foi canonizada em 18 de Maio de 2003 pelo Papa João Paulo II, dia em que além disso Sua Santidade cumpriu 83 anos de idade.
Em 20 de Agosto se recorda o nascimento ao céu de Santo Domingo Sávio, sendo em 4 de Março a data fixada para a celebração litúrgica de sua festa.

¡Felicidades a quem leve este nome!
Reproduzido com autorização de Vatican.va

• Plácida Viel, Beata
Março 4   -  Virgem

Plácida Viel, Beata

Plácida Viel, Beata

Superiora Geral da
Congregação das Escolas Cristãs da Misericórdia

Martirológio Romano: No cenóbio de Saint-Sauveur-le-Vicomte, de Normandía, em França, beata Plácida (Eulalia) Viel, virgem, que brilhou por seu zelo e humildade, dirigindo a Congregação das Escolas Cristãs da Misericórdia (1877).
Etimologicamente: Plácida = Aquela que possui um carácter tranquilo, vem do latim.

Victoria Eulalia Jacqueline Viel, que um dia seria superiora geral das Irmãs das Escolas Cristãs da Misericórdia, nasceu numa aldeiazinha normanda de Val-Vacher. Era a oitava filha de um agricultor e sua instrução se reduz a sete anos de escola primária, na cidade de Quettehou. A beata era séria e tímida por temperamento. Até aos dezassete anos, viveu a existência tranquila e ordenada de uma filha de agricultor, encarregada de fazer casa a seu irmão. A essa idade foi visitar a uma tia sua, que era religiosa no convento de Santa María Magdalena Postel, em Saint-Sauveur-le- Vicomte. A visita impressionou tanto a jovem, que decidiu ingressar na comunidade. Foi admitida e tomou o nome de Plácida.

(VER MAIS SOBRE SANTA PLÁCIDA (EULÁLIA) VIEL, NO SITE HTTP://ES.CATHOLIC.NET/SANTORAL. OBRIGADO. AF.)


Se tiverem alguma informação relevante para a canonização da Beata Plácida escreva a:
Abbaye de Ste-Marie-Madeleine-Postel
50390 Saint-Sauveur-le-Vicomte, FRANCIA

Juan António Farina, Beato
Marzo 4   -  Bispo e Fundador

Juan Antonio Farina, Beato

Juan António Farina, Beato

Bispo de Vicenza 
e Fundador do Instituto das Irmãs Mestras de Santa Dorotea Filhas dos Sagrados Corações

Martirológio Romano: Em Vicenza, cidade de Itália, beato Juan António Farina, bispo, cujo trabalho no campo da pastoral foi intenso, e fundou o Instituto das Irmãs Mestras de Santa Dorotea Filhas dos Sagrados Corações, para a formação das jovens pobres e ajuda às pessoas aflitas (1888).

Sacerdote de extraordinária espiritualidade e de grande generosidade apostólica, Juan António Farina pode ser considerado um dos bispos mais insignes do século XIX italiano. Foi o fundador das Irmãs Mestras de S. Dorotea Filhas dos Sagrados Corações, que actualmente se encontram em várias partes do mundo com actividades educativas, assistenciais e pastorais.

(VER MAIS SOBRE SÃO JOÃO ANTÓNIO FARINA, EM SITE: HTTP://ES.CATHOLIC.NET/SANTORAL. MUITO OBRIGADO. AF.)


Foi proclamado Beato por João Paulo II em 4 de Novembro de 2001.

 

Zoltán Lajos Meszlényi, Beato
Março 4  - Bispo e Mártir

Zoltán Lajos Meszlényi, Beato

Zoltán Lajos Meszlényi, Beato

Bispo e Mártir

Data  de Beatificação: 31 de Outubro de 2009, durante o pontificado de S.S. Bento XVI, em cerimónia realizada na Catedral de Esztengom.

Zoltán Lajos nasceu em 2 de Janeiro de 1892 no seio de uma família de sólida tradição católica. Chamado ao sacerdócio, conseguiu na Pontifícia Universidade Gregoriana o doutorado em Filosofia e em Teologia e o título em Direito Canónico. Em 28 de Outubro de 1937 foi ordenado bispo e nomeado auxiliar da arquidiocese de Esztergom na Hungria. Sua preparação e seu zelo pastoral lhe permitiram uma notável laboriosidade pastoral e cultural. Imediatamente depois da segunda Guerra Mundial, o regime comunista húngaro iniciou um encarniçado ataque contra a Igreja católica, aplicando a seus integrantes formas de intolerância que a miúdo desembocaram em violentas e sanguinárias perseguições. Acontecimento emblemático deste período de terror e real opressão foi a detenção do Primaz de Hungria, o arcebispo Jozsef Mindszenty.

(VER MAIS SOBRE BEATO ZOLTAN LAJOS MESZLENZI, NO SITE: HTTP://ES.CATHOLIC.NET/SANTORAL. OBRIGADO, AF.)


Se tiverem alguma informação relevante para a canonização do Beato Zoltan, contacte a:
Dr Andrea Ambrosi
Primási és Érseki Hivatal
Mindszenty hercegprímas tér 2
Pf. 25
H-2501 Esztergom, HUNGARY

Reproduzido com autorização de Santiebeati.it

responsável da tradução: Xavier Villalta

• Outros Santos e Beatos
Março 4   -  Completando santoral deste dia

 

Otros Santos y Beatos

Outros Santos e Beatos

Santos Fócio, Arquelao, Quirino e outros dezassete companheiros, mártires

Em Nicomedia, em Bitinia, os santos Focio, Arquelao, Quirino e outros dezassete  companheiros mártires (s. III/IV).

São Basino, monge e bispo

Em Tréveris, de Renânia, na Austrásia, são Basino, bispo, da família dos duques do reino de Austrásia, que primeiro foi monge, depois abade de São Máximo de Tréveris e, elevado finalmente à sede episcopal da cidade, aprovou a fundação do mosteiro de Epternach, realizada por santa Irmina (705).

São Apiano, eremita

Em Comacchio, na província de Flaminia, são Apiano, monge, que, enviado desde o mosteiro de Pavía, levou nesta cidade vida eremítica (s. VIII).

São Pedro, eremita e bispo 

No mosteiro de Cava, na Campânia, são Pedro, que havendo seguido desde sua juventude vida eremítica, foi eleito bispo de Policastro, mas cansado do estrépito da vida exterior, regressou ao mosteiro, onde, constituído abade, restabeleceu admiravelmente a disciplina (1123).

Beato Umberto, monge

Em Chambery, em Sabóia, beato Umberto, terceiro conde de Sabóia, que havendo sido coagido a deixar o claustro para se ocupar do governo, voltou mais tarde à vida monástica, vivendo com fidelidade (1188).

Beatos Cristóbal Bales, presbítero, Alejandro Blake e Nicolás Horner, mártires

Em Londres, em Inglaterra, os beatos Cristóbal Bales, presbítero, Alejandro Blake e Nicolás Horner, mártires, os quais, durante a perseguição sob o reinado de Isabel I, receberam ao mesmo tempo a coroa da glória (1590).

 

HTTP://ES.CATHOLIC.NET/SANTORAL

RECOLHA, TRANSCRIÇÃO E TRADUÇÃO DE ESPANHOL PARA PORTUGUÊS, POR ANTÓNIO FONSECA.

POR FAVOR VEJAM NOTA PUBLICADA ONTEM DIA 3, SOBRE A COMPILAÇÃO QUE VENHO FAZENDO. OBRIGADO

E DESCULPEM. AF.