OS MEUS DESEJOS PARA TODOS

RecadosOnline.com

quarta-feira, 2 de junho de 2010

Nº 1024 - 2 DE JUNHO DE 2010 - SANTOS DO DIA

 

Marcelino e Pedro, Santos
Junho 2 Mártires (304)

Marcelino y Pedro, Santos

Marcelino e Pedro, Santos

Os nomes de S. Marcelino e S. Pedro, mártires, são mencionados no cânone romano da Missa. S. Marcelino era sacerdote e S. Pedro exorcista. Ambos sofreram o martírio na perseguição de Diocleciano. Pelo ano de 304 foram decapitados na via Cornélia, na aldeola chamada Selva Negra, onde primeiramente foram enterrados, com a intenção de os cristãos os não localizarem nem os venerarem. Mas Deus velou pelo culto dos seus mártires e revelou a uma piedosa mulher, chamada Lucila, o lugar em que jaziam. Foram recolhidos os restos e trasladados para o cemitério da via Lavicana, no local chamado «entre os dois loureiros». Esse local ficou-se chamando desde então Selva Branca, e na Idade Média chegou a ser sé episcopal. Os dados mais seguros do martírio dá-no-los S. Dâmaso na inscrição que redigiu para o túmulo na via Lavicana. É inscrição em verso, na qual indica, segundo confissão do verdugo mesmo, as circunstâncias do martírio: «Marcelino e Pedro, escutai a história do vosso triunfo. Quando eu era menino, o próprio verdugo contou-me, a mim Dâmaso, que o perseguidor furioso ordenarem que vos fossem cortadas as cabeças no meio dum bosque, para ninguém saber onde estavam os vossos corpos. Mas vós, triunfantes, com as vossas próprias mãos vos preparastes para esta sepultura onde agora descansais. Depois de terdes descansado por breve tempo numa Selva Branca, revelastes a Lucila que teríeis gosto em descansar aqui». A cripta de S. Pedro e S. Marcelino foi descoberta por Stevenson, no fim do século passado. A câmara é ampla e suficiente para receber muitos devotos. No meio, diante da ábside, há um pano de muralha conservado, onde estão os dois nichos dos corpos. Esta parte do muro respeitou-se intencionalmente, quando se derribaram as paredes a toda a volta para se fazer o santuário. Não se quis remover a sepultura dos dois santos e trasladar os seus corpos para outro sítio mais pomposo. Contentaram-se com revestir as paredes com pilastras de mármore.  www.jesuitas.pt – Ver também http://es.catholic.net/santoral

 

Erasmo de Fórmia, Santo
Junho 2   -  Bispo e Mártir

Erasmo de Formia, Santo

Erasmo de Fórmia, Santo

S. Erasmo foi bispo e mártir em Fórmia, no principio do século IV. Desde bem cedo se difundiu o seu culto no Lácio e Campânia. Entrou também na liturgia romana, graças sobretudo à fama que obteve o mosteiro do Monte Célio, em Roma, dedicado ao seu nome. Este mosteiro remonta sem dúvida ao século VI, pois nele foi educado o papa Adeodato, falecido em 619. Não temos noticias certas sobre a forma de seu martírio. Mas o facto da morte por Cristo deve bastar-nos, uma vez que as circunstâncias são sempre secundárias. Nosso Senhor Jesus Cristo sofreu em Si mesmo uma vez e continua sofrendo muitas vezes nos seus servos. Estas perseguições e mortes do justo são apenas externas e aparentes. Como o vento revolve e atinge o mar apenas na superfície, sem chegar nunca a remover as águas no interior do oceano, assim as torturas e a morte ficam na superfície do cristão, sem nunca chegarem à serenidade e vida do coração, do seu espírito imortal, que passa do patíbulo ao trono, do desterro ao seio de Deus. www.jesuitas.pt. Ver também http://es.catholic.net/santoral

 

Eugénio I, Santo
Junho 2   -  LXXV Papa

Eugenio I, Santo

Eugénio I, Santo

Santo Eugénio I nasceu em Roma. Foi eleito por expressa vontade do imperador Constante, um ano antes da morte de Martinho, enquanto este era conduzido em cadeias a Constantinopla. O clero romano e o próprio Eugénio I não se opuseram à vontade de Constante, provavelmente não por submissão ou medo, senão por motivos de oportunidade. Talvez não quisesse indispor o imperador quem, por exemplo, havia podido fazer eleger a um papa monotelista; ou talvez dando mostras de condescendência não se quis comprometer ainda mais a já precária posição do Papa Martinho.
Não há dúvida de que a atitude de Eugénio foi demasiado reverente e condescendente, até tal ponto que o Liber pontificalis o define demasiado «benévolo, doce e cheio de mansidão». Se resgatou no final recusando a epístola sinodal que lhe enviou o patriarca Pedro, que continha graves ambiguidades doutrinais em sentido monotelista, e negando-se a subscrever uma profissão de fé ditada pelo próprio imperador. Melhor, contestou à provocação denunciando os abusos e as perseguições que Martinho havia sofrido por parte da Corte imperial, fazendo-os de público domínio.
Haveria recebido o mesmo trato que seu antecessor se entretanto não tivesse morrido.
Se distinguiu por vários regulamentos utilíssimos que deu à Igreja numa época bastante azarenta. Prescreveu que os curas tivessem que guardar castidade perpétua.
Esteve dotado do dom de milagres, e morreu no Senhor em 2 de Junho do ano 657.

Nicolás o Peregrino, Santo
Junho 2   -  Padroeiro de Trani

Nicolás el Peregrino, Santo

Nicolás o Peregrino, Santo

Contrariamente ao mais célebre São Nicolau, padroeiro de Bari, deste São Nicolau chamado o Peregrino, possuímos pouquíssimos dados. 
É o padroeiro da cidade de Trani, onde morreu em 1094, apenas quinze dias depois de sua chegada, proveniente de Taranto e antes ainda de Otranto.
Havia nascido na Grécia e depois de haver passado alguns anos de solidão em Puglia, percorreu-a levando uma cruz na mão, repetindo continuamente a invocação: “Kyrie Eleison”.
Depois de sua morte, fez numerosos milagres. Quatro anos depois, em 1098, no Sínodo Romano, o Bispo de Trani propôs à Assembleia que o venerável Nicolás fosse inscrito no catálogo dos Santos, pelos méritos que acumulou durante sua vida e pelos milagres conseguidos mediante sua intercessão depois de sua morte. 
O Papa Urbano II mediante um ‘Breve’ autorizou o Bispo de Trani a actuar ao respeito como o considerara oportuno. De regresso a Trani o Bispo o canonizou e depois de edificar uma nova basílica, depositou ali o corpo do Santo.
Em 1748 o Papa Bento XIV o incluiu no Martirológio Romano.

Sadoc, Beato
Junho 2   -  Mártir

Sadoc, Beato

Sadoc, Beato

Sadoc sendo ainda jovem recebeu o hábito de mãos de santo Domingo -segundo a tradição-.
Foi enviado por ele desde o capítulo geral de Bolonha de 1221 junto com frei Pablo de Hungría (Vidas, Apénd. 1) a estender a Ordem na Hungría, sendo portanto considerado como um dos fundadores e impulsionadores desta província em que viveu durante muito tempo.
Foi mais tarde trasladado a Sandomierz (Polónia) como superior da comunidade. Ali junto com a comunidade de quarenta e oito frades foram assassinados pelos tártaros enquanto cantavam a Salve ao final de Completas. Essa destruição foi recentemente comprovada em escavações feitas no convento de Sandomierz.
Pío VII confirmou seu culto em 18 de Outubro de 1807.

Potino, Blandina e 46 Companheiros

Mártires de Lião (177)

 

Eusébio (338) reproduz na sua História eclesiástica a circular que as Igrejas de Lião e de Viena dirigiram às da Ásia, a propósito destes mártires, do ano de 177. Lê-se nela: «É impossível descrever-vos o que foi a raiva dos pagãos contra nós e os tormentos que nos infligiram. Começaram por nos perseguir nas casa, na praça e nos banhos públicos. Depois vieram as agressões, as saraivadas de pedra, as espoliações e as encarcerações. Houve a seguir os interrogatórios na praça. E em seguida os suplícios a que assistiu multidão imensa, tripudiando de alegria, nos dois anfiteatros da cidade. Os nossos irmãos suportaram com facilidade sofrimentos que se poderiam interpretar como insuportáveis. Alguns, infelizmente!, apostataram – uns dez aproximadamente; escravos que, na tortura, nos foram apresentados como a praticar incestos e a comer carne de criança». A circular, que cita vários confessores da fé, menciona em particular Blandina e Potino. Este último, «o santo bispo de Lião, velho de 90 anos, foi levado de maca ao tribunal. Ao juiz, que lhe perguntava quem era o Deus dos cristãos, respondeu: «conhecê-Lo-ás quando de tornares digno d’Ele». Foi permitido aos presentes dar-lhe pontapés e atirar-lhe com tudo o que tinham à mão. Em seguida foi reconduzido à prisão, onde pouco depois deu o último suspiro. Blandina, escrava muito jovem, despertava reduzida confiança,  em nós; mas cansou os algozes que se revezavam atormentando-a; limitava-se a dizer: «Sou cristã, e nada de mal se faz entre nós». Suspendida pelos braços a um poste, as alimárias nada quiseram com ela. Foi reconduzida à prisão, sendo reservada para o último dia das festas. Foi então flagelada, descarnada, queimada a fogo lento, metida numa rede e lançada a um touro, que se divertiu atirando-a ao ar; por último, executaram-na à espada».  www.jesuitas.pt

http://es.catholic.net/santoral  e  www.jesuitas.pt

 

Recolha, transcrição e tradução de espanhol para português por António Fonseca

Nº 1024-(1) - NOTÍCIAS DA AGÊNCIA ECCLESIA EM 1-6-2010

 

 

Notícias nacionais

Livros da Paulus no telemóvel

A Paulus vai passar a utilizar o “Código QR”, uma tecnologia que, a partir de telemóveis com câmara fotográfica e ligação à Internet, permite o acesso a conteúdos multimédia que enriquecem as publicações impressas. No livro escolhido para estrear esta aplicação, “Bento XVI e Portugal”,...

«Compre um livro e faça uma criança feliz!»

A Paulus promove a partir desta Terça-feira a campanha “Compre um livro e faça uma criança feliz!”. Durante a iniciativa, que decorre durante o mês de Junho, por cada livro infantil comprado nas livrarias da Paulus, a editora oferece outro a uma criança carenciada. A campanha, inspirada no Dia Mundial da Criança, que se assinala a 1 de Junho, é...

Fátima e a I República

A relação de Fátima com o regime instaurado pela República de 1910 é o tema central da edição digital que agora a Agência ECCLESIA publica. Num projecto editorial que assinala o centenário da I República, ao longo deste ano 2010, o nº 4 que agora se distribui explica como “Fátima serve de palco e de detonador do...

Bancos Contra a Fome angariaram mais de duas mil toneladas de alimentos

Os Bancos Contra a Fome recolheram neste Sábado e Domingo um total de 2006 toneladas de géneros alimentares, quantidade 3,9% superior ao da campanha realizada em Maio de 2009. A iniciativa decorreu em 1400 superfícies comerciais das zonas de Abrantes, Algarve, Aveiro, Braga, Coimbra, Cova da Beira, Évora e Beja, Leiria-Fátima, Lisboa, Oeste, Portalegre, Porto, Santarém,...

LOC/MTC organiza seminário internacional e congresso

A Liga Operária Católica/Movimento de Trabalhadores Cristãos (LOC/MTC) realiza de 9 a 13 de Junho, em Aveiro, um seminário internacional e o 14.º Congresso Nacional. O seminário, que tem como tema “Mais e Melhores Empregos – A crise económica e financeira e os desafios à inovação para criar mais emprego sustentável”,...

Dia do Património das Misericórdias

Foi recentemente aprovado pelo Secretariado Nacional da União das Misericórdias Portuguesas (UMP) o “Dia do Património das Misericórdias”. Prevista para 1 de Julho, a iniciativa visa promover um momento privilegiado de reflexão sobre o trabalho desenvolvido e ao mesmo tempo de definição de estratégias para o futuro. Em declarações...

Programação religiosa nos média

Programa Ecclesia RTP2, 18h30 Segunda a Sexta-feira Quinta-feira, dia 03 - Informação e a rubrica O Passado do Presente. Sexta-feira, dia 04 - Entrevista. Análise à Liturgia da Palavra de Domingo por Frei José Nunes e Pe. Robson Cruz Segunda-feira, dia 07 - Ano Sacerdotal. Análise de D. António Francisco dos Santos, Presidente da Comissão Episcopal...

Alma Perdida: Uma comédia bem achada!

Paul Giamatti, o fantástico actor americano de “Sideways” e “Cinderella Man” é... Paul Giamatti na inspirada comédia “Alma Perdida”de Sophie Barthes: um actor a braços com a complexidade de Vanya (Tio Vanya), a célebre personagem de Tchekov que ensaia para em breve encarnar em palco. A angústia provocada pelo sofrimento que...

Desafios sociais em tempo de crise

No dossier da Agência ECCLESIA desta semana fixamos a análise nas palavras do Papa dirigidas a mulheres e homens que trabalham nas organizações de Pastoral Social da Igreja Católica. Em Fátima, na tarde do dia 13 de Maio, mais de sete mil pessoas quiseram ouvir os reptos colocados por Bento XVI nas horas concretas de crise generalizada, que além de económica...

«Missa Nova» na Diocese de Bragança-Miranda

O Pe. José Luís Amaro Pombal, da Diocese de Bragança-Miranda, celebrou no domingo passado, domingo da Santíssima Trindade, a Missa Nova na sua terra natal, Mós, do concelho de Moncorvo. A Igreja paroquial de Mós não conteve a multidão de pessoas que acorreram à Festa da Missa Nova. Além dos filhos da terra, esteve presente um grande...

«Uma história, por favor!»

Um destes dias, ia sentada no autocarro atrás de uma menina e sua mãe, que tinha ido buscá-la à escola. Como a menina não fazia questão de falar baixo e o autocarro ia silencioso, não pude deixar de ouvir a conversa… - Mãe, logo contas-me uma história antes de eu dormir? A mãe não respondeu, mantendo-se virada para...

Notícias internacionais

Bento XVI preside às celebrações do encerramento do Ano Sacerdotal

Por ocasião do encerramento do Ano Sacerdotal, Bento XVI preside a 10 de Junho à vigília da solenidade do Sagrado Coração de Jesus. A celebração, que decorre na Praça de São Pedro, em Roma, começa às 19h30 (hora continental portuguesa) e vai incluir a exposição, adoração e bênção...

Bispos da Irlanda consideram que visita apostólica expressa «proximidade» de Bento XVI

A Conferência Episcopal Irlandesa considera que a visita apostólica ao país que vai decorrer no próximo Outono expressa a “proximidade pessoal do Papa Bento XVI aos católicos da Irlanda”. No seguimento das informações sobre a visita divulgadas esta Segunda-feira pela Sala de Imprensa da Santa Sé, os prelados referem que a iniciativa...

Investir na Cultura da Vida

1.Cultura da morte e negação da vida como direito absoluto A segunda metade do século XX viu a generalização do aborto legal, a pedido, como um avanço jurídico indiscutível e um progresso no âmbito da liberdade pessoal. Deste modo, a desprotecção legal da vida humana mais indefesa e inocente – a das crianças não...

Vaticano critica ataque de Israel a navios com ajuda humanitária

O Vaticano exprimiu na Segunda-feira a sua “dor" e "preocupação” pelo assalto militar israelita contra a frota pró-palestiniana que tentava abastecer Gaza, afirmou o porta-voz do Vaticano. “Trata-se de um facto extremamente doloroso, em particular devido às inúteis perdas de vidas. A situação é seguida no Vaticano com muita...

Editorial

A ponte

É natural que da visita do papa Bento XVI a Portugal fique mais o “acontecimento” no seu todo que o conjunto de 17 “discursos” que proferiu entre saudações, preces, entrevistas e homilias. Mas as suas palavras foram, de si, acontecimento. Se algumas foram circunstanciais e de protocolo outras, as principais, foram fruto de reflexão e proposta à...

Dossier

Renovar a esperança, desbravando caminhos

Parece claro a muita gente que a visita de Bento XVI a Portugal nos bafejou com a renovação da Esperança. Nas suas diferentes comunicações e contactos, mostrou que existem motivos para uma forte união a favor do entendimento mútuo, respeitando o pluralismo, e do bem comum. No domínio social - onde se situa esta breve reflexão - talvez se...

Estilo do bom samaritano

O Papa aponta como modelo de intervenção social "o estilo do bom samaritano", cujo ponto essencial é o momento em que o samaritano se comove: a partir daí, os seus problemas perdem importância e ele apenas vê aquele desconhecido ferido à beira da estrada. A este "comover-se", atitude tão própria de Jesus, chama o Papa ver com o coração...

Bento XVI e as organizações de Pastoral Social

Dirigindo-se às organizações da Pastoral Social no encontro de Fátima e insistindo na necessidade de uma nova e grandiosa dinâmica que conduza para a civilização do amor, o Santo Padre recomendou “que as instituições da Igreja, unidas a todas as organizações não eclesiais, melhorem as suas capacidades de conhecimento”...

Desafios de Bento XVI aos agentes da Pastoral Social

Bento XVI quis encontrar-se com as Organizações da Pastoral Social. Com este gesto, o Sucessor de Pedro reafirmou a centralidade da acção social e caritativa na missão evangelizadora da Igreja. Decorreu este encontro no contexto de uma Celebração da Palavra, para, decerto, indicar que «Neste mundo dividido, impõe-se a todos uma profunda...

Documentos

A Primeira República e Fátima

“Os eventos de Fátima adquirem a sua particular relevância – embora transcendam a situação concreta em que ocorrem – no contexto das transformações em curso em Portugal e na Europa da época (…). Assistia-se, por toda a parte, a profundas transformações de ordem existencial. Estava em curso a revolução...

INICIO | EDITORIAL | NACIONAL | INTERNACIONAL | DOCUMENTOS | DOSSIER | ENTREVISTA | AGENDA | ESTANTE | FOTOS | ÁUDIO | VÍDEO | TEMAS | AUTORES | TODAS AS NOTÍCIAS

Recolha efectuada através de e-mail para mim enviado pela agência Ecclesia, www.ecllesia.pt. António Fonseca