OS MEUS DESEJOS PARA TODOS

RecadosOnline.com

quarta-feira, 29 de junho de 2011

Nº 965-2 - A RELIGIÃO DE JESUS – 29 DE JUNHO DE 2011 - FESTA DE S. PEDRO e de S. PAULO


Nº 965-2

Do livro A Religião de Jesus, de José Mª CastilloComentário ao Evangelho do diaCiclo A (2010-2011)Edição de Desclée De BrouwerHenao, 648009 Bilbaowww.edesclee.cominfo@edesclee.com:
tradução de espanhol para português, por António Fonseca

Estrela O texto dos Evangelhos, que inicialmente estavam a ser transcritos e traduzidos de espanhol para português, directamente através do livro acima citado, são agora copiados mediante a 12ª edição do Novo Testamento, da Difusora Bíblica dos Missionários Capuchinhos, (de 1982, salvo erro..). No que se refere às Notas de Comentários continuam a ser traduzidas como anteriormente.AF.
29 de Junho
FESTA DE S. PEDRO e de S. PAULO
Mt 16, 13-19
pedro-y-pablo-2
Fé de Pedro: Jesus é o Messias  -  Chegado à região de Cesareia de Filipe, Jesus fez a seguinte pergunta aos Seus discípulos: «Quem dizem os homens que é o Filho do homem»? Responderam: «Uns, que é João Baptista, outros que é Elias, e outros, que é Jeremias ou algum dos profetas». «E vós, quem dizeis que Eu sou»? Tomando a palavra, Simão Pedro respondeu: «Tu és o Cristo, o Filho de Deus vivo». Jesus, disse.lhe em resposta: «És feliz, Simão, filho de Jonas, porque não foram a carne nem o sangue quem to revelou, mas o Meu Pai que está nos céus. Também Eu te digo: Tu és Pedro, e sobre esta Pedra edificarei a Minha Igreja e as portas do inferno nada poderão contra ela. Dar-te-ei as chaves do reino dos céus, e tudo quanto ligares na terra ficará ligado nos céus, e tudo quanto desligares na terra será desligado nos céus». Depois ordenou aos discípulos que a ninguém dissessem que Ele era o Cristo.
1. Este texto, que se encontra assim unicamente no evangelho de Mateus, foi analisado até ao último detalhe. O mais seguro que deste relato se pode deduzir é: 1) A confissão de Pedro não é única nos Evangelhos; repete o que confessaram os outros discípulos (Mt 14, 33), quer dizer, Pedro aqui actua como porta-voz do que todos confessam. 2) Portanto, a bênção de Jesus recai sobre todos, não só sobre o porta-voz (Pedro). 3) Daí quem, em Mt 16, 18, Pedro não nos é apresentado como a única base da comunidade ou assembleia (ekklesía) de Jesus. O papel de Pedro é compartilhado pela comunidade apostólica ou colégio dos apóstolos (J. D. Kingsbury, R. Brown…).
2. Por conseguinte, o papado, tal como tem vindo a ficar organizado na Igreja actual, não se pode justificar ou argumentar desde o Evangelho. E menos ainda desde o Novo Testamento em geral, no que Pedro tem um papel destacado como discípulo de Jesus, mas nunca como poder supremo e único na Igreja.
3. A Igreja, ao ser uma instituição mundial, necessita duma autoridade última a que se possa apelar, quando os problemas não se podem resolver no âmbito local. Mas essa autoridade não deve ocupar nem controlar todo o poder. Porque isso não é evangélico. Tampouco é aceitável essa forma de governo na cultura actual. O papa não tem que ser um cargo vitalício. Seria melhor que fosse um cargo temporal. O papa deve ser eleito com a participação de todos os bispos da Igreja e aconselhados pelos presbíteros, pelos religiosos e pelos laicos. Não deve chamar-se “papa” (pai), já que isso está proibido no Evangelho (Mt 23, 9). Nem deve ser Chefe de Estado, coisa impensável na mentalidade de Jesus. Nem deve usar o boato, o luxo e a pompa que usam os papas. Por isso, o Código de Direito Canónico deve ser modificado, sobretudo nos cânones: 331, 333, 1404 e 1372. Só quando se faça isso, será possível começar a falar a sério da união de todos os cristãos. O que sobretudo urge é que o papa seja visto pela gente como imagem que evoca a presença de Jesus na sua Igreja.

Compilação por
António Fonseca
NOTA FINAL: Desejo esclarecer que os comentários aos textos do Evangelho, aqui expressos, são de inteira responsabilidade do autor do livro A RELIGIÃO DE JESUS e, creio eu… apenas retratam a sua opinião – e não a minha ou de qualquer dos meus leitores, que eventualmente possam não estar de acordo com  ela. Eu apenas me limito a traduzir de espanhol para português os Comentários e NEM EU NEM NINGUÉM ESTÁ OBRIGADO A ESTAR DE ACORDO. Desculpem e obrigado. AF.