OS MEUS DESEJOS PARA TODOS

RecadosOnline.com

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

In BLOGS CATÓLICOS - 9 DE FEVEREIRO DE 2012

Cristo em Nós


É mentira dizer que o aborto não mata um ser humano.

Posted: 08 Feb 2012 07:44 AM PST

É falsa a afirmação de que ninguém sabe quando começa a vida, e desonesto dizer que o aborto não mata um ser humano.

Cada nova vida começa na concepção. Este é um fato irrefutável da biologia. É verdade para os animais e verdadeiro para os seres humanos. Quando considerada ao lado da lei da biogênese – que toda espécie se reproduz segundo a sua espécie própria -podemos tirar apenas uma conclusão em relação ao aborto. Não importa qual seja as circunstâncias da concepção, não importa o quão longe na gravidez, o aborto sempre termina a vida de um ser humano. Cada defensor honesto do aborto admite esse simples fato.

Faye Wattleton, a mais antiga presidente da maior provedora de abortos no mundo – Planned Parenthood – argumentou, já em1997 que todo mundo já sabe que o aborto mata. Ela proclama o seguinte em uma entrevista com a Ms. Magazine:

“Eu acho que nós nos iludimos em acreditar que as pessoas não sabem que o aborto é assassinato. Assim, qualquer pretensão de que o aborto não é assassinato é um sinal de nossa ambivalência, um sinal de que não podemos dizer que sim, ele mata um feto.” (Faye Wattleton, “Falando Francamente”, Maio /Junho de 1997, Volume VII, Número 6, 67.)

Naomi Wolf, uma autora proeminente feminista e abortista, faz uma concessão semelhante, quando ela escreve:

“Apegar-se a uma retórica sobre o aborto em que não há vida nem morte, nós emaranhamos nossas crenças em uma série de auto-ilusões, mentiras e subterfúgios. E corremos o risco detornar-mos precisamente o que os nossos críticos nos acusam de ser: insensíveis, homens egoístas e casualmente destrutivos e mulheres que compartilham uma visão barata da vida humana… é preciso contextualizar a luta para defender o direito ao aborto dentro de uma estrutura moral que admite que a morte de um feto é uma morte real.” (Naomi Wolf, “Nossos Corpos, Nossas Almas” A Nova Republica, 16 de Outubro de 1995, 26)

David Boonin, em seu livro, A Defesa do Aborto, faz esta admissão surpreendente:

“Na primeira gaveta de minha mesa, eu mantenho [a foto do meu filho]. Esta foto foi tirada em 7 de setembro de 1993, 24 semanas antes de ele nascer. A imagem de ultra-som é obscuro, mas revela bastante clara uma pequena cabeça ligeiramente inclinada para trás, e um braço levantado e dobrado, com a mão que aponta de volta para o rosto e o polegar estendido para for a em direção à boca. Não há dúvida em minha mente que essa imagem também mostra [meu filho] em um estágio muito cedo em seu desenvolvimento físico.E não há dúvida de que a posição que defendo neste livro implica que teria sido moralmente admissível acabar com sua vida neste momento.” (David Boonin, “A Defesa do Aborto” [Cambridge: Cambridge University Press, 2003], xiv. )

Peter Singer, filósofo contemporâneo e público defensor do aborto, junta-se ao coro em seu livro “Ética Prática”. Ele escreve:

“É possível dar a ‘ser humano’ um significado preciso. Podemos usá-lo como equivalente a ‘membro da espécie Homo Sapiens’. Se um ser é um membro de uma dada espécie é algo que pode ser determinado cientificamente, por um exame da natureza dos cromossomos nas células dos organismos vivos. Neste sentido, não há dúvida de que desde os primeiros momentos de sua existência, um embrião concebido a partir de óvulos e esperma humanos é um ser humano.” (Peter Singer, “Eticas Praticas”, 2 ª edição [Cambridge: Cambridge University Press, 1993, 2008], 85-86)

Bernard Nathanson co-fundou um dos grupos mais influentes de defesa do aborto no mundo (NARAL – National Abortion Rights Action League [Liga Nacional de Ação de Direitos ao Aborto] ) e serviu como diretor médico para a maior clínica de aborto na América. Em 1974, ele escreveu um artigo para o “New England Journal of Medicine” em que ele afirma: “Não há mais sérias dúvidas na minha mente que a vida humana existe dentro do útero desde o início da gravidez…” (Bernard N. Nathanson, Dr., “aprofundar o aborto,” New England Journal of Medicine, 28 de novembro de 1974, vol. 291 no. 22: 1189-1190). Alguns anos mais tarde, ele recorda:

“Simplesmente não há dúvida de que mesmo o embrião precoce é um ser humano. Todos os seus códigos genéticos e todas as suas características são indiscutivelmente humanas. Quanto ao ser, não há dúvida de que ja existe, está vivo, é auto-dirigido, e não é o mesmo ser da mãe, e é, portanto, um todo unificado.” (Bernard N. Nathanson, Dr., “A Mão de Deus” (Washington, DC:Regnery Publishing, 1996), 131.)

Não perca o significado destes reconhecimentos. Defensores proeminentes do direito ao aborto admitem publicamente que o aborto mata seres humanos. Eles não estão dizendo que o aborto é moralmente defensável, porque não mata uma entidade humana distinta. Eles estão admitindo que o aborto, sim, é matar uma entidade humana distinta, mas argumentam que é moralmente defensável de qualquer maneira. Nós vamos chegar a seus argumentos mais adiante, mas o ponto aqui é este: Simplesmente não há debate entre pessoas honestas e informadas que o aborto mata distintos seres humanos.

O problema é que Roe x Wade, o marco histórico veredito de 1973 que legalizou aborto nos os EUA é na verdade construído sobre a alegação de que não há nenhuma maneira de dizer ao certo se o aborto mata ou não porque ninguém pode dizer ao certo quando a vida começa. Juiz Harry Blackmun, que foi o autor da opinião da maioria escreveu:

“O Judiciário, neste momento no desenvolvimento do conhecimento do homem, não está na posição de … resolver a difícil questão de quando começa a vida … desde aqueles treinados nas respectivas disciplinas de medicina, filosofia e teologia são incapazes de chegar a qualquer consenso.” (Roe x Wade, 410 E.U.A. 113 [1973])

Afirmação da Justiça de Blackmun é ridícula, pelo menos como se aplica ao campo da medicina. Dr. Nathanson tinha a dizer sobre a decisão:

“Claro que eu estava satisfeito com as decisões do Juiz Harry Blackmun ao aborto, que foram um triunfo incrivelmente arrebatador para a nossa causa, muito mais ampla do que a nossa vitória de 1970 em Nova Iorque ou os avanços desde então. Fiquei satisfeito com as conclusões de Blackmun. Eu não poderia sondar o raciocínio ético ou médico que haviam produzido as conclusões. Nossa vitória final foi apoiada em uma leitura errada de obstetria, ginecologia, e embriologia, e isso é um caminho perigoso para se ganhar.” (Bernard N. Nathanson, Dr., “Abortando America” (New York: Livros Pinnacle, 1979), 163.Ibid, 201.)

Dr. Nathanson acabaria por abandonar o seu apoio ao aborto eletivo e nota que “os princípios básicos [do desenvolvimento pré-natal] da embriologia humana eram bem conhecidos no momento em que o Supremo Tribunal dos EUA emitiu suas decisões de 1973, embora as decisões não fez uso dessas informações .”(Ibid, 201.) Em termos biológicos, o início da vida é um fato estabelecido. A vida humana começa na fecundação, e há todos os tipos de autoridade, os recursos públicos para provar isso. Considere as evidências abaixo:

TEXTOS MODERNOS SOBRE O ENSINO DA EMBRIOLOGIA / DESENVOLVIMENTO PRÉ-NATAL

É mentira dizer que o aborto não mata um ser humano.

“O desenvolvimento humano começa na fecundação, o processo durante o qual um gameta masculino ou espermatozóide se une a um gameta feminino ou ovócito (óvulo) para formar uma única célula chamada zigoto. Esta célula altamente especializada, totipotentes marcou o início de cada um de nós como um indivíduo único.”

“Um zigoto é o início de um novo ser humano (isto é, um embrião).”
Keith L. Moore, “O Desenvolvimento Humano: Embriologia Clinicamente Orientada”, 7 ª edição. Filadélfia, PA: Saunders,2003. pg. 16, 2.

É mentira dizer que o aborto não mata um ser humano.

“O desenvolvimento começa com a fertilização, o processo pelo qual o gameta masculino, o espermatozóide, e o gameta feminino, o ovócito, se unem para dar origem a um zigoto.”

T.W. Sadler, “Embriologia Médica de Langman”, 10 ª edição. Filadélfia, PA: Lippincott Williams & Wilkins, 2006. p. 11.

É mentira dizer que o aborto não mata um ser humano.

“[O zigoto], formada pela união de um óvulo e um espermatozóide, é o começo de um novo ser humano.”

Keith L. Moore, “Antes de Nascermos: Fundamentos da Embriologia”, 7 ª edição. Filadélfia, PA: Saunders, 2008. p. 2.

É mentira dizer que o aborto não mata um ser humano.

“Embora a vida é um contínuo processo de fertilização, (que, aliás, não é um “momento”) é um marco crítico porque, em circunstâncias normais, um novo organismo humano geneticamente distinto é formado quando os cromossomos masculino e feminino pronúcleos se misturam no óvulo.”

Ronan O’Rahilly e Fabiola Müller, “Embriologia Humana e Teratologia”, 3 ª edição. Nova York: Wiley-Liss, 2001. p. 8.

É mentira dizer que o aborto não mata um ser humano.

“Os embriões humanos iniciam o desenvolvimento após a fusão de gametas masculino e feminino definitivos durante a fertilização… Este momento de formação do zigoto pode ser considerado como o início ou o momento zero do desenvolvimento embrionário.”

William J. Larsen, “Fundamentos de Embriologia Humana”. Nova York: Churchill Livingstone, 1998. pgs 1, 14.

TEXTOS ANTIGOS SOBRE O ENSINO DA EMBRIOLOGIA / DESENVOLVIMENTO PRÉ-NATAL

É mentira dizer que o aborto não mata um ser humano.

“É a penetração do óvulo por um espermatozóide e o resultante da mistura de materiais nucleares cada um traz para a união que constitui a culminação do processo de fertilização e marca o início da vida de um novo indivíduo.”

Clark Edward Corliss, Embriologia Humana de Patten: Elementos de Desenvolvimento Clínico. Nova Iorque: McGraw Hill, 1976. p. 30.


É mentira dizer que o aborto não mata um ser humano.

“O termo concepção refere-se a união dos elementos pro nucleares de procriação masculino e feminino a partir do qual um novo ser vivo desenvolve.”

“O zigoto assim formado representa o início de uma nova vida.”
J. P. Greenhill e E.A. Friedman, Princípios biológicos e prática moderna de Obstetrícia. Filadelfia: b.u. Saunders, 1974. pgs. 17, 23


É mentira dizer que o aborto não mata um ser humano.

“Toda vez que um espermatozóide e óvulo se unem um novo ser é criado, que está vivo e vai continuar a viver, a menos que sua morte é provocada por alguma condição específica.”

E.L. Potter e JM Craig, Patologia do Feto e do Infante, 3 ª edição. Chicago: Editoras Ano de Medicina, 1975. p. vii.

TEXTOS SOBRE AUDIÊNCIA GERAL SOBRE EMBRIOLOGIA / DESENVOLVIMENTO PRÉ-NATAL

É mentira dizer que o aborto não mata um ser humano.

“Cada bebê começa a vida dentro do planeta minúsculo do óvulo da mãe … É maravilhosamente translúcido e frágil e abrange as ligações vitais em que a vida é levada de uma geração para a seguinte. Dentro dessa minúscula esfera grandes eventos acontecem. Quando um dos espermatozóides do pai, como os aqui reunidos em torno do ovo, consegue penetrar o óvulo e se torna unido com ele, uma nova vida pode começar.”

Geraldine Lux Flanagan, A Vida Começa. Nova Iorque: DK, 1996. p. 13.

VIDEOS DE DESENVOLVIMENTO PRÉ-NATAL

É mentira dizer que o aborto não mata um ser humano.

“Biologicamente falando, o desenvolvimento humano começa na fecundação.”

A Biologia do Desenvolvimento Pré-Natal, National Geographic, 2006.

É mentira dizer que o aborto não mata um ser humano.

“As duas células gradualmente e graciosamente se tornam um. Este é o momento da concepção, quando um conjunto exclusivo de DNA de um indivíduo é criado, uma assinatura humana que nunca existiu antes e nunca será repetida.”

“No Ventre”, National Geographic, 2005.

DEPOIMENTO DE UM ESPECIALISTA RELATIVA AO INÍCIO DA VIDA.

Em 1981, um Subcomitê Judiciário do Senado dos Estados Unidos recebeu o seguinte depoimento de uma coleção de médicos especialistas (Subcomissão de Separação de Poderes para Comitê Judiciário do Senado S-158, Relatório, Congresso 97, Sessão 1, 1981):

“É incorreto dizer que os dados biológicos não podem ser decisivos … É cientificamente correto dizer que a vida humana começa na concepção.” Professor Micheline Matthews-Roth – Universidade de Medicina de Harvard

“Aprendi com a minha primeira educação médica que a vida humana começa no momento da concepção.” Dr. Alfred M. Bongioanni – Professor de Pediatria e Obstetría, Universidade da Pensilvânia

“Após que a fecundação ocorreu, um novo ser humano veio a existir. [Ele] não é mais uma questão de gosto ou de opinião … é simples evidência experimental. Cada indivíduo tem um começo muito interessante, no momento da concepção.” Dr. Jerome Lejeune – Professor de Genética da Universidade de Descartes

“Por todos os critérios de biologia molecular moderna, a vida está presente desde o momento da concepção.” Professor Hymie Gordon – Clinica Mayo

“O começo de uma única vida humana é, do ponto de vista biológico, uma questão simples e direta – o início é a concepção.” Dr. Watson A. Bowes – Universidade de Medicina do Colorado

O relatório oficial do Senado chegou a esta conclusão:

“Médicos, biólogos e outros cientistas concordam que a concepção marca o início da vida de um ser humano – um ser que está vivo e é membro da espécie humana. Existe um consenso generalizado quanto a este ponto em inúmeros escritos médicos, biológicos e científicos.”(Relatório, sobre a Subcomissão da Separação de Poderes para Comitê Judiciário do Senado S-158, 97º Congresso, 1ª Sessão de 1981, 7.)

A Associação Médica Americana (AMA) declarou já em 1857 (referenciada na opinião do Roe x Wade) que “a existência independente e real da criança antes do nascimento, como um ser vivo” é uma questão de ciência objetiva. Eles lamentaram a ” ignorância popular … que o feto não está vivo até depois do período de vivificação.”

Por que todos os textos de ensino e muitos médicos especialistas chegaram mesmo a essa conclusão? Porque há maneiras simples de avaliar se algo está vivo e se algo é humano. Se Faye Wattleton está correta e todos já sabem que o aborto mata um ser humano, eles chegaram a esse conhecimento, apesar da informação divulgada por Planned Parenthood e do resto da comunidade pró-aborto. A seção sobre o aborto do site do Planned Parenthood explica o aborto dessa maneira:

“O aborto é uma forma segura e legal para as mulheres interromperem a gestação.” (11.Planned Parenthood, Aborto, http://www.plannedparenthood.org/health-topics/abortion-4260.asp [Sep 21, 2010].)

Como é isso para completar? Talvez eles simplesmente assumem que o método para acabar com a gravidez é tão óbvio (matar o ser humano vivendo no útero) que dificilmente merece ser mencionado. Mais provável, Planned Parenthood está simplesmente acomodando a ignorância geral que acredita que o aborto é a mera remoção de uma vida humana em potencial, ao invés de o assassinato real de uma vida humana ja existente.

Biologicamente falando, cada aborto, em qualquer fase na gravidez, acaba com a vida de um ser humano geneticamente distinto.

O Caso Contra o Aborto – Testemunho Médico. [Traduzido por Ana Paula Livingston - Apostolado Spiritus Paraclitus]. Disponível em: http://www.abort73.com/abortion/medical_testimony/

============================================000000000000000000000000000000000=====================================

Guia de Blogs Católicos


000000000000000000000000000000000000000000000000000000

Música Papal (XXXI)

Posted: 08 Feb 2012 05:30 AM PST

Graduale - Tecum principium

Logomarca da JMJ 2013

Posted: 07 Feb 2012 03:09 PM PST

You are subscribed to email updates from Santa Igreja
To stop receiving these emails, you may unsubscribe now.
Email delivery powered by Google

Google Inc., 20 West Kinzie, Chicago IL USA 60610

000000000000000000000000000000000000000000000000000000

Novo post em Ide e Anunciai


PAPA BENTO XVI – AUDIÊNCIA GERAL de 08 de Fevereiro de 2012

by ideeanunciai

Queridos irmãos e irmãs,
Pregado na cruz, Jesus lança este grito: «Meu Deus, meu Deus, porque Me abandonaste?» No momento extremo da sua rejeição pelos homens, Ele reza, deixando transparecer tanto a solidão do seu coração como a certeza da presença do Pai, a quem reafirma plena adesão aos seus desígnios de salvação da humanidade. Mas, como é possível que Deus não intervenha para libertar o seu Filho desta prova terrível? É importante compreender que a oração de Jesus não é o grito de um desesperado, que se sente abandonado. Mas, ao rezar um salmo de Israel - as palavras referidas são o início do salmo 22, Jesus toma sobre Si o sofrimento do seu povo e de todos os homens oprimidos pelo mal e leva-o até ao próprio coração de Deus, seguro de que o seu grito será atendido na ressurreição. Enfim Jesus vive o seu sofrimento em comunhão connosco e por nós; é um sofrimento que brota do amor e, por isso, já contém em si a redenção, a vitória do amor.
Saúdo os fiéis da arquidiocese de Porto Alegre e restantes peregrinos de língua portuguesa. Sede bem-vindos! Com a sua ressurreição, Cristo abriu a estrada para além da morte; temos a estrada desimpedida até ao Céu. Que nada vos impeça de viver e crescer na amizade do Pai celeste, e testemunhar a todos a sua bondade e misericórdia! Sobre vós e vossas famílias, desça a sua Bênção generosa.

ideeanunciai | 8 08America/Sao_Paulo fevereiro 08America/Sao_Paulo 2012 at 18:27 | Categorias: Reflexão | URL: http://wp.me/pPX1K-22z

Comentário
Ver todos os comentários

000000000000000000000000000000000000000000000000000000

COMO TENHO DITO EM POSTS ANTERIORES, A SUA COLOCAÇÃO NESTE MEU BLOGUE, É DE MINHA INTEIRA RESPONSABILIDADE

 

António Fonseca  - 9-2-12  -  23,55 h

Blogs católicos - 9 de Fevereiro de 2012

Guia de Blogs Católicos


=======================

Novo post em Fratres in Unum.com


Ahmadinejad quer Bento XVI no Irã.

by G. M. Ferretti

Religión en Libertad | Tradução: Fratres in Unum.com - O presidente iraniano Mahmoud Ahmadinejad convidou o Papa Bento XVI a visitar o seu país, assegurou hoje o embaixador de Teerã na Santa Sé, Ali Akbar Naseri, a meios de comunicação italianos.

"Se o Santo Padre decidisse realizar essa viagem, seria acolhido por nosso povo de maneira excelente e com entusiasmo", esclareceu o embaixador.

Segundo Ali Akbar Naseri, Ahmadineyad fez o convite ao Pontífice em novembro de 2010, quando o Cardeal Jean Louis Tauran, presidente do Conselho Pontifício para o Diálogo Inter-religioso, viajou a Teerã por ocasião do VII Encontro de Diálogo entre Santa Sé e Irã.

O diplomata enfatizou que as relações entre a Santa Sé e o Irã são "sinceras e cordiais" e colaboram em temas culturais e científicos. A Santa Sé e o Irã mantêm relações diplomáticas há 58 anos.

G. M. Ferretti | fevereiro 9, 2012 at 6:32 pm | Tags: Atualidades, O Papa | Categorias: Atualidades, O Papa | URL: http://wp.me/pgELf-4Dm

Comentário
Ver todos os comentários

=======================

Preciso da sua ajuda

Ir para YouTubeReproduzir vídeo

http://nextup.votigo.com/contests/showentry/1010195 (LINK DIRETO PARA VOTAÇÃO) https://twitter.com/JaysonRosa http://www.facebook.com/CasandoOVerbo

00:05:27

Adicionado em 26-01-2012

2.422 visualizado

Sentir com a Igreja


=======================

Novo post em catolicosconservadores


Reinaldo Azevedo desmascara fraude moral e mentira dos defensores do aborto

by catolicosconservadores

Já escrevi dezenas de textos demonstrando por que o aborto é moralmente injustificável. Neste artigo, quero desmontar algumas falácias históricas. Os que, como este escriba, são contrários à legalização, ganham referências e argumentos novos. Os que não se convencerem, quando menos, podem tentar melhorar os próprios argumentos. Em dezembro de 2006, escrevi para a VEJA [...]

Saiba mais

catolicosconservadores | fevereiro 9, 2012 at 4:34 pm | Categorias: Categorias | URL: http://wp.me/p1x286-gX

Comentário
Ver todos os comentários

=======================

Novo post em Ide e Anunciai


Oração pelos povos – São Marino

by ideeanunciai

Mensagem do Papa Bento XVI ao povo de São Marino:
Amados habitantes de São Marino! Permanecei solidamente fiéis ao patrimônio construído ao longo dos séculos, sob o impulso dos vossos grandiosos Padroeiros Marinho e Leão. Invoco a Bênção de Deus sobre o vosso caminho de hoje e de amanhã, enquanto recomendo todos vós «à graça do Senhor Jesus Cristo, ao amor de Deus e à comunhão do Espírito Santo» ( 2 Cor 13, 13). Amém!
São Marinho, rogai por nós!
São Leão, rogai por nós!

ideeanunciai | 9 09America/Sao_Paulo fevereiro 09America/Sao_Paulo 2012 at 10:54 | Categorias: Reflexão | URL: http://wp.me/pPX1K-22C

Comentário
Ver todos os comentários

=======================

Novo post em Fratres in Unum.com


Papa ‘exorcizou dois homens no Vaticano’, afirma um novo livro.

by G. M. Ferretti

Sem se dar conta, o Papa Bento XVI realizou um exorcismo em dois homens possuídos pelo Demônio no próprio coração do Vaticano, de acordo com o mais conhecido exorcista da Igreja Católica, Padre Gabriele Amorth.

Por Nick Squires, Roma - The Telegraph, 6 de fevereiro de 2012 | Tradução: Fratres in Unum.com

O Papa realizou um exorcismo, de acordo com afirmações feitas em um novo livro.

O Papa realizou um exorcismo, de acordo com afirmações feitas em um novo livro.

Em um novo livro, o Padre Amorth, o exorcista para a diocese de Roma, faz um relato bizarro de como ele e duas assistentes levaram dois “possessos” italianos a uma das audiências semanais do Papa na Praça de São Pedro, em maio de 2009.

Em seu livro, "The Last Exorcist – My Fight Against Satan" [“O Último Exorcista – Minha Luta Contra Satanás”], ele afirma que a simples presença do pontífice curou os homens de suas aflições demoníacas.

O padre Amorth disse que suas duas assistentes acompanharam os dois homens na Basílica de São Pedro quando o Papa estava sendo conduzido entre as multidões de fiéis no “Papamóvel” branco.

As mulheres conseguiram assentos para os dois homens na área de assentos normalmente reservada a pessoas com deficiências.

Quando o Papa se aproximou deles, os homens, identificados somente como Marco e Giovanni, começaram a agir estranhamente, escreveu o Padre Amorth.

Ele descreveu como eles tremiam e como os seus dentes rangiam.

Quando uma das assistentes pediu a Giovanni para se controlar, ele disse "Eu não sou Giovanni" em uma voz que não era a sua, afirmou o padre Amorth.

Tão logo o Papa desceu do “Papamóvel”, os dois homens se arrojaram ao chão.

"Eles batiam suas cabeças no solo. Os guardas suíços assistiram, mas não fizeram nada," escreveu o sacerdote.

"Giovanni e Marco começaram a vociferar ao mesmo tempo, eles estavam deitados no chão, uivando.

"Eles estavam tremendo, babando e entrando em frenesi.

"O Papa assistia de longe. Ele levantou um braço e abençoou os quatro. Para os possessos isso funcionou como um solavanco furioso – um soco em seus corpos por inteiro – na medida em que eles foram arremessados a três metros para trás," continuou.

"Eles pararam de uivar, mas choraram incontrolavelmente."

O padre Amorth, que afirma ter realizado milhares de exorcismos, escreveu: "Não é mistério algum que os atos e palavras do Papa podem enfurece Satanás... que a simples presença do Papa pode acalmar e de alguma maneira ajudar os possessos em sua luta contra aquele que os possui."

Federico Lombardi, o porta-voz do Vaticano, refutou o relato, dizendo que Bento não estava ciente das aflições dos homens e não tivera a intenção de realizar um.

O padre Amorth é uma figura polêmica, cujos pontos de vista francos já embaraçaram o Vaticano no passado.

Em novembro ele classificou a ioga com "má", afirmando que ela leva ao culto do hinduísmo e outras religiões orientais baseadas em "uma falsa crença na reencarnação".

Ele também se pronunciou contra Harry Potter, dizendo que os livros infantis parecem inócuos, porém, de fato, encorajam as crianças a acreditarem em magia negra e bruxaria.

O Demônio “estuda cada um de nós e nossas tendências em direção ao bem e ao mal," disse o padre Amorth, cujo novo livro tem por subtítulo: "It's not me who is frightened of the Devil, it is he who is frightened of me" [Não sou eu quem está com medo do Demônio, é ele quem está com medo de mim”].

G. M. Ferretti | fevereiro 9, 2012 at 10:30 am | Tags: O Papa, Padre Gabriele Amorth | Categorias: Atualidades, Igreja, O Papa | URL: http://wp.me/pgELf-4Di

Comentário
Ver todos os comentários

=======================

Biblia Catolica News


Link to Bíblia Católica News


Três casos: Galileu, Lavoisier e Duhem

=======================

LOURDES e suas aparições ― Notícias de hoje e de sempre da Gruta onde Nossa Senhora apareceu a Santa Bernadete


Link to Lourdes e suas aparições


Santa Bernadette: exemplo de desinteresse, de alienação e de holocausto (1)

Posted: 08 Feb 2012 09:00 PM PST

O “testamento” de Santa Bernadette

Eu tenho aqui um extrato de um jornal de Messina (Itália), de 6 de junho de 1965, que dá uma série de pensamentos à maneira de testamento de Santa Bernadette Soubirous. Então diz o seguinte:

“Pela miséria de meu pai e pela ruína do moinho no qual moravam e pelos vários fatos infelizes que se deram em conseqüência, por termos tomado, devido inclusive o vinho do cansaço, pelas ovelhas doentes, graças vos dou, Senhor.


Eram vários infortúnios que tinham acontecido ao pai e que tinha reduzido a família do pai à miséria. É um italiano complicado esse aqui. O que quer dizer isso aqui? Comer demais, é isso?

“Pelos meninos acudidos, pelas ovelhas que tomáveis conta, graças vos dou, Senhor. Graças, ó meu Deus, pelo... pelo comissário, pelas polícias, pelas duras palavras de Dom Peyramale.


Ela foi perseguida, foi levada à polícia, maltratada pelos comissários, e o padre vigário de lá lhe disse muito duras palavras. Então, por tudo isso, diz ela: “graças vos dou, Senhor”.

“Por aqueles dias em que Vós me aparecestes, ó Virgem Maria. Por aqueles dias em que Vós não aparecestes, eu não vos saberia agradecer de outra maneira a não ser agradecendo-vos no Paraíso. Mas pelos debiques recebidos, pelas injúrias e pelos ultrajes, por aqueles que me mandaram prender como doida, pela cólera que tiveram contra mim, por aqueles que me tomaram como interesseira, graças vos dou, Senhora".
“Pela ortografia que eu jamais consegui aprender, pela memória que eu jamais tive, pela minha ignorância e por todo o meu... mental, graças vos dou, Senhora. Graças, graças porque se houvesse sobre a terra uma menina mais ignorante e mais estúpida do que eu, Vós a teríeis escolhido para aparecer. Por minha mãe, morta há muito tempo; pelo sofrimento que eu tive quando meu pai, em vez de abrir os braços à sua pequena Bernadette, me chamou soror Maria Bernard, graças ó Jesus".


Ela era freira e o pai foi vê-la. E em vez de chamá-la Bernardette, chamou-a soror Maria Bernard, com cerimônia. Eu creio - não me lembro bem do episódio da vida - mas talvez também com má vontade. E ela teve um choque com isso.


“Graças por ter me dessedentado de amarguras a esse coração por demais tenro que Vós me destes. Por Madre Josefina que me proclamou ‘boa para nada’... "


Quer dizer, não prestava para nada: "muito obrigado".


“Pelos sarcasmos da madre mestra de noviças, pela sua voz dura, pelas injustiças, pelas ironias, pelo pão da humilhação, muito obrigado. Graças por ter sido Bernadette ameaçada de prisão porque tinha visto a Virgem Maria, olhada pelas pessoas como um animal raro, aquela Bernadette tão mesquinha que, ao vê-la, se dizia É tudo isso?"


“Mesquinha” quer dizer tão "pouca coisa", tão pequenina.
Bernadette inclusive era extremamente baixinha. Então, quando iam ver Santa Bernadette pensavam numa santa que tinha visto Nossa Senhora... e entrava um toquinho de gente com cara de analfabeta. A pessoa dizia: “É isso? É exatamente só isso?!” Depois isso dito por francês...

"Por esse corpo miserável que Vós me destes, por essa doença de fogo e de fumo... pelas minhas carnes em putrefação, pelos meus ossos com cáries, pelos meus suores, pela minha febre, pelas minhas dores surdas e agudas, graças ó meu Deus. E por essa ânsia que Vós me destes para o deserto da aridez interior, pela vossa noite e pelos vossos relâmpagos, pelos vossos silêncios, mais uma vez, por tudo, por Vós ausente e presente, graças, ó Jesus".

(Autor: Plinio Corrêa de Oliveira, 16 de abril de 1970. Texto não revisto pelo autor).

Continua no próximo post.

Acompanhe online o que está acontecendo agora na própria gruta de Lourdes pela Webcam do santuário.

CLIQUE AQUI: WEBCAM (Clássica) (todos os sistemas).

=======================

Viver Santamente


Nº 1190-2ª Página - EVANGELHO, SEGUNDO S. LUCAS - ANO B – 9 DE FEVEREIRO DE 2012

(11)

Nº 1190-2ª Página

EVANGELHO DE S. LUCAS

PRÓLOGO
NA SUBIDA PARA JERUSALÉM
Parábola sobre a oração – Disse-lhes ainda: «Se algum de vós tiver um amigo e for ter com ele à meia-noite e lhe disser: “Amigo, empresta-me três pães, pois um amigo meu chegou agora de viagem e não tenho nada para lhe oferecer, e se ele responder lá de dentro: “Não me incomodes, a porta está fechada e os meus filhos estão comigo na cama, não posso levantar-me para tos dar. Eu vos digo: “Embora não se levante para lhos dar por ser seu amigo, ao menos, levantar-se-á, devido à impertinência dele, e dar-lhe-á tudo quanto precisar. Digo-vos, pois: Pedi e dar-se-vos-á; Procurai e achareis; Batei e abrir-se-vos-á; porque todo aquele que pede recebe; quem procura encontra e ao que bate abrir-se-á. Qual de vós, se o filho lhe pedir pão, lhe dará uma pedra? Ou se lhe pedir um peixe, lhe dará uma serpente?! Ou se lhe pedir um ovo, lhe dará um escorpião? Portanto, se vós, maus, como sois, sabeis dar coisas boas aos vossos filhos, quanto mais o Pai do Céu dará o Espírito Santo àqueles que lh’O pedem!».
 
A calúnia dos fariseusJesus estava a expulsar um demónio mudo. Quando o demónio saiu, o mudo falou, e a multidão ficou admirada. Mas alguns dentre eles disseram: «É por Belzebu, príncipe dos demónios, que Ele expulsa os demónios». Outros para O experimentarem, pediram-Lhe um sinal do Céu. Mas Jesus, que conhecia os seus pensamentos disse-lhes: «Todo o reino dividido contra si mesmo será devastado e cairá casa sobre casa». «Se Satanás também está dividido contra si mesmo, como há-de manter-se o seu reino? Pois vós dizeis  que é por Belzebu que Eu expulso os demónios. Se é por Belzebu que expulso os demónios, por quem os expulsam os vossos filhos? Por isso, eles mesmos serão vossos juízes. Mas, se Eu expulso os demónios pelo dedo de Deus, então quer dizer que o reino de Deus chegou até vós. Quando um homem forte e bem armado guarda o seu palácio, os seus bens estão em segurança; mas, se aparece um mais forte e o vence, tira-lhe as armas em que confiava e distribui os seus despojos. Quem não está Comigo está contra Mim, e quem não junta Comigo, dispersa. Quando o Espírito imundo sai de um homem, vagueia por sítios áridos em busca de repouso, e não o encontrando, diz: « Voltarei para minha casa, de onde sai. Ao chegar, encontra-a varrida e arrumada. vai então e toma consigo outros sete espíritos piores do que ele; e, entrando, instalam-se ali; e o estado final daquele homem torna-se pior do que o primeiro».
 
A verdadeira Bem-aventurança – Enquanto Ele falava, uma mulher, levantando a voz do meio da multidão, disse: «Felizes as entranhas que Te trouxeram e os seios que Te amamentaramEle, porém, retorquiu: «Diz antes: Felizes os que escutam a palavra de Deus e a põem em prática».

 
(Continua em, 10/2/2012, esta descrição do EVANGELHO DE SÃO LUCAS)


Transcrição de António Fonseca