OS MEUS DESEJOS PARA TODOS

RecadosOnline.com

quarta-feira, 2 de maio de 2012

Toda a gente acreditava que o Papa era um grande santo

Toda a gente acreditava que o Papa era um grande santo: João Paulo II foi beatificado há um ano. Um jovem português viajou para Roma de propósito a 1 de Maio de 2011 e recorda como foi estar entre uma multidão a levar encontrões de todo o lado, mas sempre com um grande sorriso.

FC Porto é novamente campeão nacional

FC Porto é novamente campeão nacional

Nº 1273 - 2ª Página - CARTAS DE S. PAULO (AOS ROMANOS) – QUARTA-FEIRA – 2 DE MAIO DE 2012 1273

 
++++++++++++++++++++++++
 
 
Nº 1273 - 2ª Página
 
2 de Maio de 2012
 
 
CARTAS DE S. PAULO
 
 
S.-Paulo_thumb_thumb1_thumb
 
 
CARTA AOS ROMANOS
 
 
7
 
 
II – RIQUEZAS E EXIGÊNCIAS DA SALVAÇÃO
 
 
7 – Os cristãos estão livres da servidão da lei  Ignorais, porventura, irmãos agora falo para os que sabem de leis –, que a lei mantém o seu domínio sobre o homem, todo o tempo que ele viver? Toda a mulher casada está ligada pela lei ao marido, enquanto ele viver; mas, se o marido morrer, fica desligada dele pela lei. Por conseguinte, será considerada adúltera, se vier a ser de outro homem, enquanto o marido viver; mas se o marido morrer, fica livre da lei e não será considerada adúltera se vier a ser de outro homem. Deste modo, também vós, meus irmãos, morrestes para a lei, por meio do corpo de Cristo, para serdes de um outro, d’Aquele que ressuscitou dentre os mortos, a fim de produzirdes frutos para Deus. Quando estávamos na carne, as paixões pecaminosas, fortalecidas pela lei operavam em nossos membros e produziam frutos para a morte. Agora, porém, livres da lei, estamos mortos para o que nos sujeitara, de modo que servimos num espírito novo e não segundo uma lei antiquada.
 
 
A função da Lei no plano de DeusQue diremos então? A lei é pecado? De modo algum! Mas eu não conheci o pecado senão por meio da lei. É que eu não conheceria a cobiça se a lei não dissesse «Não cobiçarás». E, aproveitando a ocasião, por meio do mandamento, produziu em mim toda a espécie de cobiça, visto que, sem a lei, o pecado, está morto. Eu vivi algum tempo sem lei. Mas, quando surgiu o mandamento, o pecado começou a viver e eu morri; e o mandamento, destinado à vida, conduziu-me à morte. É que o pecado, aproveitando a ocasião, seduziu-me por meio do mandamento e por ele me deu a morte. Assim, a lei é santa e o mandamento santo justo e bom. Então, o que é bom tornou-se morte para mim? De modo algum! O pecado, para mostrar que era pecado, produziu a morte em mim por meio do que era bom, e assim o pecado tornou-se extremamente pecaminoso por meio do mandamento.
 
 
A concupiscência causa do pecado – Sabemos que a lei é espiritual Mas eu, sou eu, ser carne, vendido ao poder do pecado. Porque não compreendo o que faço; pois não faço aquilo que quero, mas sim aquilo que aborreço. Ora, se eu faço o que não quero, reconheço que a lei é boa. E assim, já não sou eu que o realizo, mas o pecado que habita em mim. Porque eu sei que não há em mim, isto é, na minha carne, coisa boa, pois quero o bem, que está ao meu alcance, mas realizá-lo não. Efetivamente, o bem que eu quero, não o faço, mas o mal que não quero, é que pratico. Se, pois faço o que não quero, já não sou eu que o realizo, mas o pecado que habita em mim. Deparo, então, com esta lei: Querendo fazer o bem, é o mal que eu encontro. Sinto prazer na lei de Deus, de acordo com o homem  interior. Mas vejo outra lei nos seus membros, a luta contra a lei da minha razão e a reter-me cativo na lei do pecado, que se encontra nos meus membros. Que desditoso homem que eu sou! Quem me há-de libertar deste corpo de morte? Graças sejam dadas a Deus, por Jesus Cristo, Nosso Senhor! Sou eu mesmo que, pela razão,  me submeto à  lei de Deus e, pela carne, à lei do pecado.
 
 
********************************************************************************************
 
 
=============================================================
 
 
Amanhã, dia 3/5/12, se Deus o permitir, prosseguirei a transcrição das CARTAS DE S. PAULO, com o nº 8 da Carta aos Romanos.

António Fonseca

Nº 1273–1ª Página - SANTOS DE CADA DIA - QUARTA-FEIRA - 2 DE MAIO DE 2012

Meus amigos:
O Dia de ontem (dia do trabalhador) ficou muito mal assinalado neste meu blogue, com  os atrasos e distúrbios que tiveram lugar para levar a efeito a publicação dos meus textos, que apenas consegui “em definitivo” já depois das 18 horas – por motivo de sucessivas interrupções e falhas de contato com o Blogger, no qual se encontra alojado. Pelo acontecido, mais uma vez as minhas desculpas . António Fonseca
Nº 1273 – 1ª Página – 2012
Imagem3094_thumb
#####################################
A Cruz pascal na Igreja de S. Paulo do Viso
##################################### #####################################

2 DE MAIO DE 2012

Quarta-feira

Antonino de Florença, Santo

Arcebispo de Florença

COMPLEMENTO

Nascido em 1389, Antonino Pierozzi era assim chamado pela sua estatura modesta e pela sua humildade. Antonino era uma criança séria que orava diariamente na igreja local. Aos 16 anos, foi aceite na Ordem Dominicana por João Dominic, um importante reformador da Igreja do seu tempo. Quando ainda jovem, Antonino serviu como prior em alguns mosteiros de Itália, implementando as reformas de João. Antonino acreditava que o Prior devia dar o exemplo, e trabalhava com afinco para ser um modelo moral para os outros frades. Pouco depois de regressar a Florença, fundou o convento de San Marco. Em 1439, participou no concílio que teve lugar em Florença com o propósito de pôr fim a um cisma na Igreja Católica Romana.
Um arcebispo humilde – Em 1446, o papa Eugénio IV nomeou Antonino para o posto de Arcebispo de Florença. O monge teve relutância em aceitar o cargo porque sentia não ser digno da posição e não gostava da pompa e privilégios a ele ligados. Como Arcebispo, Antonino manteve os seus hábitos de humildade. dava aos pobres um terço dos seus proventos e insistia em usar pratos simples de barro à sua mesa. Ao contrário da maior parte dos outros Bispos, não tinha cavalos e montava uma mula emprestada quando visitava a diocese. Durante o tempo em que foi Arcebispo, Florença sofreu vários desastres naturais, incluindo um terramoto, pete e fome. Em cada crise, Antonino realizou os esforços para ajudar os necessitados. Também continuou as suas reformas, exigindo dos párocos um comportamento correto. No seu leito de morte, as suas últimas palavras foram “Servir a Deus é reinar”.
No seu rasto
Antonino sempre colocou o auxílio prestado aos outros acima dos seus interesses pessoais.
Hoje, muito grupos cristãos socorrem as vítimas das inundações, fome e desastres, seja qual for a sua convicção religiosa. Um desses grupos ás a International Ortodox Christian Charities. Fundada em 1992 por um grupo de bispos ortodoxos, esta organização oferece ajuda a vítimas de desastres e refugiados na Europa, Médio oriente, México, Ásia e Estados Unidos. Entre os seus esforços recentes, incluem-se:
* Fornecimento de alimentos, água e abrigos temporários aos sobreviventes do terramoto que atingiu a Índia em 2001.
* Auxílio a pessoas que ficaram sem  casa pelas tempestades que abalaram os Estados Unidos em 2000.
Os desastres naturais ou provocados pelo homem, grandes e pequenos, podem alterar para sempre a vida das pessoas. Quando os nossos vizinhos necessitam de ajuda, sigamos o exemplo de Antonino e tentemos ajudar com aquilo que estiver ao nosso alcance.
Oração
Senhor Deus, Antonino tocou os outros com o Seu coração humilde e o serviço que prestava aos pobres. Possa o Teu amor encher-me com a mesma devoção pelos outros, para que eu possa fazer a Tua vontade e entrar no teu Reino dos Céus. Peço-Te por intercessão de Jesus Cristo, Teu Filho e Nosso Senhor. Ámen.
(Oração contemporânea)
No período da vida de Santo Antonino (1389-1459) ocorreram diversos acontecimentos dos quais se destacam: Reinado de Montezuma I, Imperador azteca (1440-1469); Vida de Johannes Gutenberg, inventor da imprensa (1400-1468); É fundada a Academia Platónica em Florença (1440); Os turcos conquistam a Herzegovina (1467).
Atanásio, Santo

COMPLEMENTO

Atanásio nasceu no final do século III. Pensa-se que o seu tutor foi o Bispo Alexandre, tendo notado que Atanásio, quando era ainda uma criança, “brincava à igreja” com os seus amigos. A sua profunda compreensão da literatura e da filosofia grega, da doutrina cristã e da Bíblia foi-lhe muito útil, quando aos 21 anos de idade, o nomearam secretário do Bispo Alexandre. Mais ou menos no mesmo período um padre de Alexandria chamado Ario começou a pregar que Jesus não era divino. Apesar de ter sido excomungado, o movimento que Ario criou, conhecido como Arianismo, teve uma forte influência na região do Mediterrâneo. Quando tinha 33 anos, Atanásio foi nomeado Bispo de Alexandria, e jurou que iria passar o resto da sua vida a combater o Arianismo e a defender as suas crenças cristãs.
Exilado por causa das suas crenças – À medida que o Arianismo adquiriu maior influência entre os imperadores romanos, Atanásio foi exilado de Alexandria cinco vezes em 46 anos. Uma vez, escondeu-se durante seis anos entre um grupo de monges que viviam no deserto. Conta-se que durante um outro exílio, os soldados do Imperador estavam a aproximar-se do barco que levava Atanásio pelo rio Nilo abaixo. O Bispo disse aos seus amigos para inverterem a marcha do barco. Quando os dois barcos se cruzaram, os soldados gritaram: «Vocês viram Atanásio?» os seus amigos sem mentir responderam: «Vocês não estão longe dele” e com deleite viram o barco dos soldados afastar-se Finalmente, Atanásio pode regressar à sua fiel congregação em Alexandria, onde exerceu o seu sacerdócio durante sete anos em paz. Morreu no ano de 373.
No seu rasto
À medida que os mundos político e religioso do século IV foram-se entrelaçando, Atanásio apercebeu-se que defender as suas crenças religiosas significava desafiar o poder político e pôr em perigo a sua própria vida. No entanto, ele enfrentou o desafio sem vacilar e, com  a ajuda de deus, nós podemos fazer o mesmo.
Você pode ter a sensação que está sozinho quando defende as suas crenças, porém reze para obter força e sabedoria. Deixe que seja a sua fé a guiá-lo. Se você pensa que uma lei ou um regulamento são injustos e imorais, atue segundo as suas crenças:
* Seja proactivo em relação às suas crenças. Diga aos seus legisladores o que pensa sobre determinados temas. Dê a conhecer as suas ideias através de telefonemas, cartas a um editor, correios electrónicos ou protestos pacíficos. se for possível, crie uma organização comunitária e envie folhetos informativos.
* Mantenha-se informado e ouça aqueles que não concordam consigo. Quando perceber ambos os aspectos de um problema, os seus próprios argumentos poderão tornar-se mais persuasivos.
Oração
Oração a Maria, Mãe de graça.
 
Pedimos-Te para nos ter presente quando estás perto daquele que Te concedeu todas as graças, porque és a Mãe de Deus e nossa rainha. Ajuda-nos em nome do Rei, Nosso Senhor e Mestre que nasceu de Ti. Por este motivo, fostes chamada cheia de graça. Recorda-Te de nós, Ó Virgem Maria e oferece-nos a riqueza das Tuas graças, Virgem cheia de graça. Ámen.
(Santo Atanásio)
 
No período da vida de Santo Atanásio (295-373) ocorreram diversos acontecimentos dos quais se destacam: Constantinopla tornas-se a capital do Império Romano (330); A civilização Maia floresce na América Central (300-400); O Édito de Milão legaliza o Cristianismo no Império Romano (313); Os hunos invadem a Europa (370).
 
Wiborada, Santa
 
Anacoreta e Mártir

COMPLEMENTO

Wiborada nasceu no seio de uma família nobre suíça. Durante a sua infância levou uma vida austera, jejuando por longos períodos, dormindo no chão e indo descalça à igreja todos os dias. Apesar da sua vocação ser fora do normal para uma pessoa tão jovem, os seus pais respeitaram o hábito que ela tinha de viver como uma eremita. Wiborada dividia os seus dias entre a oração e o trabalho, e depois dos pais dela terem ficado doentes, dedicou-se a cuidar deles. Enquanto o seu irmão Hatto, estudava nas proximidades da Abadia de São Gall, Wiborada cosia as suas roupas e trabalhava como encadernadora de livros na biblioteca do mosteiro. Depois dos seus pais terem morrido, ela foi viver com Hatto, que naquela altura era o chefe da comunidade religiosa em São Magnus. Muitas vezes ele trazia pessoas doentes para casa para que Wiborada os confortasse. Quando Hatto se tornou monge, os desejos da Santa de viver como uma eremita aumentaram.
Sabedoria solitária – Ela tornou-se uma mulher anacoreta, encerrou-se numa cela perto da igreja de São Magnus, onde rezou e trabalhou durante o resto da sua vida. Tempo depois, ela conheceu um menino, que se tornaria São Ulrico, e profetizou que ele um dia seria nomeado Bispo. A sabedoria de Wiborada, as suas profecias e curas milagrosas atraíram muitos outros eremitas e visitadores.
A visão do martírio  -  A profecia de Wiborada a respeito do seu martírio alertou para o clero de São Magnus e os monges de São Gall que os magiares, tribos húngaras, estavam a planear uma invasão, o que lhes permitiu fugir com toda a segurança. A santa não quis partir e, em 926, os magiares queimaram a Igreja e em seguida mataram-na enquanto ela estava ajoelhada  a rezar.
No seu rasto
Wiborada estava firmemente decidida a viver uma vida de austeridade. A sua determinação é semelhante àquela a que se entregam alguns atletas contemporâneos ao treinarem durante anos e anos para ganharem uma medalha mas que nalgumas ocasiões se debatem com obstáculos inesperados no seu caminho.
Por volta de 1996, o programa intenso de treino do ciclista Lance Armstrong transformou-o no número um do ciclismo mundial. No entanto, pouco tempo depois, ele descobriu que tinha um cancro. Lance começou um tratamento agressivo que o deixou psicologicamente debilitado porém que lhe deu uma nova perspectiva. Graças ao apoio da sua mulher e com uma Fé renovada na vida, Lance voltou a dedicar-se ao ciclismo. Nos anos de 1999 e 2000 ganhou a Volta a França. Pouto tempo depois, ele instituiu a Fundação Lance Armstrong cujo objectivo é:
* Apoiar a investigação contra o  cancro fazendo coleta de donativos.
* Ajudar a desenvolver serviços e dar apoio a pessoas que se submeteram a tratamentos contra o cancro.
Oração
Adorável Jesus, meu Salvador e Mestre, modelo de toda a perfeição, eu resolvi – e tentarei a partir de hoje – seguir o Teu exemplo, ser como Tu, calmo, humilde, casto, zeloso, caritativo e submisso. Eu duplicarei os meus esforços para ver a Tua imagem em todos aqueles que conheço e com os quais lido todos os dias, e para lhes ser útil como o seria para Ti. A partir de hoje decidi evitar todos aqueles pecados que eu cometi até agora e que agora desejo sinceramente renunciar para sempre.
 Ámen.
(Oração de Decisão)
No período da vida de Santa Wiborada (séculos IX-X)  ocorreram diversos acontecimentos dos quais se destacam: Eleição do Papa João XI ( 931); É impresso na China o Sutra do diamante (868); Desenvolvimento do feudalismo na Europa Ocidental (900); Os húngaros invadem a Alemanha (938).
 
 
SÃO JOSÉ MARIA RÚBIO
Sacerdote (1864-1929)

(

Agustín Schoeffler, Santo

Sacerdote e Mártir

Agustín Schoeffler, Santo

Agustín Schoeffler, Santo

Nasceu em 22 de Novembro de 1822 em Mittelbronn, Mosela, França. Na aldeia de Son-Tay, em Tonquín (Vietname), santo Agustín Schoeffler, presbítero da Sociedade de Missões Estrangeiras de Paris, depois de haver exercido durante três anos seu ministério, foi encarcerado e, por ordem do imperador Tu Duc, numa paragem denominada “Cinco Yugadas” foi decapitado, obtendo assim a graça do martírio que cada dia havia pedido a Deus. Era o ano 1851. Foi canonizado em 19 de Junho de 1988 por S.S. João Paulo II. Para ver mais sobre os 117 mártires no Vietname faz "click" AQUI

Aldebrando de Fossombrone, Beato

Bispo

Aldebrando de Fossombrone, Beato

Aldebrando de Fossombrone, Beato

Etimologicamente significa "governante com a espada", vem do germânico. Nascido em Sorrivoli, Itália, no ano 1119. Realizou seus estudos em Santa María de Porto perto de Ravena. Já como sacerdote foi superior do mosteiro de Rimini. Era conhecido por sua pregação contra a vida em pecado, o que lhe fez ganhar a antipatia de algumas autoridades locais que o ameaçaram matá-lo pelo que ele preferiu sair dessa localidade. Nomeado Bispo de Fossombrone, Itália, no ano 1170, construiu a catedral dessa diocese. Uma das lendas que rodeiam a este Santo conta que uma vez lhe levaram uma perdiz cozinhada para o obsequiar, como ele estava fazendo jejum, orou sobre a ave e esta recuperou a vida e voou. Morreu em Fossombrone em 30 de Abril de 1219.

Brioc de Bretanha, Santo

Bispo

Brioc de Bretaña, Santo

Brioc de Bretanha, Santo

(Briocus, Brioc, ou Bru) Um santo céltico de Bretanha que recebeu sua educação na Irlanda e logo estudou sob a guia de Santo Germanus, o famoso Santo Germanus de Auxerre. Muito do que podemos ler acerca de seus primeiros anos, o devemos tomar com precaução. Ussher disse que nasceu na Irlanda, mas é muito provável que já estava em França no ano 431, trazendo também com ele a Santo Iltud.Ainda antes de ser ordenado sacerdote, São Brioc fez vários milagres representados em seus “Acts” (editado por F. Godefrid Herschenn), e logo de um breve período, que esteve com seus pais, ingressou na sua carreira de missionário. Em 480, se estabeleceu em Armorica, e fundou um mosteiro em Landebaeron. Dali foi para a Alta Bretanha onde estabeleceu um oratório num lugar conhecido como São Brieuc-des-Vaux, entre San Malo e Land Triguier; desse lugar ele foi nomeado como seu primeiro bispo. Numerosos milagres são citados em seus “Acts”, especialmente a cura do Conde Riguel, a quem o nobre deu seu próprio palácio Champ-du-Rouvre e outras propriedades menores. Os eruditos diferem enquanto à data da morte de San Brioc, mas ocorreu muito provavelmente em 502, ou muito perto no Século VI. Morreu em seu próprio mosteiro de São Brieuc-des-Vaux e foi enterrado na catedral desse lugar, dedicada a Santo Esteban. Baring-Gould indica que San Brioc se representa como “ameaçando a um dragão” ou “com uma coluna de fogo”, como é visto em sua ordenação. Suas relíquias foram trasladadas para a Igreja de São Sérgio e São Bacchus de Angers em 865, e logo novamente de maneira mais solene em 31 de Julho de 1166. Sem embargo, em 1210, uma porção de suas relíquias foi retornada à Catedral de San Brioc, onde se preserva também o anel do santo. A festividade de San Brioc se celebra em 1 de Maio, mas desde 1804, se transferiu ao segundo domingo de Páscoa. Existem igrejas em Inglaterra, Irlanda e Escócia que estão dedicadas a este antigo santo céltico.

Clemente Septyckyj, Beato

Sacerdote e Mártir

Clemente Septyckyj, Beato

Clemente Septyckyj, Beato

Clemente Septyckyj, era o irmão mais novo do bispo greco-católico Andrés Septyckyj, nasceu em 17 de Novembro de 1869 na vila de Prylbychi, na província de Lviv (Ucrânia).
Em 1911 ingressou na Ordem dos Monges Estuditas de Ucrânia, renunciando a uma prometedora carreira no mundo secular. Foi transferido a Innsbruck para sua formação teológica. Foi ordenado sacerdote em 28 de Agosto de 1915. Durante muitos anos foi parte do mosteiro de Univ de que foi eleito superior em 1944. Já na Segunda Guerra Mundial, com a bênção do Bispo Andrés, ocultou em seu mosteiro a alguns judeus que escapavam da Gestapo. Em 5 de Junho de 1947 o Ministério de Segurança do Estado, mediante decreto, condenou-o a oito anos de trabalhos forçados. Morreu como mártir pela fé em 1 de Maio de 1951 numa prisão russa em Vladimir. Clemente Septyckyj foi beatificado por S.S. João Paulo II em 27 de Junho de 2001 junto com outros 24 mártires ucranianos durante o regime soviético.

O grupo beatificado está integrado por:

1 - Mykolay Charneckyj, Bispo, 2 Abril; 2 - Josafat Kocylovskyj, Bispo, 17 Novembro; 3 - Symeon Lukac, Bispo, 22 Agosto; 4 - Basílio Velyckovskyj, Bispo, 30 Junho; 5 - Ivan Slezyuk, Bispo, 2 Dezembro; 6 - Mykyta Budka, Bispo, 28 Setembro; 7 - Gregorio (Hryhorij) Lakota, Bispo, 5 Novembro; 8 - Gregorio (Hryhorij) Khomysyn, Bispo, 28 Dezembro; 9 - Leonid Fedorov, Sacerdote, 7 Março; 10 - Mykola Konrad, Sacerdote, 26 Junho; 11 - Andrij Iscak, Sacerdote, 26 Junho; 12 - Román Lysko, Sacerdote, 14 Outubro; 13 - Mykola Cehelskyj, Sacerdote, 25 Maio; 14 - Petro Verhun, Sacerdote, 7 Fevereiro; 15 - Alejandro (Oleksa) Zaryckyj, Sacerdote, 30 Outubro; 16 - Klymentij Septyckyj, Sacerdote, 1 Maio; 17 - Severijan Baranyk, Sacerdote, 28 Junho; 18 - Jakym Senkivskyj, Sacerdote, 28 Junho; 19 - Zynovij (Zenón) Kovalyk, Sacerdote, 30 Junho; 20 - Vidal Vladimir (Vitalij Volodymyr) Bajrak, Sacerdote, 16 Maio; 21 - Ivan Ziatyk, Sacerdote, 17 Maio; 22 - Tarsicia (Olga) Mackiv, Monja, 18 Julho; 23 - Olympia (Olha) Bidà, Soror, 28 Janeiro; 24 - Laurentia (Leukadia) Harasymiv, Monja, 26 Agosto; 25 - Volodymyr Pryjma, Laico, 26 Junho (as datas indicadas correspondem às de seu martírio)

Juan Luis Bonnard, Santo

Sacerdote e Mártir

Juan Luis Bonnard, Santo

Juan Luis Bonnard, Santo

Nasceu em 1 de Março de 1824, em Saint Christot-en-Jarret, povoado do departamento de Loira, França. Estudou nos seminários de Lyon e Aix, sendo ordenado no ano 1848.
Como membro da Sociedade de Missões Estrangeiras de Paris, foi enviado a Hong-Kong, e no ano 1850 mandaram-no a Annam (Indochina). Trabalhou nos distritos de Kebang e Ketrinh, foi preso em Boasujan no ano 1852 por cometer o crime de ser missionário. Encarcerado e julgado em Nadinh foi decapitado junto a
Santo Agostinho Schoeffler em 1 de Maio de 1852. Seu corpo foi arrojado ao rio, mas os cristãos da localidade o resgataram imediatamente para o enterrar no colégio de Vinhtri. Foi canonizado m 19 de Junho de 1988 por S.S. João Paulo II. Para ver mais sobre os 117 mártires no Vietname faz "click" AQUI

Orêncio e Paciência, Santos

Esposos e Mártires

Orencio y Paciencia, Santos

Orêncio e Paciência, Santos

Etimologicamente significam “amanhecente”, da língua grega, e “paciente”, da língua latina. ¿Se faz um uso abusivo do perdão? O amor que perdoa não é cego, está impregnado de lucidez. O perdão não preserva desta dura prova, quando alguns fazem este cálculo "eu posso permitir-me tudo, inclusive destrocar a aquela ou aquela de quem sei que de todas maneiras terminará por perdoar-me". Era a meados do século III quando na cidade de Huesca floresciam duas pessoas queridas por todos por causa de fazerem bem a todo o mundo. Orêncio se casou com uma dama acomodada. Mas não viveram à grande, mas que se entregaram a viver com os pobres e a socorre-los em todas suas necessidades. Tiveram dois filhos (Lorenzo e Orêncio) que mereceram o respeito de todos pelo grau de virtude que lhe haviam inculcado seus pais. Paciência, sua mulher, morreu e ele ficou muito abatido. Mas uma noite, enquanto orava, teve uma visão. Apareceu-lhe um anjo e lhe disse: "Toma a teu filho Orêncio e vai ao lugar que te mostrarei". Colheu a seu filho e marchou para Tarbes, França. Desapareceu la luz de seus olhos. Então se deu conta de que aquele sitio era o idóneo para viver. Se dedicava às tarefas do campo. Contam que tinha dois novilhos brancos muito indóceis. Cansado de suas travessuras, fez sobre eles o sinal da cruz, e se converteram em mansos. Um dia, um lobo lhe matou um novilho. Em pouco tempo apareceu o lobo e se uniu à junta com o outro. Este facto está reproduzido na catedral de Saragoça e de Huesca. À sua volta à sua cidade, foi muito bem recebido. Ao morrer, o enterraram na capela de Loret, onde estava sua mulher sepultada. Felicidades a quem leve estes nomes!

Peregrino Laziosi, Santo

Padroeiro dos enfermos de Câncer e SIDA

Peregrino Laziosi, Santo

Peregrino Laziosi, Santo

Data de canonização: 1726 por Bento XIII Nasceu no ano 1260 numa família acomodada. Passou uma juventude mundana, e participou ativamente na política de seu país. Teve ao começo uma forte postura anticatólica. Sem embargo, durante uma rebelião popular, ele feriu ao embaixador papal de paz, o Santo Philip Benizi. O santo Philip com calma lhe deu a outra face, rezou pela juventude, e Peregrino se converteu. Conta a tradição que ele recebeu uma visão de Nossa Senhora em que lhe disse para ir a Siena, Itália, e ali unir-se à Ordem dos Frades Servitas. Depois de uma empenhada educação teológica e sua ordenação, a ordem o indicou para cumprir trabalhos na sua cidade natal. Ele serviu e trabalhou aí tanto como lhe foi possível, no silêncio completo, na solidão, e com o assombroso oferecimento penitente de não se sentar durante 30 anos. O conheciam como um fervente pregador, um orador excelente, e como confessor era conhecido como o mais aprazível e compreensivo. Foi fundador de uma casa da ordem dos servitas em Forli, Itália. Aí se descobriu que padecia de câncer. Um câncer que se estendia em todo seu pé. Peregrino foi programado para uma amputação. Na noite antes da operação, ele a passou em oração; aquela noite recebeu uma visão de Cristo que o curou com um toque. Na manhã seguinte, Peregrino foi encontrado completamente curado. Morreu em casa dos servitas em Forli no ano 1345.

ORAÇÃO A SÃO PEREGRINO, PADROEIRO DOS ENFERMOS DE CÂNCER

Oh Deus, que deste a São Peregrino um anjo como companheiro, a Mãe de Deus como sua mestra, e Jesús como médico para sua enfermidade; te suplicamos nos concedas pelos méritos deste santo, que enquanto vivamos neste mundo amemos intensamente a nosso Anjo da Guarda, à Virgem Santíssima, e a nosso Salvador, e logo no Céu os bendigamos para sempre. Pelo mesmo Jesus Cristo Nosso Senhor. Ámen. Rezar um Pai Nosso, Ave Maria, Glória e a invocação: São Peregrino roga por nós

51590 > Sant' Agostino Schoeffler Sacerdote e martire MR

91598 > Beato Aldebrando Vescovo di Fossombrone MR

90562 > Sant' Amatore di Auxerre Vescovo MR

51510 > Sant' Andeolo Martire MR

51560 > Sant' Arigio Vescovo MR

92747 > Sant' Asaf (o Asaph) Vescovo MR

51530 > San Brioco Vescovo e abate MR

92934 > Beato Clemente (Klymentij) Septyckyj Sacerdote e martire MR

92639 > Domenica della Divina Misericordia Seconda domenica di Pasqua (celebrazione mobile) - Festa

91571 > San Geremia Profeta MR

94130 > Santi Giovanni de Zorroza e Giovanni de Huete Mercedari, martiri

90983 > Santi Gistaldo e Gundebado

92039 > Beato Giuliano Cesarello MR

27050 > San Giuseppe Lavoratore - Memoria Facoltativa MR

91480 > Santa Grata di Bergamo

91564 > Sant' Ipolisto Martire

92871 > San Jean-Louis Bonnard Missionario e martire MR

51600 > Beata Mafalda Badessa di Arouca MR

51540 > San Marculfo (o Marcolfo) Abate di Nanteuil MR

51520 > Sant' Orenzio (o Orienzo) di Auch Vescovo MR

90261 > Santi Orenzio e Pazienza Sposi e martiri

50900 > San Pellegrino Laziosi Religioso MR

51580 > Beata Petronilla di Moncel Badessa MR

51550 > San Riccardo Pampuri Religioso MR

51500 > San Sigismondo Re dei Burgundi e martire MR

51570 > San Teodardo di Narbonne Vescovo MR

53250 > San Torquato Vescovo di Guadix MR

51850 > Beato Vivaldo Eremita MR

00000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000

  • 00000000000000000000000000000000000000000000000000000000
  • Localização geográfica da sede deste Blogue, no Porto
  • Viso---mapa_thumb_thumb_thumb_thumb_[2]
  • ===================================
  • 0000000000000000000000000000000000000000000000
  • $$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$SS
  • «««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»
  • 1 - A integração dos textos editados MMI IMP S.r.l./IMP BV – impressa na União Europeia (Ver blogue nº 1153 – 3/1/12) que se refiram a alguns dos Santos hoje incluídos, continuará a ser efetuada diariamente desde que eu possua as respectivas pagelas na Coleção de Histórias de Santos que nos inspiraram, intitulada “Pessoas Comuns – Vidas Extraordinárias pelo que peço as minhas desculpas. AF.
  • Hoje POR EXEMPLO foi incluído como
  • Complemento na vida de
  • (Antonino de Florença, Atanásio e Wiborada, Santos)Estrela
  • 2 - Sites utilizados: Os textos completos são recolhidos através do livro SANTOS DE CADA DIA, de www.jesuitas.pt. em que também incluo imagens recolhidas através de http://es.catholic.net/santoral,; em seguida os textos deste mesmo site sem tradução e com imagens, e por último apenas os nomes e imagens de HTTP://santiebeati.it.
  • 3 - Como já devem ter reparado, de vez em quando, segundo a sua importância há uma exceção da 1ª biografia, (ou biografias do Livro Santos de Cada Dia – já traduzidas – por natureza) que mais sobressaem, – quando se trate de um dia especial, dedicado a Jesus Cristo, a Nossa Senhora, Anjos ou algum Santo, em particular – todos os restantes nomes surgem por Ordem alfabética, uma, duas ou três vezes, conforme figurem nos três sites indicados, que poderão ser consultados - se assim o desejarem – pelos meus eventuais leitores. LOGICAMENTE E POR ESSE FACTO, DIARIAMENTE, O ESPAÇO OCUPADO, NUNCA É IGUAL, ACONTECENDO POR VEZES QUE É DEMASIADO EXTENSO.
  • Peço-vos a melhor compreensão e as minhas maiores desculpas e obrigado.
  • Responsabilidade exclusiva de ANTÓNIO FONSECA
    http://bibliaonline.com.br/acf; http://es.catholic.net; http://santiebeati.it; http://jesuitas.pt