OS MEUS DESEJOS PARA TODOS

Imagens e Frases de Natal Religioso

sexta-feira, 1 de junho de 2012

Ana Walquiria Mariotto – cantora católica brasileira - Recolha de Youtube–1 de Junho de 2012

Com as melhores saudações de Paz e Amor, dedico este vídeo (que inclui várias músicas)

cantadas por Ana Walquiria Mariotto 

http://youtu.be/QtYj7Hxspag

0000000000000000000000

Post colocado através de You tube, ou melhor, do canal antonio0491.Youtube

1 de Junho de 2012  -  16,45 horas

 

António Fonseca

Nº 1303 - 2ª Página - CARTAS DE S. PAULO (2ª AOS CORÍNTIOS) – SEXTA-FEIRA – 1 DE JUNHO DE 2012

AVISO IMPORTANTE
Motivos técnicos obrigaram a que eu tivesse que alterar os endereços que estava utilizando:
Assim: O endereço do Messenger passou a ser antoniofonseca1940@hotmail.com
e o endereço anterior foi cancelado. Por este facto, estou tentando informar todos os meus contactos neste Blogue e dos outros serviços como Facebook; Youtube e outros, sobre esta alteração que entrou em vigor no passado Domingo, dia 27 de Maio de 2012
As minhas desculpas e os meus cumprimentos.
 
»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»
»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»
»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»
 
UM ESCLARECIMENTO PRÉVIO
 
(Embora já venha alertando, – há muitos meses (desde Nov. 2010) sobretudo na 3ª página dedicada`aos textos do livro A RELIGIÃO DE JESUS, que normalmente são publicados ao Domingo, a partir de hoje 27/5 passará a ser publicado nesta página (2), onde aliás deveria ter sido sempre feito. As minhas desculpas por somente nesta data ter reparado nesta falha. Obrigado. António Fonseca
 
Foi em 27 de Novembro de 2010, que iniciei uma página sobre os textos do NOVO TESTAMENTO é editada diariamente e na qual fui transcrevendo os capítulos dos Evangelhos, de S. Mateus, S. Marcos, S. Lucas e S. João. Seguiu-se os Actos dos Apóstolos, de S. Lucas e terminado este, comecei a editar os textos das Cartas de S. Paulo. Das quais a 1ª Aos Coríntios, acabei-a no dia 28 e ontem dia 29, iniciei a edição da 2ª, conforme assinalo em título
Na devida altura (e se Deus o permitir) prosseguirei com os restantes livros do NT, como: Carta aos Hebreus, Carta de S. Tiago, Cartas de S. Pedro, Cartas de S. João, e Apocalipse.
Envolvi-me nesta tarefa, pois considero ser um trabalho interessante, pois servirá para que vivamos mais intensamente a Vida de Jesus Cristo que se encontra sempre presente na nossa existência, mas em que poucos de nós (eu, inclusive) tomam verdadeira consciência da sua existência e apenas nos recordamos quando ouvimos essas palavras na celebração dominical e SOMENTE quando estamos muito atentos, porque não acontecendo assim, não fazemos a mínima ideia do que estamos ali a ouvir e daí, o desconhecimento da maior parte dos cristãos do que se deve fazer para seguir o caminho até Ele.
 
Como Jesus Cristo disse, aos Apóstolos, no dia da sua Ascensão ao Céu:
 
IDE POR TODO O MUNDO E ENSINAI TODOS OS POVOS”.
 
É apenas isto que eu estou tentando fazer. AF.
+++++++++++++++++++++++
Nº 1303- 2ª Página
1 de Junho de 2012
CARTAS DE S. PAULO
S.-Paulo_thumb_thumb1_thumb_thumb_th
2ª CARTA AOS CORÍNTIOS
3
1ª Parte
DEFESA DO MINISTÉRIO APOSTÓLICO DE PAULO
4 – Por isso, não desanimamos neste mistério, que nos foi concedido misericordiosamente, mas afastamos de nós as paixões ocultas e vergonhosas; não procedemos com astúcia, nem adulteramos a palavra de Deus; pela manifestação da verdade é que recomendamos à consciência de todos os homens, diante de Deus. Se o nosso Evangelho ainda estiver encoberto, está encoberto para aqueles que se perdem, para os incrédulos, cujas inteligências o Deus deste mundo cegou, afim de impedir que neles brilhassem a luz do Evangelho, onde resplandece a glória de Cristo, que é imagem de Deus. Pois nós, não nos pregamos a nós próprios, mas a Cristo Jesus, o Senhor; e nós não somos senão vossos servos, por amor de Jesus. Porque Deus, que disse que das trevas resplandecesse a luz, é que brilhou nos nossos corações, para que irradiássemos o conhecimento da glória de Deus, que se reflete na face de Cristo.
Tribulações e esperanças do ministério apostólicoTrazemos, porém, esse tesouro em vasos de barro, para que tão excelso poder se reconheça vir de Deus e não de nós. Em tudo somos atribulados, mas não esmagados; perplexos, mas não desanimados; perseguidos, mas não desamparados; abatidos, mas não destruídos. Trazemos sempre no nosso corpo os traços da morte de Jesus, para que também a vida de Jesus se manifeste no nosso corpo. Estando ainda vivos, somos a toda a hora entregues à morte por amor de Jesus para que a vida de Jesus se manifeste também na nossa carne mortal. Deste modo, em nós opera a morte, e em vós a vida. Animados deste espírito de fé, conforme o que está escrito: «Acreditei e por isso falei», também, nós acreditamos e por isso falamos, sabendo que Aquele que ressuscitou Jesus, também com Ele nos há-de ressuscitar e nos fará aparecer diante d’Ele convosco. E tudo isto se faz por vossa causa, para que a graça se multiplique nesse grande número e neles faça crescer o reconhecimento para a glória de Deus. Por isso não desfalecemos. Ainda que em nós se destrua o homem exterior, o interior renova-se diariamente. Porque a nossa leve e momentânea tribulação prepara-nos, para além de toda e qualquer medida, um peso eterno de glória. Por isso, não olhamos para as coisas visíveis, mas para as invisíveis, porque as visíveis são passageiras, ao passo que as invisíveis são eternas.
********************************************************************************************
=============================================================
Amanhã, dia 2/6/12, se Deus o permitir, prosseguirei a transcrição das CARTAS DE S. PAULO, com o capítulo 5 da 1ª parte da 2ª Carta aos Coríntios.
António Fonseca
http://bibliaonline.com.br/acf; http://es.catholic.net; http://santiebeati.it; http://jesuitas.pt
e Difusora Bíblica dos Missionários Capuchinhos – Lisboa

Nº 1303–1ª Página (153/12) - SANTOS DE CADA DIA – SEXTA-FEIRA – 1 de JUNHO DE 2012 - 4º ANO

 
AVISO IMPORTANTE
Motivos técnicos obrigaram a que eu tivesse que alterar os endereços que estava utilizando:
Assim: O endereço do Messenger passou a ser antoniofonseca1940@hotmail.com
e o endereço anterior foi cancelado. Por este facto, estou tentando informar todos os meus contactos neste Blogue e dos outros serviços como Facebook; Youtube e outros, sobre esta alteração que entrou em vigor no passado Domingo, dia 27 de Maio de 2012
As minhas desculpas e os meus cumprimentos.
»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»
»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»
»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»
 
 
Nº 1303 – 1ª Página – 2012
#####################################
##################################### #####################################
1 DE JUNHO DE 2012
 
SEXTA-FEIRA
 
Justino, Santo

Padroeiro dos Filósofos

 
 
COMPLEMENTO
 
Justino nasceu em Nablus, Samaria, por volta do ano 100. Os seus pais eram pagãos de origem grega e deram-lhe uma educação grega clássica em história, poesia, retórica e psicologia. Na realidade, foi o interesse de Justino pela filosofia que no fim de contas o levou a alargar a sua curiosidade acerca do Cristianismo. Ele ficou impressionado com aquilo que lia e ouvia sobre a nova religião. Justino também foi testemunha da coragem extraordinária dos mártires cristãos e sentiu a alegria daqueles que tinham aceitado Jesus. Ele converteu-se ao Cristianismo quando tinha cerca de 30 anos, embora tivesse continuado a aceitar muitos dos ensinamentos dos filósofos gregos, como Platão. Por volta do ano 150, Justino foi viver para Roma, onde fundou uma escola cristã e escreveu algumas das suas obras mais importantes, Defendendo o Cristianismo em termos filosóficos. Justino, estimulado pelo debate intelectual, discutia frequentemente acerca do Cristianismo com filósofos e professores da religião. Uma vez, ele teve uma grande discussão com um filósofo cínico chamado Crescêncio e com sucesso deitou por terra as suas afirmações, humilhando-o publicamente.
Um cristão leal – Pouco depois, Justino e seis dos seus alunos foram presos por se terem recusado a fazer sacrifícios aos deuses pagãos, possivelmente porque Crescêncio querendo vingar-se dele o denunciou às autoridades. os seis foram levados perante um perfeito romano, o qual ofereceu a Justino a suspensão da execução se ele fizesse um sacrifício aos deuses romanos. Corajosamente, Justino recusou-se afirmando que seria recompensado no céu pela sua fé. Justino e os seus estudantes foram primeiro açoitados e depois decapitados de acordo com a lei romana. Pensa-se que posteriormente alguns cristãos recolheram os seus corpos e enterrando-os em segredo.
No seu rasto
Nos tempos de Justino, os cínicos eram um grupo de filósofos que diziam que as pessoas com crenças idealistas só se enganam a si próprios. Embora já não estejam organizados numa única escola filosófica, muitos cínicos – pessoas que desprezam as crenças dos outros – ainda existem.
Apesar daqueles que questionam, a existência de Deus, a religião continua a ser uma força poderosa e positiva no mundo, encorajando asd pessoas a pôr de lado o egoísmo e a ajudarem-se umas às outras. Talvez você conheça alguns cínicos, que puseram em dúvida que os seus compromissos religiosos são justificados. Você não necessita de uma educação formal em filosofia para defender a sua posição com fundamentos claros – para manter as susas convicções. recorde-se:
* Acreditar em Deus não significa provar a Sua existência, mas sim ter fé mesmo sem provas físicas.
* A sua fé é muito pessoal. Não hesite em exprimi-la em palavras e atos. Deixe que as suas ações sejam, exemplos vivos para os outros de como Deus guia a sua vida.
 
 
Oração
Deus Omnipotente e Eterno, que encontrastes o Teu mártir Justino errante de professor em professor, em busca do Deus verdadeiro, e lhe revelaste a sublime sabedoria da Tua Palavra eterna; concede a todo aquele que Te procura, ou um maior conhecimento de Ti, possa encontrar e ser encontrado por Ti; por Jesus Cristo Nosso Senhor, que vive e reina contigo na unidade do Espírito Santo, um Deus, opara todo o sempre.Ámen.
(Oração contemporânea)
 
No período da vida de Santo Justino (século I) ocorreram diversos acontecimentos dos quais se destacam: Invenção do papel na China (105); Construção do muro de Adriano em Inglaterra (120-130); Rota da Seda, rota comercial que liga a China à Pérsia (109); Vida de Marco Aurélio , Imperador Romano (121-180).
Petronila (Aurélia), Santa

Século I

Petronilla

Aurélia Petronila é romana de sangue patrício. Descendente de Tito Flávio Petrónio, está aparentada com a família imperial dos Flávios. Além do seu nome patronímico, temos prova disso reparando que foi sepultada no cemitério de Flávia Domitila. (Era então regra absoluta, vinda dos costumes pagãos, não admitir no cemitério familiar qualquer pessoa fora da “gens”). Pertencia contudo ao ramo cristão, não reinante, dessa família. Petronila foi provavelmente catequizada por S. Pedro. Por esta razão, vários documentos dão-lhe o nome de «filha de Pedro». Esta virgem tinha pelo príncipe dos Apóstolos grande veneração e mereceu ser objecto da sua mais paternal ternura, de maneira que foi considerada sua filha espiritual adoptiva. Nos tempos seguintes, a expressão filha de S. Pedro enganou, e uma opinião errónea impôs-se até ao século XVII, segundo a qual Petronila foi verdadeira filha de S. Pedro, nascida antes da vocação apostólica deste último. E, dizendo-se a França a filha mais velha da Igreja, o que vem dos tempos de Clóvis, não admira que tenha tomado Santa Petronila como sua protetora; ainda hoje mantém essa nação culto especial junto da Santa na Basílica Vaticana. Quanto ao nome, Petronila vem de Petrónio e não de Pedro. As Actas dos Santos Nereu e Aquileu, exilados com Flávia Domitila na ilha Pôncia e martirizados no tempo de Domiciano (81-96), contêm uma carta dirigida por Marcelo, filho de Marcos, prefeito de Roma, a estes santos quando estavam exilados. Este documento narra a cura milagrosa da nossa virgem Petronila que, segundo afirma, se consagrara ao serviço de S. Pedro. Atacada de paralisia, depressa se viu impossibilitada de fazer o seu trabalho. Tito, discípulo do Apóstolo, perguntou-lhe então: «Porque não a curas?» – «Porque é bom para ela estar assim». Mas para não parecer que estas palavras escondem incapacidade: «Levanta-te, manda S. Pedro à paralítica, e serve-nos». Fê-lo imediatamente. Uma pintura a fresco das catacumbas de Flávia Domitila, em Roma, representa uma mulher, chamada Veneranda, recebida no céu por «Petronella mart». Fica assim provado que Petronila era objecto de culto; ora é sabido que nessa época o culto só podia ser dos mártires. E temos a certeza que se trata sem dúvida da nossa Santa, pois as Actas de Nereu e Aquileu especificam que Petronila foi, na verdade, sepultada na propriedade de Domitila. A Santa deve, portanto, incluir-se entre as virgens mártires. Foi descoberta em 1874, na via Ardeatina, uma basílica edificada em honra da Santa no local em que teve sepultura. Com o tempo, o corpo de Santa Petronila foi levado para o Vaticano, como dissemos, e o papa Leão III (795-816) dotou o seu altar de ricas ornamentações. www.jesuitas.pt

BEATA BAPTISTA (CAMILA) VARINI

Abadessa (1458-1527)

Bautista (Camila) Varano, Beata.

Bautista (Camila) Varano, Beata.

Estrela Ver esta biografia, na publicação de ontem (30.5.2011)

Camila (depois Baptista) Varani nasceu de nobre família, em 1458. Recebeu do pai um espírito vivo e apaixonado, o amor do mundo e da eloquência, e dons para a filosofia e teologia. Mas, desde os primeiros anos, trabalhou a graça na sua alma; e ela contou o efeito produzido no seu íntimo por um sermão de sexta-feira santa, ouvido aos oito anos. Fez nessa altura promessa de cada sexta-feira derramar uma lágrima de amor à Paixão. Na adolescência, sentiu-se inclinada por um cavaleiro que lhe recitava versos de amor. Mas um terrificante sermão da Quaresma foi a ocasião de ela voltar a Deus para sempre; tinha 20 anos, e passaram-se ainda mais dois antes de a Providência lhe indicar que deixasse o mundo. Uma visão de Nosso Senhor e uma grave doença forma os sinais deste chamamento; soube vencer a ambição que o pai colocava nela e soube sobretudo triunfar do afecto que a si era dedicado. Pessoa de familia tinha fundado uma comunidade de Clarissas em Urbino, na Itália. Para lá se encaminhou ela solenemente, acompanhada por duas primas. Lá encontraram outras religiosas parentes e muito amigas. O nome de Camila foi mudado para Baptista. Em 1483 emitiu a profissão em Urbino; mas, no ano seguinte, fundando seu pai um mosteiro e, Camarino, a Irmã Baptista foi designada para fazer parte da nova comunidade. Pouco tempo depois, recebeu visões múltiplas de anjos, de Nossa Senhora e da cruz. «Com doçura, como a uma amiga, contou ela, os anjos dizem-me: “O que faz o teu suplico é precisamente o que produz a nossa alegria. Tu ardes com o fogo do amor mas, tanto tempo como tu ficares cativa no teu corpo, não poderás gozar da presença divina. Os teus sofrimentos são tanto mais cruéis quanto a chama do teu desejo é mais viva. Para nós, estando o desejo sempre unido à presença do muito amado, quanto mais ele é ardente, tanto mais crescem também o nosso amor e as nossas delicias”». Mas foi sobretudo às dores espirituais de Nosso Senhor que a Irmã Baptista esteve intimamente associada, dignando-se Cristo revelar-lhe tudo o que O tinha atormentado na sua agonia. Foi em 1490 que lhe deu ordem o confessor para escrever a história da sua vida interior, talvez para infundir luz no meio duma longa prova, enquanto por quatro anos o desespero a assaltava dia a dia. Os tumultos, endémicos na Itália dessa época, não pouparam Camerino. O pai e três irmãos da beata foram assassinados em 1503. A Clarissa podia acaso esquecer que era princesa e não sentir até ao íntimo o pesar que a afligia? César Borja, o responsável pelo desastre, perdeu, com Alexandre VI, aquele que o sustentava. Os Colonnas ajudaram João Maria, irmão da beata, a reconquistar a sua cidade. Mas já então a abadessa (Baptista era-o desde 1499) tinha perdoado aos inimigos. Ela contribuiu para o desenvolvimento e mesmo para a instituição dos capuchinhos: Mateus de Báscio, antes de ser frade menor da Observância, tinha sido protegido pelos Varani. E ela interveio bastante eficazmente para obter de Clemente VII a bula de 1524 que autorizava o novo ramo da ordem franciscana. Em 1527 assolou a Itália uma terrível peste; vítima dela, morreu a abadessa aos 69 anos. Os milagres levaram ao culto público, que em 1843 Gregório XVI aprovou. Do livro SANTOS DE CADA DIA, de www.jesuitas.pt. Ver também www.es.catholic.net/santoral e www.santiebeati.it.

90666 > Santa Camilla Battista da Varano Clarissa Francescana 31 maggio MR

Camilla Battista da Varano

91149 > Santi Canzio, Canziano e Canzianilla Martiri 31 maggio MR

Canzio, Canziano e Canzianilla

55410 > Sant' Ermia di Comana Martire 31 maggio MR

Ermia di Comana

90637 > San Felice da Nicosia Religioso Cappuccino 31 maggio MR

Felice (Giacomo) Amoroso da Nicosia

94723 > San Filosofo di San Pietroburgo Martire 31 maggio (Chiese Orientali)

Filosofo di San Pietroburgo

90778 > Beato Giacomo (Salomoni) da Venezia Domenicano 31 maggio MR

Beato Giacomo (Salomoni) da Venezia

90956 > Beato Mariano da Roccacasale Francescano 31 maggio MR

Beato Mariano da Roccacasale

92304 > Beato Nicolas Barrè Religioso, fondatore 31 maggio MR

Beato Nicolas Barrè

55460 > San Noè Mawaggali Martire 31 maggio MR

Noè Mawaggali

55450 > Santa Petronilla Martire 31 maggio MR

Petronilla

55440 > Beati Robert Thorpe e Tommaso Watkinson Martiri 31 maggio MR

Beati Robert Thorpe e Tommaso Watkinson

55400 > San Silvio di Tolosa Vescovo 31 maggio MR

Silvio di Tolosa

21100 > Visitazione della Beata Vergine Maria 31 maggio - Festa MR

Vizitazione della Beata Vergine Maria

90745 > San Vitale di Assisi Monaco eremita 31 maggio

Vitale di Assisi

00000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000

  • 00000000000000000000000000000000000000000000000000000000
  • Localização geográfica da sede deste Blogue, no Porto
  • Viso---mapa_thumb_thumb_thumb_thumb_[2]
  • ===================================
  • 0000000000000000000000000000000000000000000000
  • $$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$SS
  • «««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»
  • 1 - A integração dos textos editados MMI IMP S.r.l./IMP BV – impressa na União Europeia (Ver blogue nº 1153 – 3/1/12) que se refiram a alguns dos Santos hoje incluídos, continuará a ser efetuada diariamente desde que eu possua as respectivas pagelas na Coleção de Histórias de Santos que nos inspiraram, intitulada “Pessoas Comuns – Vidas Extraordinárias pelo que peço as minhas desculpas. AF.
  • Hoje POR EXEMPLO foi incluído como
  • Complemento na vida de
  • (»»»»»»»»)Estrela
  • 2 - Sites utilizados: Os textos completos são recolhidos através do livro SANTOS DE CADA DIA, de www.jesuitas.pt. em que também incluo imagens recolhidas através de http://es.catholic.net/santoral,; em seguida os textos deste mesmo site sem tradução e com imagens, e por último apenas os nomes e imagens de HTTP://santiebeati.it.
  • 3 - Como já devem ter reparado, de vez em quando, segundo a sua importância há uma exceção da 1ª biografia, (ou biografias do Livro Santos de Cada Dia – já traduzidas – por natureza) que mais sobressaem, – quando se trate de um dia especial, dedicado a Jesus Cristo, a Nossa Senhora, Anjos ou algum Santo, em particular – todos os restantes nomes surgem por Ordem alfabética, uma, duas ou três vezes, conforme figurem nos três sites indicados, que poderão ser consultados - se assim o desejarem – pelos meus eventuais leitores. LOGICAMENTE E POR ESSE FACTO, DIARIAMENTE, O ESPAÇO OCUPADO, NUNCA É IGUAL, ACONTECENDO POR VEZES QUE É DEMASIADO EXTENSO.
  • Peço-vos a melhor compreensão e as minhas maiores desculpas e obrigado.
  • Responsabilidade exclusiva de ANTÓNIO FONSECA
  • WWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWW