OS MEUS DESEJOS PARA TODOS

RecadosOnline.com

sábado, 10 de novembro de 2012

Nº 1465-1 - O ANTIGO TESTAMENTO - Génesis “49” - 10 de Novembro de 2012

antoniofonseca1940@hotmail.com

»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»
»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»
Caros Amigos:
Após a edição do nº 22 do Livro do APOCALIPSE, e terminada a transcrição dos textos do NOVO TESTAMENTO – Introdução, Evangelhos de São Mateus, São Marcos, São Lucas e São João, dos Actos dos Apóstolos, das Cartas de São Paulo – aos Romanos, 1ª e 2ªaos Coríntios, aos Gálatas, aos Efésios, aos Filipenses, aos Colossenses, das 1ª e 2ª aos Tessalonicenses, das 1ª e 2ª a Timóteo, a Tito, a Filémon, aos Hebreus, Cartas de São Tiago, 1ª e 2ª de São Pedro, 1ª., 2ª e 3ª de São João, de São Judas e, finalmente o Apocalipse (segundo São João),
perguntei a mim mesmo:
E Agora! O que irei tentar fazer a seguir?
Resolvi simplesmente começar a editar o ANTIGO TESTAMENTO que é composto pelos seguintes livros:
GÉNESIS, ÊXODO, LEVÍTICO, NÚMEROS, DEUTERONÓMIO, constantes do PENTATEUCO; JOSUÉ, JUÍZES, RUTE, 1º E 2º de SAMUEL, 1º e 2º Reis, (2) CRÓNICAS (paralipómenos), ESDRAS, NEEMIAS, TOBIAS, JUDITE, ESTER, 1º E 2. MACABEUS (Livros históricos); JOB, SALMOS, PROVÉRBIOS, ECLESIASTES, CÂNTICO DOS CÂNTICOS, SABEDORIA, ECLESIÁSTICO (Livros Sapienciais ); ISAÍAS, JEREMIAS, JEREMIAS – Lamentações, BARUC, EZEQUIEL, DANIEL, OSEIAS, JOEL, AMÓS, ABDIAS, JONAS, MIQUEIAS, NAUM, HABACUC, SOFONIAS, AGEU, ZACARIAS e MALAQUIAS (Profetas).
SÃO APENAS POUCO MAIS DE 40 LIVROS = 1260 PÁGINAS … (coisa pouca…)
Poderei porventura dar conta do recado? Se calhar, não!
Só Deus o sabe e decerto providenciará o que lhe aprouver!
SEI: que é uma tarefa ciclópica, impossível., etc., para os meus 72 anos. Desconheço se conseguirei executar esta tarefa e sei os limites que poderão antepor-se-me, mas CREIO EM DEUS TODO-PODEROSO que não me desamparará em ocasião alguma.
Com Fé e perseverança tudo se consegue e portanto irei até onde Deus me permitir, rezando todos os dias para que eu possa Evangelizar com os meios que tenho à disposição, durante o tempo que Deus Nosso Senhor Jesus Cristo entender.
Se o conseguir, darei muitas Graças a Deus
»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»

Como afirmei inicialmente, Envolvi-me nesta tarefa, pois considero ser um trabalho interessante, pois servirá para que vivamos mais intensamente a Vida de Jesus Cristo que se encontra sempre presente na nossa existência, mas em que poucos de nós (eu, inclusive) tomam verdadeira consciência da sua existência e apenas nos recordamos quando ouvimos essas palavras na celebração dominical e SOMENTE quando estamos muito atentos,o que se calhar, é raro, porque não acontecendo assim, não fazemos a mínima ideia do que estamos ali a ouvir e daí, o desconhecimento da maior parte dos cristãos do que se deve fazer para seguir o caminho até Ele.
Como Jesus Cristo disse, aos Apóstolos, no dia da sua Ascensão ao Céu:
IDE POR TODO O MUNDO E ENSINAI TODOS OS POVOS”.

É apenas isto que eu estou tentando fazer. AF.
+++++++++++++++++++++++

Nº 1465 - 2ª Página

10 de Novembro de 2012
ANTIGO TESTAMENTO

G É N E S I S


JOS_1_1_thumb_thumb_thumb_thumb_thum[2]
TESTAMENTO DE JACOB

49 – TESTAMENTO DE JACOBJacob mandou vir os seus filhos e disse: «Reuni-vos, pois quero revelar-vos o que acontecerá na sequência dos dias: – Ajuntai-vos para escutar, filhos de Jacob. Para escutar Israel vosso pai».
+ Ruben! Tu foste o meu primogénito, o meu orgulho e as primícias do meu vigor; o primeiro em dignidade, o primeiro em poder, impetuoso como a onda, perdeste a tua nobreza! Porque atentaste contra o leito paterno. Aviltaste a honra do meu leito.
+ Simeão e Levipar digno de irmãos! As suas armas são instrumentos de violência. Não te associes aos seus desígnios, ó minha alma! Não sejas, ó minha honra, cúmplice da sua aliança! Porque, na tua cólera, imolaram homens. E na sua exaltação derrubaram toiros. Maldita seja a sua cólera, porque foi maléfica. E a sua indignação, porque foi funesta! Quer separá-los em Jacob, E dispersá-los em Israel.
+ A ti, Judá, teus irmãos prestarão homenagem; A tua mão fará curvar o pescoço dos teus inimigos. Os filhos de teu pai inclinar-se-ão diante de ti! Tu és leãozinho, Judá; quando regressas, ó meu filho, com  a tua presa! Ele deita-se… É o repouso do leão e do leopardo; quem ousará despertá-lo? O ceptro não escapará a Judá, nem a autoridade à sua descendência, até à vinda do Pacifico, ao qual os povos obedecerão. Então atar-se-á à vide o seu jumentinho, e à parreira o filho da sua jumenta. Lavar-se-á o seu vestuário em vinho, e a sua túnica no sangue das uvas. Os olhos cintilar-te-ão de vinho, e os dentes serão brancos de leite.
+ Zabulão ocupará o litoral dos mares; oferecerá portos aos navios. E a sua praia atingirá Sidon.
+ Issacar é um jumento musculoso, que se deita entre as colinas. Saboreou o encanto do repouso, e as delicias do pasto; entregou os ombros ao jugo, e tornou-se tributário.
+ Dan será uma serpente sobre o caminho, uma áspide no carreiro: pica o pé do cavalo. E o cavaleiro cai de costas… Conta com o Senhor para te auxiliar.
+ Gad será assaltado pelo inimigo, mas ele assaltá-los-á por sua vez.
+ Quanto a Aser, o seu pão será abundante; é ele que proverá os prazeres dos reis.
+ Neftali é uma corça que se arremessa; e profere excelentes mensagens.
+ José é um ramo fértil à beira duma fonte. Ultrapassa os outros ramos ao longo da muralha. Exasperaram-no e feriram-no com flechas; odiaram-no os archeiros orgulhosos. Mas o seu arco manteve-se firme. E os músculos dos seus braços permaneceram vigorosos. Graças ao protetor de Jacob, que assim o converteu no rochedo de Israel! Graças ao Deus do teu pai, que será o teu apoio; e o Todo-Poderoso que te abençoará. Com as bênçãos superiores do céu, com as bênçãos subterrâneas do abismo, Com as bênçãos dos seios e das entranhas! Os votos de teu pai. Sobrepujando os dos meus antepassados, atingem os limites das montanhas eternas; e cumprir-se-ão sobre a cabeça de José, sobre a fronte do Eleito entre os seus irmãos!
+ Benjamim é um lobo rapace; pela manhã farta-se de carnificina, e de tarde repartirá o «espólio».
Morte e sepultura de Jacob – São estes os que formam as doze tribos de Israel; e foi assim que seu pai lhes falou e os abençoou, dando a cada um a sua própria bênção. E deu-lhes as suas ordens, dizendo: «Vou juntar-me ao meu povo; sepultai-me junto dos meus pais, no jazigo que faz parte do domínio de Efron, o heteu; no jazigo, que está no território de Makpela, diante de Mambré, no país de Canaã, território que Abraão comprou a Efron, o heteu, para propriedade sepulcral. Foram lá enterrados Abraão e Sara, sua esposa; foram lá enterrados Isaac e Rebeca, sua esposa, e ali enterrei Lia. A compra desse território e do jazigo que ali se encontra foi feita no país dos heteus». E tendo Jacob ditado a seus filhos as suas últimas vontades, juntou os pés na sua cama; expirou e reuniu-se a seus pais.
 


Jos-e-os-sonhos-do-Fara_thumb_thumb_[2]
José decifrando os sonhos do Faraó
0000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000

10 de Novembro de 2012 - 10,15 h
ANTÓNIO FONSECA
map-1195aeac0b2f22222222222222222[2]

Nº 1465-1 - (315-12) - SANTOS DE CADA DIA - 10 de Novembro de 2012 - 5º ANO

antoniofonseca1940@hotmail.com

»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»
 
Nº 1465-1 - (315-12)
 
Imagem3189

»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»
I-Am-Posters
= E U    S O U =
»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»«««««««««««««««««««««««««««««««««


Nº 1465-1 – (315-12)

LEÃO I, O Magno, Santo
Papa e Doutor da Igreja (461)

Len Magno, Santo

León Magno, Santo

A história conhece-o pelo sobrenome de Magno ou o Grande. Oriundo da Toscana, era diácono da Sé apostólica no tempo de Celestino I e pessoa estimadíssima. João Cassiano, no prólogo da obra sobre a encarnação do Senhor, composta no ano de 440 a pedido do mesmo S. Leão, chama-lhe «ornamento da Igreja romana e do divino ministério». Foi eleito Papa no mesmo ano, quando se encontrava em França com missão política importante. Um mês mais tarde, assim falava ao povo romano reunido na Basílica de Latrão: «O afecto da vossa caridade não estava satisfeito até ser presente aquele que a necessidade duma grande viagem conservava longe daqui. Dou graças a Deus Nosso Senhor, e dá-las-ei sempre, como é devido ao auxilio do vosso fervor, pois fizestes de mim um juízo tão favorável, sem que de mim, houvesse qualquer título para o merecer. Peço-vos, pelas misericórdias do Senhor, que ajudeis com as vossas orações aquele que chamastes com os vossos desejos, a fim de o espírito da graça permanecer sobre mim e não chegardes a arrepender-vos da vossa eleição. Conceda.-nos a todos a paz Aquele que pôs nos vossos corações o impulso da unanimidade». No aniversário da sua entronização falará sempre com o mesmo espírito de humildade: «Ao trazer-nos este dia o aniversário daquele em que Deus quis que eu principiasse o meu cargo episcopal, encontro grande motivo para alegrar-me para a glória de Deus que, a fim de que mais O ame, me perdoou muito e, a fim de tornar a sua graça mais admirável, encheu dos seus dons um homem no qual não pôde encontrar mérito nenhum». Estes homens são os que Deus escolhe como instrumentos seus, para tudo o que é grande. Época de perturbação e revolta. O império romano aos pés dos bárbaros, e arruinado com ele o principal baluarte exterior da unidade da Igreja. No Oriente dominava uma nova heresia, o Monofisismo de Êutiques, que punha em Cristo uma só natureza, mistura da divina e humana. S. Leão era o homem requerido pelas necessidades da Igreja. A salvação do mundo estava então em reforçar e estender o primado romano, fundamento da unidade eclesiástica; e nisso empregou o papa um zelo tão ativo como universal. Era firme e inexpugnável na fé, destro teólogo e hábil diplomata. A sua carta a Flaviano, bispo de Constantinopla, foi a resplandecente estrela que dirigiu os católicos nas suas lutas contra o monofisismo. Foi ele o primeiro a estigmatizar o conciliábulo de Éfeso, do ano de 449, com o qualificativo de latrocinium (roubo violento) que lhe ficou na história. Com a mesma decisão com que aprovou os decretos dogmáticos do concílio de Calcedónia (451), rejeitou também, o cânone 28 em que se pretendia levantar a sé de Constantinopla acima de todas as outras sés patriarcais do Oriente. Roma não lhe deve menos na ordem temporal. Átila ultrapassara os Alpes e entrara na Itália. O Imperador fugia e os generais romanos escondiam-se. O Papa era a única força capaz de impedir a ruína universal. S. Leão saí ao encontro do conquistador bárbaro, acampado às portas de Mântua. Que sucedeu naquele dia? Só sabemos como certo que o bárbaro se abrandou ao ver diante de si, em atitude de suplicante, o Pontifice dos cristãos e retrocedeu com todo o seu exército. Isto sucedeu em 452. Pouco depois escrevia o Santo; «Queira Deus que estes males sirvam para emenda dos que sobrevivem, e que, cessando as desgraças, cessem também as ofensas. Será grande misericórdia de Deus apartar Ele os açoites e converter os corações». O império estava podre e os pecados não cessavam. A imperatriz Eudóxia chama o vândalo Genserico, que se apresenta nas bocas do Tibre com grande esquadra, como flagelo da ira de Deus contra os maus cristãos. O Papa conseguiu do verdugo, em 455, que perdoasse a vida aos Romanos e se abstivesse de incêndios e destruições. Roma salvou-se, mas o castigo foi terrível. Durante 15 dias esteve sujeita ao saque de mouros e vândalos,. que se espraiaram pelas suas ruas como feras. Apenas se salvou o que se acumulara nas três grandes basílicas urbanas. S. Leão rezava diante das relíquias de S. Pedro. Alguns anos depois dizia num sermão: «O meu coração está cheio de tristeza e de temor. Os homens correm grande perigo, quando são ingratos a Deus, quando lançam ao esquecimento as suas mercês e nem se arrependem depois do castigo, nem se alegram com o perdão… Há mais entusiasmo pelos demónios que pelos Apóstolos, e atraem mais público os espetáculos insensatos que os bem-aventurados mártires. Todavia, quem salvou esta cidade?… Foram porventura os jogos de circo, ou antes a proteção dos Santos? As orações dos Santos é que mitigaram o rigor da justiça divina e graças a eles, tendo nós merecido a ira, podemos esperar o perdão». Rico de méritos e universalmente estimado, Leão, morreu a 10 de Novembro de 461. Logo foi venerado como Santo e Bento XIV colocou-o entre os Doutores da Igreja, em 1754. Conservam-se 96 sermões seus autênticos, pregados geralmente nas festas do Senhor e dos Santos, e uma coleção de 143 cartas, sobre questões doutrinais ou litúrgicas. Sintetizando e completando: Foi o momento em que o império romano se desmoronou no Ocidente, e em que Francos, Visigodos, Vândalos e Borguinhões nele se instalaram, desta vez para não arredarem. Excepto os Francos, que se mantinham pagãos, todos estes bárbaros eram arianos e os reis deles contavam claramente com «arianizar» os povos conquistados. Quanto ao Oriente, metade dos bispos eram monofisitas. A Igreja inteira ia então tornar-se herética? Leão I foi o papa de quem se serviu Cristo, então, para cumprir a sua promessa: «as portas do inferno não prevalecerão contra ela». Tinha os talentos de homem de Estado, um coração nobre e magnânimo, coragem e tenacidade a toda a prova. Não parou ao defender os dogmas da Encarnação e da Trindade, tanto aos arianos, para quem Jesus era um homem divino, como contra os monofisitas, para quem o Filho de Deus apenas tomara a aparência da nossa natureza. Restringiu a autonomia das Igrejas particulares e impediu que Bizâncio, onde residia o Imperador, confiscasse em seu proveito o primado romano. É sabido também como, apresentando-se diante de Átila (452), o dissuadiu – por meio dum tributo, evidentemente ! – de ir pilhar, incendiar e destruir, talvez para sempre, a Cidade Eterna. O concílio de Calcedónia foi o triunfo da doutrina e da autoridade do grande pontífice. Os 500 bispos que o Imperador convocara, para resolverem sobre a questão do monofisismo, limitaram-se a ler a carta papal, exclamando ao mesmo tempo: «Roma falou por meio de Leão, a causa está decidida; causa finita est». Do livro SANTOS DE CADA DIA, de www.jesuitas.pt. Ver também www.es.catholic e www.santiebeati.it

ANDRÉ AVELINO, Santo

Sacerdote (1521-1608)

Andrs Avelino, Santo

Andrés Avelino, Santo

Muito popular em Roma e na Itália, é invocado de modo particular contra a morte repentina e a apoplexia. Nasceu em Castronovo em 1521, formou-se em direito e foi ordenado sacerdote em Nápoles. A seguir, passou a advogar nos tribunais eclesiásticos. Uma pequena mentira, em que deslizou, causou-lhe tanto remorso que, renunciando para sempre à profissão de advogado, resolveu dedicar-se exclusivamente à conversão das almas. Confiaram-lhe a reforma duma comunidade de religiosas, e conseguiu-o plenamente. Na mesma ocasião, teve a infelicidade de atrair sobre si a vingança dum libertino que tentou assassiná-lo. Ferido e com o rosto desfigurado, André conseguiu que o vice-rei perdoasse ao agressor que, pouco depois, foi morto por um marido ultrajado. Santo André Avelino entrou para a Ordem dos Teatinos em 1556; nela exerceu durante dez anos cargo de Mestre de Noviços, fundou casas dessa Ordem em Placença (ou Piazenza) e Milão; recusou um bispado que lhe ofereceu Gregório XIV, e regressou a Nápoles, onde as suas virtudes, pregações e milagres lhe suscitaram a admiração geral. Foi amigo de S. Carlos Borromeo, converteu numerosas pecadoras públicas, foi diretor espiritual de várias pessoas de categoria e contou entre os seus discípulos Scúpoli, o célebre autor do Combate espiritual. Ele próprio escreveu muito sobre assunto de ascetismo e edificação. Foi acometido dum ataque de apoplexia aos pés do altar, quando recitava as primeiras orações da missa, e morreu algumas horas mais tarde, depois de ter lutado, como aliás tinha predito, até aos últimos momentos, com o demónio. Faleceu em 10 de Novembro de 1608. Do livro SANTOS DE CADA DIA, de www.jesuitas.pt. Ver também www.es.catholic. e www.santiebeati.it

NATALENA ou LENA, Santa

Século XVI

Era já venerada em Pamiers, na França, no tempo das cruzadas. O santuário onde ela então era invocada foi destruído durante as guerras da religião (século XVI). Era filha, diz a lenda, de Frédelas, rei de Pamiers, que, ao nascer ela, furioso por não ser antes um rapaz, mandou à parteira que a fosse deitar num ribeiro. Esta levou-a à senhora dum castelo que a educou na piedade e, ao morrer, lhe legou os seus bens. Lena pôs-se a gastá-los em esmolas e boas obras. Mas, quando Frédelas veio a saber que a bela jovem, que distribuía tantos benefícios, era a sua filha salva das águas, a fera, que ele continuava a ser, mandou-lhe cortar a cabeça. Do livro SANTOS DE CADA DIA, de www.jesuitas.pt

 

 

77090 > Beato Acisclo Pina Piazuelo Martire 10 novembre MR

Em Barcelona, cidade de Espanha, beato Acisclo Pina Piazuelo, religioso da Ordem de São João de Deus e mártir, que durante a furiosa perseguição foi assassinado por ódio à religião (1936).

• Baudolino de Alessandria, Santo

Ermitaño,

Baudolino de Alessandria, Santo

Baudolino de Alessandria, Santo

Martirologio Romano: Na aldeia de Foro, no Piemonte (Itália), santo Baudelino, ermitão (s. VIII). Nascido na nobreza, doou toda sua fortuna aos pobres e viveu como um ermitão numa cabana nas margens do rio Tanaro. Deus lhe outorgou os dons da profecia e da clarividência; animais selvagens se acostumaram a ir a sua choça para o ouvir falar de Deus. Uma lenda, conta que pelo ano 1174 um camponês logo após pedir ajuda ao protetor da cidade, alimentou a uma vaca com o último grão que restava e levou-a para fora das muralhas até encontrar o exército inimigo. As forças imperiais o capturaram e a vaca foi sacrificada para ser cozinhada. Quando os imperiais encontraram o estômago da vaca cheio de grão, perguntaram a Gagliaudo o motivo de alimentar ao animal com tão cobiçado alimento. Respondeu que se havia visto forçado a fazê-lo, já que havia tanto cereal acumulado, que não havia mais sitio onde o guardar na cidade. O Imperador, temendo que o assédio se prolongasse demasiado, o deu por terminado, e a cidade se salvou. Muitas histórias giram em torno a ele, algumas delas indicam que foi nomeado bispo. Morreu por causas naturais no ano 740

90409 > Santo Demetriano di Antiochia Vescovo 10 novembre MR

Na Pérsia, trânsito de santo Demetriano, bispo de Antioquia, deportado ao desterro pelo rei Sapor I (c. 260).

• Justo de Canterbury, Santo

bispo,

Justo de Canterbury, Santa

Justo de Canterbury, Santa

Martirologio Romano: Em Canterbury, Inglaterra, santo Justo, bispo, enviado a esta ilha pelo papa são Gregório I Magno juntamente com outros monges, para ajudar a santo Agostinho na evangelização de Inglaterra, aceitando mais tarde o episcopado desta sede (627). Etimologia: Justo = Aquele que é justo, honrado, integro e probo, é de origem latino Santo Justo formava parte do grupo de missionários que o Papa São Gregório Magno enviou no ano 601 a ajudar a Santo Agostinho em Inglaterra. Dados seus méritos, três anos depois Santo Agostinho o consagrou primeiro bispo de Rochester. O rei Etelberto construiu ali uma igreja dedicada a Santo André, porque os missionários romanos vinham da igreja de Santo André de la Colina Coeli. Quando São Lourenço sucedeu a Santo Agostinho na sede de Canterbury, Santo Justo escreveu junto com ele e com São Militão de Londres uma carta aos bispos e abades irlandeses, convidando-os a adoptar certos costumes romanos. Os mesmos santos escreveram outra semelhante aos britânicos cristãos. A propósito desta última, disse ironicamente Beda: "Todavia pode ver-se o que na realidade conseguiram com isso". No ano 616, depois da morte do rei Etelberto, se desatou uma reação dos pagãos em Kent e entre os saxões do este. Vendo isso, São Lourenço, Santo Justo e São Militão, decidiram retirar-se algum tempo, pois não podiam fazer nenhum bem enquanto que durasse a oposição dos príncipes pagãos. Santo Justo e São Militão partiram para a Gália. Um ano mais tarde, Santo Justo voltou a Inglaterra, já que São Lourenço, movido por uma aparição de São Pedro, havia conseguido converter o rei Edbaldo de Kent. Santo Justo foi eleito arcebispo de Canterbury no ano 624. O Papa Bonifácio V enviou-lhe o pálio, junto com uma carta em que lhe delegava o direito patriarcal de consagrar bispos para Inglaterra. Na dita carta, o Pontífice deixa ver a estima que professava a Santo Justo, pois fala da "perfeição a que há chegado a vossa obra", da promessa de Deus de estar com quem o serve fielmente ("sua misericórdia se há comprazido em manifestar particularmente em vosso ministério o cumprimento dessa promessa") e da "grande paciência" de Santo Justo. A carta conclui desta maneira: "Assim pois, irmão meu, deveis esforçar-vos por conservar com perfeita lealdade o que a Santa Sede os há confiado, em prenda do qual vos enviamos este símbolo de autoridade (quer dizer, o pálio) para que o leveis sobre os ombros... Que Deus vos guarde, queridíssimo irmão". Santo Justo morreu pouco depois. Antes de morrer, consagrou a São Paulino e o mandou acompanhar a Etelburga de Kent quando esta partiu para o norte a contrair matrimónio com o rei Edwino de Nortumbría, que era pagão. Como o faz notar Beda, essa aliança foi a ocasião para que o país abraçasse a fé". A diocese de Southwark celebra a festa de Santo Justo.

 

Santos Narsete, bispo, e José, mártires

Na Pérsia, santos mártires Narsete, bispo, ancião venerável, e José, discípulo seu, jovem, os quais, por não querer adorar ao sol como lhes mandava o rei Sapor II, foram degolados (343).

Santo Probo, bispo

Em Ravena, da província de Flaminia, santo Probo, bispo, a cujo nome o bispo santo Maximiano dedicou a célebre basílica Clasense (s. III/ IV).

 

San Demetriano, obispo
En Persia, tránsito de san Demetriano, obispo de Antioquía, deportado al destierro por el rey Sapor I (c. 260).

77090 > Beato Acisclo (Joaquin) Pina Piazuelo Religioso e martire 10 novembre MR

 
90559 > Sant' Adelelmo (o Adelino) di Seez Vescovo 10 novembre

35250 > Sant' Andrea Avellino Sacerdote 10 novembre MR

 
91332 > San Baudolino di Alessandria Eremita 10 novembre MR


95737 > Beata Biagia della Croce (Juana Pérez de Labeaga García) Vergine e martire 10 novembre

 
91003 > San Costantino (Costanzo) Cachai Martire 10 novembre


90409 > San Demetriano di Antiochia Vescovo 10 novembre MR


94148 > Sant' Elaeth Re inglese 10 novembre


95736 > Beata Emanuela del Sacro Cuore di Gesù (Manuela Arriola Uranga) Vergine e martire 10 novembre


90430 > San Giusto di Canterbury Vescovo 10 novembre MR

 
95498 > Beati Johannes Prassek, Hermann Lange e Eduard Muller Martiri di Lubecca 10 novembre


25000 > San Leone I, detto Magno Papa e dottore della Chiesa 10 novembre - Memoria MR

 
95738 > Beata Lucilla di Gesù (Lucía González García) Vergine e martire 10 novembre

 
95735 > Beate Martiri Spagnole Suore Ancelle Adoratrici del Ss. Sacramento e della Carità 10 novembre

Madre Emanuela del Sacro Cuore di Gesù (Manuela Arriola Uranga) e 22 compagne sono state beatificate il 28 ottobre 2007.

- Manuela del Sagrado Corazón (Manuela Arriola Uranga) - Blasa de María (Juana Pérez de Labeaga García) - Lucila María de Jesús (Lucía González García) - Rosaura de María (Rosa López Brochier) - Casta de Jesús (Teresa Vives y Missé) - Borja de Jesús (Mª Zenona Aranzábal Barrutia) - Luisa de la Eucaristía (Luisa Pérez Andriá) - María de la Presentación (María García Ferreiro) - Sulpicia del Buen Pastor (Dionisia Rodríguez de Anta) - Belarmina de Jesús (Belarmina Pérez Martínez) - Mª Dolores de la Santísima Trinidad (Mª Dolores Hernández Santorcuato) - Mª Dolores de Jesús Crucificdo (Mª Dolores Monzón Rosales) - Máxima de San José (Emilia Echeverría Fernández) - Prima de Jesús ( Mª Prima Ipiña Malzárraga) - Sinforosa de la Sagrada Familia (Sinforosa Díaz Fernández) - Purificación de María (Purificación Martínez Vera) - Josefa de Jesús (Josefa Boix Riera) - Herlinda (Aúrea González Fernández) - Ángeles (Mercedes Tuní Ustech) - Ruperta (Concepción Vázquez Áreas) - Felipa (Felipa Gutiérrez Garay) - Cecilia (Concepción Iglesias del Campo) - Magdalena (Magdalena Pérez)

 

 
77080 > San Narsete e Giuseppe Martiri in Persia 10 novembre MR

 
77100 > Santa Ninfa Martire 10 novembre


76850 > Sant' Oreste di Tiana in Cappadocia Martire 10 novembre MR

 
94714 > Sant' Osnat Vergine irlandese 10 novembre


90429 > San Probo di Ravenna Vescovo 10 novembre MR

 
76950 > San Tiberio Martire 10 novembre

0000000000000000000000000000000

===============================
==================================================
  • NOTA INFORMATIVA:
    Sites utilizados: Os textos completos são recolhidos através do livro SANTOS DE CADA DIA, de www.jesuitas.pt. em que também incluo imagens recolhidas através de http://es.catholic.net/santoral,; em seguida os textos deste mesmo site sem tradução e com imagens, e por último apenas os nomes e imagens de HTTP://santiebeati.it.
    Responsabilidade exclusiva de ANTÓNIO FONSECA
    http://bibliaonline.com.br/acf; http://es.catholic.net; http://santiebeati.it; http://jesuitas.pt
  • Sites utilizados: Primeiramente os textos completos são recolhidos através do livro SANTOS DE CADA DIA, de www.jesuitas.pt. Seguem-se depois http://es.catholic.net/santoral, são recolhidos os textos sem tradução e imagens, e por último (também sem tradução) os nomes e imagens de HTTP://santiebeati.it.
    NOTA INFORMATIVA: Sucede por vezes estarem repetidas ou as imagens ou os textos, em algumas biografias, motivadas pelo facto de inclusão das mesmas imagens (ou dos mesmos textos) nos sites consultados, pelo que até servirá para fazer comparações entre os textos em português e os outros – se assim o desejarem – os meus eventuais leitores.
    Responsabilidade exclusiva de ANTÓNIO FONSECA
  • 00000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000
    Localização geográfica da sede deste Blogue, no Porto
  • Viso---mapa_thumb_thumb_thumb_thumb_[2]
    http://confernciavicentinadesopaulo.blogspot.com
    ***************************************************************************************************************
    Responsabilidade exclusiva de ANTÓNIO FONSECA
    email: antoniofonseca40@gmail.com
    Obrigado. António Fonseca
    Sites utilizados: http://bibliaonline.com.br/acf; http://es.catholic.net; http://santiebeati.it; http://jesuitas.pt/
    WWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWW
    Porto, 10-11-2012 – 10,00 H
    ANTÓNIO FONSECA
    map-a3f333ae641e222222222222222222
    =============================================================================================================