OS MEUS DESEJOS PARA TODOS

RecadosOnline.com

segunda-feira, 8 de abril de 2013

Nº 1612-8 - Encontro diário com Deus - ANUNCIAÇÃO DO SENHOR - Segunda-feira - 8 de Abril de 2013


Nº 1612-8
Segunda-feira  -  8 de Abril de 2013
Do livro – Encontro diário com Deus - Editora Vozes – Petrópolis - http://www.vozes.com.br
Pensamento do Dia
Maria, Mãe de Jesus, sentiu se instrumento do amor de Deus ao conceber o Verbo em seu seio.

Milton Nascimento
_________________________________________________________

A Escrava do Senhor

Maria, fala-nos tu porque nós não sabemos falar de ti: 
fala, então, tu a nós.
Nós sentimos que o mistério da Anunciação está ligado ao da
Cruz
Um explica o outro.
Tu, que debaixo da Cruz vives a morte do teu Filho e o infinito amor do Pai pelo ser humano, concede-nos de poder compreender as misteriosas raízes desse amor, de poder penetrar no teu "sim" à vontade do Pai, de quem tudo nasceu, no qual tudo retorna, ao qual tudo se reconduz.





Cardeal Carlo Maria Martini
_______________________________________________________________________________
NOTA:
Este livro foi adquirido em 11-2-2013 por mim, e, apesar de:
Todos os direitos reservados.
Julgo não estar a utilizar abusivamente parte dos textos ali publicados, para os editar diariamente no meu blog.
Se, no entanto, a Editora entender que não os devo publicar, agradeço que me informem de imediato, através do meu endereço:

Nº 1614 - 2ª Página - O ANTIGO TESTAMENTO - JOSUÉ (10) - 8 de Abril de 2013




8 de Abril de 2013
Nº 1614 - 2ª Página
antoniofonseca1940@hotmail.com
2013

250px-12_staemme_israels_cs_thumb1_t

Distribuição das Tribos em ISRAEL

Nº 1614

»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»
Caros Amigos:
Ver por favor a edição de, 12 de Novembro, deste Blogue.

Resolvi simplesmente começar a editar o ANTIGO TESTAMENTO que é composto pelos seguintes livros:
– GÉNESIS, ÊXODO, LEVÍTICO, NÚMEROS, DEUTERONÓMIO, constantes do PENTATEUCO  (Estes já estão…)
– Faltam apenas 885 páginas…(mais ou menos) - Sejamos optimistas.
JOSUÉ, JUÍZES, RUTE, 1º E 2º de SAMUEL, 1º e 2º Reis, (2) CRÓNICAS (paralipómenos), ESDRAS, NEEMIAS, TOBIAS, JUDITE, ESTER, 1º E 2. MACABEUS (Livros históricos); JOB, SALMOS, PROVÉRBIOS, ECLESIASTES, CÂNTICO DOS CÂNTICOS, SABEDORIA, ECLESIÁSTICO (Livros Sapienciais ); ISAÍAS, JEREMIAS, JEREMIAS – Lamentações, BARUC, EZEQUIEL, DANIEL, OSEIAS, JOEL, AMÓS, ABDIAS, JONAS, MIQUEIAS, NAUM, HABACUC, SOFONIAS, AGEU, ZACARIAS e MALAQUIAS (Profetas).
– SÃO APENAS POUCO MAIS DE 40 LIVROS = 1260 PÁGINAS … (coisa pouca…)
Poderei porventura dar conta do recado? Se calhar, não!
Só Deus o sabe e decerto providenciará o que lhe aprouver!
SEI: que é uma tarefa ciclópica, impossível., etc., para os meus 73 anos (*) . Desconheço se conseguirei executar esta tarefa e sei os limites que poderão antepor-se-me, mas CREIO EM DEUS TODO-PODEROSO que não me desamparará em ocasião alguma.
Com Fé e perseverança tudo se consegue e portanto irei até onde Deus me permitir, rezando todos os dias para que eu possa Evangelizar com os meios que tenho à disposição, durante o tempo que Deus Nosso Senhor Jesus Cristo entender.
Se o conseguir, darei muitas Graças a Deus
»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»

Como afirmei inicialmente, Envolvi-me nesta tarefa, pois considero ser um trabalho interessante, pois servirá para que vivamos mais intensamente a Vida de Jesus Cristo que se encontra sempre presente na nossa existência, mas em que poucos de nós (eu, inclusive) tomam verdadeira consciência da sua existência e apenas nos recordamos quando ouvimos essas palavras na celebração dominical e SOMENTE quando estamos muito atentos, – o que se calhar, é raro, porque não acontecendo assim, não fazemos a mínima ideia do que estamos ali a ouvir e daí, o desconhecimento da maior parte dos cristãos do que se deve fazer para seguir o caminho até Ele.
Como Jesus Cristo disse, aos Apóstolos, no dia da sua Ascensão ao Céu:
IDE POR TODO O MUNDO E ENSINAI TODOS OS POVOS”.

É apenas isto que eu estou tentando fazer. AF.
+++++++++++++++++++++++

Nº 1614 - 2ª Página

8 de Abril de 2013

ANTIGO TESTAMENTO

JOSUÉ
400px-1759_map_Holy_Land_and_12_Trib[2]

Mapa antigo de Israel

 

JOSUÉ

 

Conquista da Terra da Promissão


10  -  A BATALHA DE GABAON – Adonisec, rei de Jerusalém, ao saber que Josué se tinha apoderado e Hai e a tinha destruído -  como fizera com Jericó e ao seu rei, assim fez com Hai e ao seu rei, e ao saber que os gabaonitas tinham feito paz com Israel e habitavam com ele, teve um grande medo. Gabaon, era, com efeito, uma grande cidade, uma cidade real, muito maior que Hai, e todos os seus homens eram valorosos. Adonisec, rei de Jerusalém, mandou dizer a Oan, rei de Hebron, a Faran, rei de Jerimot, a Jafia, rei de Láquis e a Dabir, rei e Eglon: «Vinde comigo e ajudai-me a combater Gabaon, porque ele fez paz com Josué e os israelitas». Unidos assim os cinco Reis dos amorreus, o rei de Jerusalém, o rei de Hebron, o rei de Jerimot, o rei de Láquis e o rei de Eglon, saíram com todos os seus exércitos e acamparam perto de Gabaon, sitiando-a. Os habitantes de Gabaon mandaram dizer a Josué, que estava acampado em Gálgala: «Não abandones os teus servos: sobe e vem em nosso socorro sem demora, e liberta-nos, porque todos os Reis dos amorreus que habitam na montanha se coligaram contra nós». Josué subiu de Gálgala com todos os seus valentes guerreiros. O Senhor disse-lhe: «Não os temas, porque os entregarei em tuas mãos: nenhum deles te poderá resistir». Josué, tendo passado toda a noite a subir desde Gálgala, caiu, de improviso, sobre eles. O Senhor espalhou no meio deles o terror diante de Israel, e este infligiu-lhes pesada derrota, junto de Gabaon, e perseguiu-os pelo caminho que sobe para Bet-Horan, batendo-os até Azeca e Maceda (Sl 17, 15; Is 28, 21; Jer 34, 7). Enquanto eles fugiam diante dos filhos de Israel na descida de Bet-Horan, o Senhor fez desabar sobre eles uma tempestade de granizo até Azeca; e foram mais numerosos os que morreram sob esta chuva de pedras do que os que pereceram às mãos dos filhos de Israel. No dia em que o Senhor entregou os amorreus nas mãos dos filhos de Israel, Josué falou ao Senhor e disse na presença dos israelitas; «Sol, detém-te sobre Gabaon, e tu, ó lua, pára sobre o vale de Ajalon». E o sol deteve-se e a lua parou até que o povo se vingou de seus inimigos. Não está isto escrito no LIVRO DO JUSTO? O sol parou no meio do céu e não se apressou a pôr-se pelo espaço de quase um dia inteiro (Ecli 46, 5). Nem antes nem depois, houve um dia tão longo como aquele em que o Senhor obedeceu à voz de um homem, porque o Senhor combatia por Israel. Depois disto Josué com toda a sua tropa voltou para o acampamento de Gálgala (Is 38, 8). Os cinco reis fugiram e esconderam-se na caverna de Maceda. E noticiaram-no a Josué: «Foram encontrados os cinco reis escondidos na caverna de Maceda». Josué respondeu  «Rolai grandes pedras para a entrada da caverna, e ponde homens junto dela para que a guardem. Vós, porém, não vos detenhais, mas continuai a perseguir os vossos inimigos; não os deixeis entrar nas suas cidades, porque o Senhor, vosso Deus,os entregou nas nossas mãos». Quando Josué e os israelitas os derrotaram e massacraram até ao extermínio, e se refugiaram nas cidades fortes os poucos que escaparam vivos, então todo o povo voltou tranquilamente para o acampamento, junto de Josué, em Maceda, e ninguém mais se atreveu a abrir a boca contra os filhos de Israel. Depois, Josué disse: «Abri a entrada da caverna e trazei-me os cinco reis que lá se encontram». Assim o fizeram, levando os cinco reis que tiraram da caverna, o rei de Jerusalém, o rei de Hebron, o rei de Jerimot, o rei e de Láquis e o rei de Eglon. Uma vez diante de Josué, chamou este todos os homens de Israel e disse aos chefes dos homens de guerra que o tinham acompanhado: «Aproximai-vos e ponde o pé sobre o pescoço destes reis».Eles aproximaram-se e puseram o pé sobre o pescoço deles (Sl 109, 1; Is 51, 23; Bar 4, 25). Disse-lhes de novo: «Não tenhais medo nem tremais. Tende coragem e sede fortes! Porque é assim que fará o Senhor a todos os inimigos que haveis de combater». Dizendo isto, Josué e mandou que os matassem e suspendessem em cinco árvores, onde estiveram até à tarde. Ao pôr do sol, ordenou que os descessem das árvores  e os lançassem na caverna onde se tinham refugiado. Puseram à entrada grandes pedras, que ainda hoje ali se encontram.

Submissão das terras do sul  -  Naquele dia apoderou-se Josué de Maceda, e destruiu a com o seu rei e tudo o que nela vivia; votou ao anátema a cidade e tudo o que nela vivia, sem poupar ninguém. E fez ao rei de Maceda como tinha feito ao rei de Jericó. A seguir passou Josué com todo o Israel de Maceda a Libna, e atacaram-na. O Senhor entregou-a com o seu rei nas mãos de Israel, o qual a passou ao fio de espada com tudo o  que nela havia, não deixando escapar ninguém. Fez ao seu rei com o tinha feito ao rei de Jericó. De Libna passou Josué com todo o Israel a Láquis, onde levantou o seu acampamento, sitiando-a. O Senhor entregou-lha e Israel apoderou-se dela no segundo dia, passando-a ao fio da espada com tudo o que nela vivia como tinha feito a Libna. Ora, Horam, rei de Gaser, veio em socorro de Láquis, e Josué derrotou-o a ele e ao seu povo, sem escapar ninguém. Josué e todo o seu povo, passaram de Láquis a Eglon; ergueram ali o seu acampamento, e atacaram-na. Nesse mesmo dia a tomaram e passaram ao fio da espada, votando o anátema a e  todo o ser vivo, com o tinham feito a Láquis. Subiu em seguida com todo o Israel de Eglon a Hebron, e atacaram a cidade. Tomaram Hebron e passaram ao fio da espada a cidade com o seu rei, seus arrabaldes e tudo o que nela vivia  sem escapar ninguém. como tinham feito a Eglon. A cidade foi votada ao anátema com todo o ser vivo. Dali Josué com todo o Israel, voltou-se contra Dabir e atacou-a. Apoderou se dela, juntamente com o seu rei, passou-os ao fio da espada  e votou ao anátema todo o ser vivo que  nela havia, sem escapar ninguém. Fez a Dabir e ao seu rei como tinha feito a Hebron e a Libna com  os seus reis. Josué feriu toda a terra: a montanha, o Negeb, a planície, as colinas com todos os seus reis, sem poupar ninguém, votando ao anátema tudo o que respirava, segundo a ordem do Senhor, Deus de Israel. Feriu-os Josué desde Cades-Barne até Gaza, e toda a terra de Gosen até Gabaon. Josué apoderou-se, de uma só vez, desse país e de seus reis, porque o Senhor, Deus de Israel, combatia por ele. Depois Josué e todo o Israel regressaram ao acampamento, em Gálgala.




Tbuas-da-Lei---Moiss_thumb_thumb_thu[2] 
Os Dez Mandamentos

Inicia-se hoje  -  (30-Março-2013) a descrição do texto de JOSUÉ,

que decorre com a Conquista da Terra de Promissão

 

Textos do Livro “JOSUÉ” do ANTIGO TESTAMENTO

0000000000000000000000000000000000000000000000000000000

8 de ABRIL de 2013 – 10.15 h
ANTÓNIO FONSECA
7map-1195aeac0b2f22222222222222222[2],

http://es.catholic.net; http://santiebeati.it; http://jesuitas.pt; http://bibliaonline.com.br/acf
000000000000000000000000000000
+++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++

Nº 1614 - (98-13) – 1ª Página - SANTOS DE CADA DIA - Segunda-feira - 8 de Abril de 2013




Ver Notas no final

Nº 1614  -  (98-13)  – 1ª Página

Segunda-feira  -  8 de Abril de 2013

ImageProxyCAHML22Y_thumb1_thumb_thum


Nº 1613-1 - (97-13)





Imagem3189_thumb1_thumb_thumb_thumb_[1]IAmPosters_thumb122222222222222



»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»





E U  S O U



AQUELE  QUE  SOU

»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»«««««««««««««««««««««««««««««««««


Nº 1614-1 - (98-13)


##################################### #####################################

DIONÍSIOSanto
Bispo  (180)


O martirológio romano dizia neste dia: «Em Corinto, o bem-aventurado Dionísio, bispo, que - devido à ciência e à graça de que foi dotado para anunciar a palavra de Deus - ilustrou o povo não somente da sua cidade e província, mas com as suas cartas ensinou também aos bispos doutras cidades e províncias. Tinha tanto respeito aos Romanos Pontífices, que nos domingos mandava ler publicamente na Igreja as suas cartas. Floresceu no tempo dos imperadores Marco Antonino e Lúcio Aurélio Cómodo".
Há vários Dionísios ilustres na primitiva Igreja. Este, cuja festa celebramos hoje, é um dos mais notáveis prelados do século II. Foi sagrado bispo no ano de 170. Teve zelo que abarcou toda a Igreja, como provam os fragmentos das suas cartas, conservados por Eusébio.
No século IV conheciam-se dele sete cartas católicas, ou seja, dirigidas a todas as Igrejas, e outra à irmã Cristófora. Uma foi dirigida aos Lacedemónios, outras aos Atenienses, aos de Nicomédia, aos de Gortina e comunidades de Creta, aos cristãos de Cnossos, aos do Ponto e por fim às comunidades de Roma.
Estas cartas de São Dionísio provam a união e comunhão mútua que existia no século II entre os cristãos do Oriente e do Ocidente. A carta aos Romanos, cujo fragmento se tornou célebre na história, é resposta a outra do Papa Sotero à cristandade de Corinto. São Dionísio fala-nos nela da caridade que têm os Romanos com os fiéis doutras comunidades, como já antes tinha reconhecido São Paulo: «Tendes o costume e tradição, que vem do princípio mesmo do Cristianismo, de ajudar com toda a espécie de socorros inúmeras Igrejas espalhadas por cada uma das cidades. Aliviais a indigência de muitíssimos  e em especial dos irmãos condenados às minas, fornecendo-lhes o necessário. Sois, ó romanos, a providência de  todos os indigentes, por tradição que vem dos vossos primeiros pais, e que presentemente o vosso bem-aventurado bispo Sotero não só mantém mais viva, fornecendo amplamente recursos aos santos e socorrendo os que chegam aí de longe, com dinheiro e com santas exortações de sábio e carinhoso pai".
Nesta mesma carta aos romanos conta-nos como era celebrada naqueles tempos a festa de domingo: "Hoje celebramos o santo dia de domingo. E nele lemos a vossa carta (a do Papa Sotero), que não deixaremos de ler nunca, do mesmo modo que aquela primeira que nos escreveu Clemente, na qual temos sábios e abundantes preceitos".
A união entre Romanos e Coríntios deve inspirar-se na existente entre os Apóstolos Pedro e Paulo. Ambos estiveram em Corinto e lançaram aí semente do Evangelho, escreve São Dionísio. Em seguida foram os dois a Itália, para evangelizar os Romanos, e morreram mártires em Roma pelo mesmo tempo.
Os gregos honram São Dionísio como mártir a 23 de Novembro, mas parece que morreu tranquilamente, em santa paz, pelo ano de 180.


GUALTER, Abade, Santo
(1099)

Este santo francês, a primeira coisa que realizou ao chegar à abadia de Rebais para lá começar o noviciado, foi dar a chave do portão dos terrenos a um campónio que definhava no cárcere monástico e pedia que o libertassem. E defendeu-se do que fizera alegando o Evangelho: "Dá a todo aquele que te pede" (Lc 6, 30). Não era capaz de recusar nada. Do mesmo modo, doze anos mais tarde seguiu sem objectar os monges de São Martinho de Pontoise, que o tinham eleito abade. Depressa se fez amar: mas não se sentiu menos depressa incapaz de ocupar o primeiro lugar, quando o Evangelho recomenda que se tome o "último" (Lc 14, 10). Por isso, aproveitando uma noite sem lua, saiu às escondidas de Pontoise e foi-se refugiar em Cluny (por 1072).
Aqui viveu com nome falso entre os 900 monges que lá se encontravam  até ao dia em que os seus filhos órfãos descobriram onde estava escondido; sem que ele se opusesse, puderam-no reconduzir alegremente a Pontoise. Só lá esteve algumas semanas, pois fugiu de novo para uma ilhota do Rio Loire. Mas um peregrino, que lhe tinha descoberto a identidade e a tornou conhecida aos religiosos de São Martinho, pôs termo para ele à vida de ermitão. Os seus religiosos voltaram e Gualter deixou que o reconduzissem uma vez mais a casa.
A única coisa que lhe faltava era recorrer ao Papa. E partiu para Roma, esperando obter de Gregório VII, uma vez devidamente informado da sua indignidade, que lhe aceitasse a demissão. Mas o Papa não se deixou persuadir; deu ao santo homem uma especial bênção e recambiou-o para o lugar donde viera, proibindo-o daí por diante abandonar o seu posto. Aí morreu em 1099.


Rainha
Foi mãe de Santa Isabel, rainha de Portugal  Viveu de 1247 até 8 de Abril de 1300. Dante coloca-a no Paraíso da sua Divina Comédia. Chama-lhe "boa Constança"

TERESA MARGARIDA DO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS, Beata
Virgem (1747-1770)

Ana Maria, da ilustre família  dos Rèdi, nasceu em Arezzo, Itália, a 15 de Julho de 1747. Foi educada no convento de Santa Apolina de Florença, entrou aos dezoito anos no das Carmelitas Descalças de Santa Teresa na mesma cidade, e recebeu o nome de Teresa Margarida do Sagrado Coração de Jesus. Nele fez os votos e os observou com admirável fidelidade. A acta da beatificação chama-lhe "Jovem Flor do Carmelo" a imitar a brancura das açucenas. Morreu em odor de santidade, a 7 de Abril de 1770, não tendo ainda completado vinte e três anos.
A causa foi introduzida em 1807; mas sofreu bastantes delongas, não tendo sido reconhecida a heroicidade antes de 1839. Finalmente, depois do exame de dois milagres  o papa Pio XI beatificou-a solenemente a 8 de Junho de 1929.



Foi o primogénito de onze filhos do casal Simão Iturrate e Marta Zubero, agricultores abastados. Veio ao mundo na região Vasca de Dima, diocese de Bilbao, a 11 de Maio de 1901.
Educado cristãmente, desde cedo deu mostras de criança dócil e modesta que a todos encantava. O tempo
que lhe sobrava dos estudos, empregava-o em ajudar nos exercícios de piedade na igreja paroquial. Cursou as primeiras letras em duas escolas públicas de Dima e, no Verão, em outras particulares.
Obedecendo à voz de Deus, que o chamava à vida sacerdotal, no dia 30 de Setembro de 1914 entrou no colégio para postulantes da Ordem da Santíssima Trindade, na povoação de Algorta. Por falta de saúde, foi mandado para casa, mas uma vez restabelecido, regressou ao colégio, onde se distinguiu pela diligência nos estudos, humildade, observância disciplinar e fervor de espírito.
Foi admitido ao noviciado no dia 11 de Dezembro de 1917, no convento de Bien Aparecida de Marrón, na diocese de Santander  Feitos os votos simples a 14 de Dezembro de 1918, no ano seguinte é enviado para Roma a fim de cursar Filosofia e Teologia na Pontifícia Universidade Gregoriana. Em 1926 logrou com louvor a láurea doutoral.
Durante os estudos na cidade eterna, foi notório o seu espírito de oração, modéstia angelical, fiel observância das Regras, trato afável com todos. Estava sempre pronto para ajudar os que a ele acudiam. Animava-o um tal espírito de penitência e mortificação para os Superiores, repetidas vezes  tiveram de lhe ir à mão.
Foi devotissimo da Santíssima Virgem, da Santíssima Trindade e do Santíssimo Sacramento.
Como ansiava atingir uma grande santidade, obrigou-se por voto a fazer sempre aquilo que julgasse ser mais perfeito diante de Deus.
Finalmente, no dia 9 de Agosto de 1925 recebeu a graça  que tanto desejava, de ser ordenado sacerdote  Ardendo em desejos de salvar almas e de promover a glória da Santíssima Trindade, pediu para ir para as missões, o que lhe não foi concedido pelos Superiores  que o destinaram a professor de filosofia e teologia  funções que também não chegou a exercer, pois atacado pela terrível doença da tuberculose, teve de  regressar a Espanha, onde veio a falecer santamente no dia 8 de Abril de 1927.
A sua fama de santidade  era tão grande que, a 22 de Setembro de 1928, se deu início ao processo de beatificação, vindo ele a atingir as honras dos altares no dia 30 de Setembro de 1983.
AAS 50 (1958) 544-6; 73 (1981) 133-6; 76 (1984) 700-3.

00000000000000000000000000000000000000000000000
=======================================

  • Nossa Senhora de Fátima, pediu aos Pastorinhos:
  • “REZEM O TERÇO TODOS OS DIAS"



  • aos-ps-de-mARIA22222222222222
  • /////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////
  • NOTA:
  • Como decerto hão-de ter reparado, são visíveis algumas mudanças na apresentação deste blogue (que vão continuar… embora não pretenda eu que seja um modelo a seguir, mas sim apenas a descrição melhorada daquilo que eu for pensando dia a dia para tentar modificar para melhor, este blogue). Não tenho a pretensão de ser um “Fautor de ideias” nem sequer penso ser melhor do que outras pessoas. Mas acho que não fica mal, cada um de nós, dar um pouco de si, todos os dias, para tentar deixar o mundo um pouco melhor do que o encontramos, quando nascemos e começamos depois a tomar consciência do que nos rodeia. No fim de contas, como todos sabemos, esta vida é uma passagem, e se Deus nos entregou o talento para o fazer frutificar e não para o guardar ou desbaratar, a forma que encontrei no “talento” de que usufruo, é tentar fazer o melhor que posso, aliás conforme diz o Evangelho.


    A PARTIR DE HOJE AS PÁGINAS SERÃO NUMERADAS PELA ORDEM ABAIXO INDICADA: 

    Pág. 1 – Vidas de SantosPág. 2 – O Antigo Testamento; e Pág. 3 – ENCONTRO DIÁRIO COM DEUS - Além disso, semanalmente (ao Domingo e alguns dias santificados – quando for caso disso –) a Pág. 4 – A Religião de Jesus; e a Pág. 5 - Salmos) e, ainda, ao sábado, a Pág. 6 – In Memoriam.
  • Para terminar, APELO NOVAMENTE  aos meus eventuais leitores se manifestem, sobre o merecimento OU NÃO deste Blogue ou dos textos que venho colocando diariamente bastando para tal marcar o quadrado que entendam, que segue sempre abaixo de cada publicação, como aliás eu faço, relativamente aos blogues que vou vendo sempre que me é possível, com o que ficaria muito grato.

     António Fonseca

    0000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000


  • 00000000000000000000000000000000000000000000000000000000

    Localização geográfica da sede deste Blogue, no Porto
    Viso---mapa22222222222222
    http://confernciavicentinadesopaulo.blogspot.com
    ===================================
    0000000000000000000000000000000000000000000000
    $$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$


    «««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»


  • Meus endereços:


  • Nome do blogue: SÃO PAULO (e Vidas de Santos)
  • Email do blogue: antoniofonseca40@gmail.com
  • Endereço de Youtube: antonio0491@youtube.com
  • António Fonseca