OS MEUS DESEJOS PARA TODOS

Imagens e Frases de Natal Religioso

domingo, 23 de junho de 2013

Nº 1691-4 - A RELIGIÃO DE JESUS - 12º DOMINGO DO TEMPO COMUM - 23 de Junho de 2013


Nº 1691-4
Do livro A Religião de Jesus, de José Mª Castillo – Comentário ao Evangelho do dia – Ciclo A (2010-2011) – Edição de Desclée De Brouwer – Henao, 6 – 48009 Bilbao – www.edesclee.com – info@edesclee.comtradução de espanhol para português, por António Fonseca
Estrela O texto dos Evangelhos, que inicialmente estavam a ser transcritos e traduzidos de espanhol para português, diretamente através do livro acima citado, são agora copiados mediante a 12ª edição do Novo Testamento, da Difusora Bíblica dos Missionários Capuchinhos, (de 1982, salvo erro..). No que se refere às Notas de Comentários continuam a ser traduzidas como anteriormente.AF.
23 de Junho de 2013

DOMINGO - 12º do Tempo Comum


Lc 9, 18-24
A fé de Pedro - Um dia, quando orava em particular, estando com Ele apenas os discípulos  perguntou-lhes: «Quem dizem as multidões que Eu Sou?» Responderam-Lhe. «João Baptista; outros, Elias; outros, um dos antigos profetas ressuscitado». Disse-lhes Ele: «E vós quem dizeis que Eu Sou Pedro tomou a palavra e respondeu: «O Messias de Deus».
Primeiro anúncio da Paixão  -  Ele, proibiu-lhes, formalmente de o dizerem fosse a quem fosse, e acrescentou: «O Filho do Homem tem de sofrer muito ser rejeitado pelos anciãos, pelos príncipes dos sacerdotes e pelos escribas, tem de ser morto e, ao terceiro dia, ressuscitar».
Condições para seguir a Jesus - Dirigindo-Se depois a todos, disse: «Se alguém quer vir após Mim, negue-se se a si mesmo, tome a sua cruz, dia após dia, e siga-Me. Pois quem quiser salvar a sua vida, perdê-la-á, mas quem perder A Sua vida por Minha causa, salvá-la-á. Que aproveita ao homem ganhar o mundo inteiro  perdendo-se ou condenando-se a si mesmo? Porqiue, se alguém se envergonhar de Mim e das minhas palavras, dele se envergonhará o Filho do Homem quando vier na Sua glória e na do Pai e dos santos anjos».


1 –  A oração pessoal de Jesus,  sua intensa espiritualidade,  não o motiva para se isolar das pessoas e do que se pensa d'Ele. Pelo contrário.  Porque a sua espiritualidade era tão profunda, ele quer saber o que as pessoas pensam da sua vida e da sua pessoa. Uma espiritualidade que bloqueia o individuo e o encerra em si próprio, desentendendo-se do que dele se pensa ou se diz, não é a espiritualidade de Jesus.


2  Jesus pergunta aos DozePedro responde em nome deles. Quer dizer, Pedro actua como porta-voz do "colégio apostólico", e confessa, não a divindade de Jesus, mas sim o seu messianismo, quer dizer, sua condição de Salvador, o  homem que traz a salvação e esperança a quem busca na vida um sentido, um futuro. Coisa que é fundamental para todo o ser humano, que procura uma resposta aos anseios mais profundos do ser humano.

3 – Jesus reconhece e aceita a confissão dos apóstolos, tal como Pedro,  em nome do grupo, o acaba de formular. Mas Jesus não quer popularidade, mas sim silêncio. E sobretudo, Jesus anuncia sem rodeios, que o messianismo, tal como Ele o entende e o vive, termina no sofrimento, recusa e morte (J. A. Fitzmeyer). Mais ainda, Jesus declara que quem queira unir-se ao seu projecto, tem que aceitar seguir o mesmo destino que os judeus daquele tempo haviam visto tantas vezes na Palestina do primeiro século. O destino fatal dos que sofriam as consequências da brutalidade dos legionários romanos, que carregavam cruzes e assassinavam nela quem manifestava os seus protestos pelo sistema dominante e opressor que sofriam as pessoas humildes.

0000000000000000000000000000000000000000000000000000000
======================================================

Viso---mapa_thumb_thumb_thumb_thumb_[2]
http://confernciavicentinadesopaulo.blogspot.com/
Compilação (e tradução dos comentários) por António Fonseca
http://bibliaonline.com.br/acf;
NOTA FINAL:
Continuo a esclarecer que os comentários aos textos do Evangelho, aqui expressos, são de inteira responsabilidade do autor do livro A RELIGIÃO DE JESUS e, creio eu… apenas retratam a sua opinião – e não a minha ou de qualquer dos meus leitores, que eventualmente possam não estar de acordo com ela. Eu apenas me limito a traduzir de espanhol para português os Comentários.
NEM EU NEM NINGUÉM ESTÁ OBRIGADO A ESTAR DE ACORDO.
Mais uma nota ainda:
Estes são os meus endereços atuais:
Para contatos normais: antoniofonseca1940@hotmail.com
e sobre o blogue: - antoniofonseca40@gmail.com
Hiperligações normais que utilizo para textos insertos no blogue:
http://bibliaonline.com.br/acf; http://es.catholic.net; http://santiebeati.it; http://jesuitas.pt
Post para publicação em 16-6-2013 - 11H00
Até lá, se Deus quiser.
António Fonseca
photo

map-a3f333ae641e222222222222222222
Etiquetas Technorati: 
http://youtube.antonio0491; http://es.catholic.net; http://santiebeati.it; http://jesuitas.pt; http://bibliaonline.com.br/acf

Nº 1690-3 - ENCONTRO DIÁRIO COM DEUS - Domingo - 23 de Junho de 2013



Do livro – Encontro diário com Deus - Editora Vozes – Petrópolis - http://www.vozes.com. 


Nº 1690-3


Domingo - 23 de Junho de 2013



Pensamento do Dia

A única sabedoria que podemos esperar adquirir é a da humildade.


T. S. Elliot


_________________________________________________________


Eterno Deus Omnipotente, 
justo e misericordioso, 
concedei-nos praticar por vossa causa o que reconhecermos ser a vossa vontade e querermos sempre o que vos agrada.
Interiormente purificados,
iluminados e abrasados pelo fogo do Espírito Santo, 
possamos seguir as pegadas de Jesus Cristo, 
vosso Filho, 
e chegar até Vós, 
Deus, 
por toda a eternidade. 
Ámen.


São Francisco de Assis

______________________________________________________________________________


NOTA:
Este livro foi adquirido em 11-2-2013 por mim, e, apesar de:
Todos os direitos reservados.
Julgo não estar a utilizar abusivamente parte dos textos ali publicados, para os editar diariamente no meu blog.
Se, no entanto, a Editora entender que não os devo publicar, agradeço que me informem de imediato, através do meu endereço:



http://es.catholic.net; http://santiebeati.it; http://jesuitas.pt; http://bibliaonline.com.br/acf

Nº 1690 - 2ª Página - O ANTIGO TESTAMENTO - SAMUEL II - (8) - 23 de Junho de 2013

23 de Junho de 2013

Nº 1690 - 2ª Página
antoniofonseca1940@hotmail.com
2013

250px-12_staemme_israels_cs_thumb1_t
Distribuição das Tribos em ISRAEL

Nº 1690
»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»
Caros Amigos:
Ver por favor a edição de, 12 de Novembro de 2012, deste Blogue.

Resolvi simplesmente começar a editar o 
ANTIGO TESTAMENTO 
que é composto pelos seguintes livros:

GÉNESIS, ÊXODO, LEVÍTICO, NÚMEROS, DEUTERONÓMIO, constantes do PENTATEUCO, JOSUÉJUÍZES, RUTE,– (Estes já estão…)

Faltam apenas 875 páginas…(mais ou menos) - Sejamos optimistas.

  1º E 2º de SAMUEL, 1º e 2º Reis, (2) CRÓNICAS (paralipómenos), ESDRAS, NEEMIAS, TOBIAS, JUDITE, ESTER, 1º E 2. MACABEUS (Livros históricos); JOB, SALMOS, PROVÉRBIOS, ECLESIASTES, CÂNTICO DOS CÂNTICOS, SABEDORIA, ECLESIÁSTICO (Livros Sapienciais ); ISAÍAS, JEREMIAS, JEREMIAS – Lamentações, BARUC, EZEQUIEL, DANIEL, OSEIAS, JOEL, AMÓS, ABDIAS, JONAS, MIQUEIAS, NAUM, HABACUC, SOFONIAS, AGEU, ZACARIAS e MALAQUIAS (Profetas).

!!!SÃO APENAS POUCO MAIS DE 40 LIVROS = 1260 PÁGINAS …!!! (coisa pouca…)

Poderei porventura dar conta do recado? Se calhar, não! Só Deus o sabe e decerto providenciará o que lhe aprouver!
SEI: que é uma tarefa ciclópica, impossível., etc., para os meus 73 anos (*) .

Desconheço se conseguirei executar esta tarefa e sei os limites que poderão antepor-se-me, mas CREIO EM DEUS TODO-PODEROSO que não me desamparará em ocasião alguma. Com Fé e perseverança tudo se consegue e portanto irei até onde Deus me permitir, rezando todos os dias para que eu possa Evangelizar com os meios que tenho à disposição, durante o tempo que Deus Nosso Senhor Jesus Cristo entender.

Se o conseguir, darei muitas Graças a Deus

»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»

Como afirmei inicialmente, Envolvi-me nesta tarefa, pois considero ser um trabalho interessante, pois servirá para que vivamos mais intensamente a Vida de Jesus Cristo que se encontra sempre presente na nossa existência, mas em que poucos de nós (eu, inclusive) tomam verdadeira consciência da sua existência e apenas nos recordamos quando ouvimos essas palavras na celebração dominical e SOMENTE quando estamos muito atentos, – o que se calhar, é raro, porque não acontecendo assim, não fazemos a mínima ideia do que estamos ali a ouvir e daí, o desconhecimento da maior parte dos cristãos do que se deve fazer para seguir o caminho até Ele.
Como Jesus Cristo disse, aos Apóstolos, no dia da sua Ascensão ao Céu:

IDE POR TODO O MUNDO E ENSINAI TODOS OS POVOS”.

É apenas isto que eu estou tentando fazer. AF.

+++++++++++++++++++++++


Nº 1690 - 2ª Página

23 de Junho de 2013

ANTIGO TESTAMENTO

SAMUEL
400px-1759_map_Holy_Land_and_12_Trib[2]

Mapa antigo de Israel

2º Livro de SAMUEL



Rei David

(8)


8 - GUERRAS E TRIUNFOS DE DAVID Depois disto, David derrotou e humilhou os filisteus, tirando-lhes as rédeas do governo. Também derrotou os moabitas e deitando-os por terra mediu-os com numa corda: Duas medidas de corda para a morte, e uma para lhes salvar a vida. Os moabitas tornaram se súbditos de David e ficaram-lhe tributários. David derrotou igualmente Hadadezer, filho de Roob, rei de Soba, quando este marchou com o seu exército para estender os seu domínios até ao rio Eufrates. David tomou-lhe mil e setecentos cavaleiros e vinte mil soldados de infantaria e cortou os jarretes  de todos os cavalos dos seus carros, sem deixar mais que cem (Jos 11, 6,9). Os arameus de Damasco vieram em socorro de Hadadezer, mas foram feridos por David, que abateu vinte e dois mil deles. Depois disto, estabeleceu guarnições em Arão de Damasco, e os arameus tornaram-se súbditos  de David,  ficando-lhe tributários. Deste modo o Senhor fazia que David triunfasse em todas as expedições que fazia.
David tomou os escudos de ouro que pertenciam aos soldados  de Hadadezer e levou-os para Jerusalém.  De Bete e de Berot, cidades de Hadadezer, levou ainda bronze em grande quantidade.
Então, Toú, rei de Hamat, ouvindo dizer que David tinha desbaratado o exército de Hadadezer, enviou seu filho Adorão ao rei David afim e o saudar e felicitar pela vitória sobre Hadadezer, pois Hadadezer era inimigo  de Toú. Adorão levou a David muitos presentes em prata, ouro e bronze,  que o rei consagrou ao Senhor, juntamente com a prata e o ouro de todos os povos que subjugara.  Edom, Moab, os amonitas, os filisteus, Amalec, e ainda o espólio de Hadadezer, filho de Roob, rei de Soba.
Ao regressar da sua vitória sobre os arameus, David aumentou ainda mais o seu renome, vencendo dezoito mil edomitas no vale do Sal. Estabeleceu então governadores em Edom, e todos os edomitas ficaram a ser seus súbditos. Assim o Senhor fazia com que David triunfasse em todas as expedições que empreendia.
Reinava, pois, David sobre todo o Israel, e praticava toda a justiça e a equidade para com todo o seu povo. Joab, filho de Sarvia, comandava o exército e Josafat, filho de Ailud, era seu cronista.  Sadoc, filho de Aquitob e Aquimelec, filho de Abiatar, eram sacerdotes e Saraias era secretário (1 Par 18, 16; 1 Rs 4, 3). Banaias, filho de Jojada, capitaneava os cereteus e os feleteus. Os filhos de David eram sacerdotes.



*********************f*********

Estes são os textos do 2º Livro de “SAMUEL” do ANTIGO TESTAMENTO 


0000000000000000000000000000000000000000000000000000000


23 de JUNHO de 2013 – 10.15 h
ANTÓNIO FONSECA




7map-1195aeac0b2f22222222222222222[2]


http://es.catholic.net; http://santiebeati.it; http://jesuitas.pt; http://bibliaonline.com.br/acf
000000000000000000000000000000
++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++

Nº 1690 - (174-13) – 1ª Página - SANTOS DE CADA DIA - 23 DE JUNHO DE 2013 - 5º ANO



Nº 1690


23 DE JUNHO DE 2013



Ver Notas no final

e-mail: antoniofonseca1940@hotmail.com

Nº 1690 - (174-13) – 1ª Página

009

Nº 1690-1 - (174-13)

Imagem3189_thumb1_thumb_thumb_thumb_[1]IAmPosters_thumb122222222222222


»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»

E U   S O U



AQUELE   QUE   SOU

»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»««««««««««««««««««««««««««««««
*********************
##################################### #####################################




GALÉRIO, DOROTEU, DOROTEIA, 
GORGÓNIO e ÂNTIMO, 
entre muitos outros 
MÁRTIRES DA NICOMÉDIA
(303)
MÁRTIRES DA NICOMÉDIA
(303)
A notícia que lemos no martirológio deve-se ao Cardeal Barónio, que desejou recordar assim a lembrança dos cristãos sacrificados em Nicomédia (actual Ismid), no principio da grande perseguição de Diocleciano, em 303. Eis a narrativa que Eusébio nos deixou na sua História Eclesiástica:
«Logo que foi afixado em Nicomédia o edital contra as Igrejas, um homem, não desconhecido mas dos mais consideráveis entre os dignitários deste mundo, incitado pelo zelo da causa de Deus e levado por fé ardente, tirou e rasgou o exemplar colocado muito em vista, num local público; o que fez como a objecto ímpio, completamente digno de desprezo. Dois imperadores estavam presentes nesta mesma cidade, o mais antigo de todos (Diocleciano) e o que tinha o quarto lugar no poder abaixo dele (Galério). Esse cristão era a primeira personagem da gente do país, a qual se fez notar com o acto referido; e logo, como era natural, sofreu aquilo que pedia a sua audácia; mas conservou tal audácia, serenidade e calma, ate ao último suspiro».  «Acima de todos os que foram alguma vez célebres como dignos de admiração, e louvados pela coragem tanto entre os gregos como entre os bárbaros, a época presente colocou os divinos e gloriosos mártires que foram os servos imperiais, companheiros de Doroteu. Os seus senhores tinham-nos julgado dignos da mais alta distinção e tinham-lhes dedicado o afecto que dirigiam aos seus próprios filhos. Mas estes cristãos julgaram, como tesouro verdadeiramente maior do que a glória e o prazer do mundo, os opróbrios suportados pela religião, os sofrimentos e os géneros variados de morte inventados para eles. Não recordaremos senão, para um dentre eles, qual foi o termo da sua vida, e deixaremos imaginar assim o que aos outros aconteceu. Mandaram, na cidade acima citada (Nicomédia), comparecer um diante dos príncipes de que falámos, e ordenaram-lhe que sacrificasse; recusando-se ele, mandaram que fosse elevado no ar despido e, com azorragues, lhe fosse rasgado o corpo todo até que, vencido, se visse constrangido a fazer o que estava mandado. Sofrendo ele isto sem se mostrar abalado, puseram-se então a regar-lhe os ossos desarmados com vinagre misturado com sal, e derramaram a mistura nas partes do corpo pisadas; ele desprezou também estes sofrimentos; então foram trazidas uma grelha e fogo e, como se faz à carne destinada a ser comida, foi exposto à chama o que restava do seu corpo, não de maneira brutal, com medo que ele morresse rapidamente , mas de modo que fosse morrendo pouco a pouco. Os que tinham colocado na fornalha não tinham autorização de o soltar antes que ele, em seguida a tais sofrimentos, fizesse sinal de consentir naquilo que lhe era mandado. Ele manteve porém a sua resolução sem fraquejar no combate e, depois de vencidas estas torturas, entregou a alma. tal foi o martírio dum dos servos imperiais; era verdadeiramente digno deste nome; chamava-se Pedro. Os suplícios dos outros não foram menores; para evitar uma narração que lhes seja proporcionada, pô-los-emos de parte e diremos unicamente que Doroteia e Gorgónio, assim como bom número doutros da domesticidade imperial, depois de combates múltiplos, perderam a vida pela estrangulação e ganharam os prémios da divina vitória». «Nesta época, aquele que então presidia à Igreja de Nicomédia, Ântimo, por causa do testemunho que deu de Cristo, foi decapitado, e juntaram-lhe uma multidão numerosa de mártires. Surgiu, não sei como, um incêndio nos palácios imperiais de Nicomédia, nesses dias. Com uma desconfiança mentirosa, espalhou-se o boato de o terem acendido os nossos; então os cristãos do local, em massa e sem distinção foram, em obediência à ordem imperial, uns degolados pela espada, os outros mortos pelo fogo, e conta-se que, sob o impulso dum zelo divino e indizível, homens e mulheres se lançaram na fogueira; os algozes prenderam em barcos uma multidão doutros e precipitaram-nos nos abismos do mar. Os servos imperiais , depois de serem mortos, tinham sido confiados à terra com as honras convenientes; mas vieram depois desenterrá-los para os deitar ao mar. Aqueles que eram considerados como senhores, julgavam que era precisa tal coisas, com medo de que, se continuassem a repousar nos túmulos, houvesse gente que os viesse adorar e fossem tidos como deuses; assim pelo menos se pensava. Tais os acontecimentos verificados em Nicomédia, no começo da perseguição».  Do livro SANTOS DE CADA DIA – WWW.JESUITAS.PT


BENTO MENNI,  Santo
Fundador (1841-1914)
Padre Menni nasceu em Milão, Itália, a 11 de Março de 1841, mas boa parte da vida passou-a em Espanha, sempre dedicado à fundação de centros hospitalares. Aos 19 anos, Bento Menni entre na Ordem de S. João de Deus. Em 1866 recebeu em Roma a ordenação sacerdotal. E pouco depois, envia-o Pio IX a Espanha, para nela restaurar a sua Ordem. Contava ele então 26 anos. Inicia o seu trabalho apostólico em Barcelona, num ambiente social, político e religioso de conflitos que chegarão a custar-lhe não poucos sofrimentos e até o cárcere e a expulsão da cidade. Apesar dos mil e um embaraços e dificuldades a que teve de sujeitar-se, Bento Menni não recuou no bem nobre empenho de espalhar a caridade entre os doentes mais desprotegidos e mais necessitados. Toma parte na guerra carlista como enfermeiro da Cruz Vermelha; colabora na campanha contra a cólera, que nessa altura invade Madrid, Aragão e a Andaluzia; funda hospitais e reforma a assistência psiquiátrica, prestando às vítimas de enfermidades mentais uma atenção humana e sanitária bem acima do que então se estilava. Por último, o Padre Bento funda a Congregação das Irmãs Hospitaleiras do Sagrado Coração de Jesus, em 31 de Maio de 1881, em colaboração com duas mulheres insignes de Granada: Maria José Récio e Maria das Angústias Jiménez. Graças ao esforço dos três, a Congregação abre o primeiro centro hospitalar em 1881, nas cercanias de Madrid, em Ciempozuelos. Foi o primeiro passo na elaboração duma grande obra, que hoje conta com uns cem hospitais espalhados por 18 pauses. Em toda a parte se ocupa da assistência e tratamento de doentes mentais. A Congregação tem Província Portuguesa desde 1946. Presentemente, encontra-se na Europa, África e América. Tudo graças ao esforço e aos sacrifícios do «antecipado» da caridade, que foi Bento Menni. S. Bento Menni viria a falecer em França, em Dinan, a 24 de Abril de 1914, depois de ter pedido os últimos Sacramentos e ter passado quatro dias de agonia bem penosa e meritória. Foi beatificado em 1985 e canonizado, por João Paulo II, no dia 21 de Novembro de 1999.  Do livro SANTOS DE CADA DIA -  WWW.JESUITAS.PT.
Recolha, transcrição e tradução de espanhol para português por António Fonseca



=================================




  • Nossa Senhora de Fátima, pediu aos Pastorinhos
  • “REZEM O TERÇO TODOS OS DIAS”
  • aos-ps-de-mARIA22222222222222
  • /////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////
  • NOTA:

    Como decerto hão-de ter reparado, são visíveis algumas mudanças na apresentação deste blogue (que vão continuar… embora não pretenda eu que seja um modelo a seguir, mas sim apenas a descrição melhorada daquilo que eu for pensando dia a dia para tentar modificar para melhor, este blogue). Não tenho a pretensão de ser um “Fautor de ideias” nem sequer penso ser melhor do que outras pessoas. Mas acho que não fica mal, cada um de nós, dar um pouco de si, todos os dias, para tentar deixar o mundo um pouco melhor do que o encontramos, quando nascemos e começamos depois a tomar consciência do que nos rodeia. No fim de contas, como todos sabemos, esta vida é uma passagem, e se Deus nos entregou o talento para o fazer frutificar e não para o guardar ou desbaratar, a forma que encontrei no “talento” de que usufruo, é tentar fazer o melhor que posso, aliás conforme diz o Evangelho.
  • A PARTIR DE HOJE AS PÁGINAS SERÃO NUMERADAS PELA ORDEM ABAIXO INDICADA:
    Pág. 1 – Vidas de SantosPág. 2 – O Antigo Testamento; e Pág. 3 – ENCONTRO DIÁRIO COM DEUS - Além disso, semanalmente (ao Domingo e alguns dias santificados – quando for caso disso –) a Pág. 4 – A Religião de Jesus; e a Pág. 5 - Salmos) e, ainda, ao sábado, a Pág. 6 – In Memoriam.


  • 00000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000











  • 00000000000000000000000000000000000000000000000000000000
  • Localização geográfica da sede deste Blogue, no Porto
  • Viso---mapa_thumb_thumb_thumb_thumb_[2]
  • ===================================
  • 0000000000000000000000000000000000000000000000




  • $$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$
  • Nº 1691 - Salmos - XII DOMINGO DO TEMPO COMUM - 23 de Junho de 2013


    Nº 1691 - Salmos

    XII DOMINGO DO TEMPO COMUM


    ANO C

    23 de Junho de 2013

    Salmo 62 (63)

    Refrão

    A minha alma, tem sede Vós meu Deus;
    A minha alma, tem sede Vós meu Deus

    Salmo

    Senhor, sois o meu Deus: desde a aurora Vos procuro.
    A minha alma tem sede de Vós.
    Por Vós suspiro.
    como terra árida, sequiosa, sem água

    Refrão






    A minha alma, tem sede Vós meu Deus;
    A minha alma, tem sede Vós meu Deus






    Salmo

    Quero contemplar-Vos no santuário,
    para ver o vosso poder e a vossa glória.
    A vossa graça vale mais do que a vida;
    por isso, os meus  lábios hão-de cantar-Vos louvores


    Refrão






    A minha alma, tem sede Vós meu Deus;
    A minha alma, tem sede Vós meu Deus






    Salmo

    Assim Vos bendirei toda a minha vida
    e em vosso louvor levantarei as mãos.
    Serei saciado com saborosos manjares,
    e com vozes de júbilo Vos louvarei.


    Refrão






    A minha alma, tem sede Vós meu Deus;
    A minha alma, tem sede Vós meu Deus






    Salmo



    Porque Vos tornastes o meu refúgio,
    exulto à sombra das vossas asas.
    Unido a Vós estou, Senhor,
    a vossa mão me serve de amparo.



    Refrão






    A minha alma, tem sede Vós meu Deus;
    A minha alma, tem sede Vós meu Deus


    ACLAMAÇÃO DO EVANGELHO

    Refrão

    Aleluia, Aleluia

    As minhas ovelhas escutam a Minha voz, diz o Senhor;
    Eu conheço as minhas ovelhas e elas seguem-Me.


    Aleluia, Aleluia, Aleluia


    +++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++


    Post em 23-6-13 – 9,55 h
    ANTÓNIO FONSECA