OS MEUS DESEJOS PARA TODOS

RecadosOnline.com

terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

Nº 1918 - 2ª PÁGINA - O ANTIGO TESTAMENTO - (9) - MORTE DE JUDAS - 4 de Fevereiro de 2014

Apesar de já ter entrado no mês de Fevereiro (.. ainda não estou em dia…) continuo a  chamar a vossa atenção para o texto que escrevi na 1ª página “SANTOS DE CADA DIA” sobre a suspensão e o reinicio dos mesmo, desde 16 de Dezembro de 2013. Obrigado.

O ANTIGO TESTAMENTO

4 de Fevereiro de 2014

Nº 1918  -  2ª PÁGINA

antoniofonseca1940@hotmail.com
2014

miscelania 002 

Mapa Antigo de ISRAEL

Nº 1918

»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»

Caros Amigos:

Conforme poderão verificar, se o desejarem, poderão consultar a edição deste Blogue, de 12 de Novembro de 2012, na qual iniciei  - diariamente – a transcrição dos textos descritos na Bíblia Sagrada – por Capítulos (e livros). Simplesmente resolvi, de repente, começar a editar todo o texto do

ANTIGO TESTAMENTO

que, como é sabido - é composto por uma série de vários livros: Os primeiros considerados como LIVROS HISTÓRICOS, os quais vão desde o Pentateuco (atribuído a Moisés),que compreende o Génesis, o Êxodo, o Levítico, os Números e o Deuteronómio, e a seguir, Josué, Juízes, Rute, Livros dos Reis (2) que se completam com os 2 livros dos Paralipómenos ou Crónicas. Seguem-se depois Esdras e Neemias, Tobias, Judite, Ester e o Livro dos Macabeus. Seguem-se os LIVROS DIDÁCTICOS com os livros de Job, Livro dos Salmos, Provérbios, Eclesiastes, Cântico dos Cânticos, Sabedoria e Eclesiástico; e por fim os LIVROS PROFÉTICOS: Isaías, Jeremias, Baruc, Ezequiel, Daniel, Oseias, Joel, Amós, Abdias, Jonas, Miqueias, Naum, Habacuc, Sofonias, Ageu, Zacarias e Malaquias.

São pois 42 o número total dos livros sobre o Antigo Testamento que tenciono transcrever

até que Deus mo permita, evidentemente…

Para já – neste momento já consegui transcrever os capítulos referentes aos livros GÉNESIS, ÊXODO, LEVÍTICO, NÚMEROS, DEUTERONÓMIO, constantes do PENTATEUCO, JOSUÉ, JUÍZES, RUTE, 1º e 2º de SAMUEL, 1º Reis e 2º Reis, 1º e 2º dos Paralipómenos ou Crónicas, ESDRAS, NEEMIAS, TOBIAS, JUDITE, ESTER,

(Uff... É obra…)

num total de 410 páginas, ficando a faltar apenas 680 capítulos…!!! (mais ou menos) referentes aos restantes, que são apenas os:

1º E 2. MACABEUS (Livros históricos); JOB, SALMOS, PROVÉRBIOS, ECLESIASTES, CÂNTICO DOS CÂNTICOS, SABEDORIA, ECLESIÁSTICO (Livros Sapienciais ); ISAÍAS, JEREMIAS, JEREMIAS – Lamentações, BARUC, EZEQUIEL, DANIEL, OSEIAS, JOEL, AMÓS, ABDIAS, JONAS, MIQUEIAS, NAUM, HABACUC, SOFONIAS, AGEU, ZACARIAS e MALAQUIAS (Profetas).

- Sejamos optimistas –.

Ainda agora é de manhã e alguns dos amigos que conheci há mais de 60 anos, já atingiram os 90 ou quase 100 (dois pelo menos) e ainda estão aí para as curvas. Ora, eu ainda só tenho 73 e se Deus quiser hei-de também chegar a uma idade razoável.

!!!SÃO APENAS POUCO MAIS DE 40 LIVROS = 1260 PÁGINAS …!!! (coisa pouca…)

Poderei porventura dar conta do recado? Se calhar, não! Deus o sabe e decerto providenciará o que lhe aprouver! Sei, no entanto que se poderá dizer:

trata-se de uma  tarefa ciclópica, impossível., etc., para os meus 73 anos (*). e, SE CALHAR, É…

Desconheço se conseguirei executar esta tarefa e sei os limites que poderão antepor-se-me, mas CREIO EM DEUS TODO-PODEROSO que não me desamparará em ocasião alguma. Com Fé e perseverança tudo se consegue e portanto irei até onde Deus me permitir, rezando todos os dias para que eu possa Evangelizar com os meios que tenho à disposição, durante o tempo que Deus Nosso Senhor Jesus Cristo entender.

Se no entanto, o vier a conseguir, darei muitas Graças a Deus.

»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»

Como afirmei inicialmente, Envolvi-me nesta tarefa, pois considero ser um trabalho interessante, pois servirá para que vivamos mais intensamente a Vida de Jesus Cristo que se encontra sempre presente na nossa existência, mas em que poucos de nós (eu, inclusive) tomam verdadeira consciência da sua existência e apenas nos recordamos quando ouvimos essas palavras na celebração dominical e SOMENTE quando estamos muito atentos,o que se calhar, é raro, porque não acontecendo assim, não fazemos a mínima ideia do que estamos ali a ouvir e daí, o desconhecimento da maior parte dos cristãos do que se deve fazer para seguir o caminho até Ele.

Como Jesus Cristo disse, aos Apóstolos,

no dia da sua Ascensão ao Céu:

IDE POR TODO O MUNDO E ENSINAI 

TODOS OS POVOS”.

É apenas isto realmente, que eu estou tentando fazer. AF.

+++++++++++++++++++++++

Mãos à obra, pois, continuemos:

ANTIGO TESTAMENTO

1º Livro dos MACABEUS

Reino Asmoneu - Simão

Reino dos Asmoneus

JUDAS MACABEU

Matatias pai de Judas Macabeu

Matatias, pai de JUDAS MACABEU

9  - MORTE DE JUDAS

Logo que Demétrio soube do fim de Nicanor e da aniquilação do seu exército resolveu enviar, pela segunda vez, Báquides e Alcimo à terra de Judá, à frente da ala direita das suas tropas. Dirigiram-se pelo caminho de Gálgala, acamparam e frente de Mezalot, no distrito dos Arbelas, apoderaram-se da cidade e mataram um grande número de habitantes. No primeiro mês do ano cento e cinquenta e dois, cercaram Jerusalém, mas, depois, afastaram-se e foram a Berzet com cento e vinte mil homens e dois mil cavaleiros. Judas estava acampado em Elasa com três mil homens escolhidos, os quais ao verem o número considerável  de adversários ficaram possuídos de temor. Muitos fugiram do campo e não ficaram mais do que oitocentos homens. Judas, vendo a dispersão do seu exército e a iminência do combate, sentiu o seu coração angustiado, porque já não tinha tempo de reunir os fugitivos. Consternado disse aos que ficaram: «Vamos e ataquemos o inimigo e vejamos se os poderemos vencer!» Mas, eles dissuadiram-no disso, dizendo:

«o poderemos. Salvemos, agora, as nossas vidas e voltaremos, depois com os nossos irmãos para travar a batalha, pois, neste momento, somos muito poucos». Mas Judas respondeu-lhes: «Deus me livre de proceder deste modo e de fugir diante deles. Se chegou a nossa hora, morramos corajosamente pelos nossos irmãos e não manchemos a nossa honra». (2 Mac 7, 5). O exército do inimigo saiu do campo e tomou posição diante deles: A cavalaria dividiu-se em dois batalhões, os fundibulários e os flecheiros colocaram-e à frente e todos os homens valentes se postaram na primeira fila. Báquides estava na ala direita e, ao som das trombetas, a falange avançou dos dois lados. Os soldados de Judas tocaram também as trombetas e a terra foi abalada pelo tumulto das armas.  O combate foi encarniçado e a luta durou desde a manhã até à tarde. Judas viu que Báquides se encontrava à direita com o núcleo mais forte do seu exército e cercado dos mais corajosos. Derrotou a ala direita e perseguiu-a,até ao sopé da montanha. Mas a ala esquerda, vendo a direita derrotada, lançou-se na perseguição de Judas e dos seus soldados pela retaguarda. O combate foi ainda mais encarniçado,e, tanto de um lado como do outro, caiam muitos feridos. O próprio Judas caiu morto e todos os outros fugiram. Jónatas e Simão levaram Judas, seu irmão, e enterraram-no no sepulcro de seus pais,em Modin.   Todo o povo de Israel, manifestou grande desolação. Chorou-o e guardou luto durante vários dias, dizendo: «Como sucumbiu o valente salvador  de Israel». As restantes façanhas de Judas, os seus combates, os seus feitos heróicos e actos gloriosos não se escreveram por ser excessivamente grande o seu número.

Jónatas sucede a Judas  -   Depois da morte de Judas, os homens perversos reapareceram e todas as fronteiras de Israel e todos os que praticavam a iniquidade levantaram a cabeça. Naqueles dias grassou também uma grande fome, e todo o país se passou para o inimigo. Báquides escolheu homens ímpios, para os coloca nos postos de comando. Estes procuravam com empenho os amigos de Judas e conduziam-nos a Báquides, que se vingava deles e os insultava. A tribulação que caiu sobre Israel foi tal, que não houve outra semelhante desde o dia em que desapareceram os seus profetas. Reuniram-se todos os amigos de Judas e disseram a Jónatas: «Depois da morte de Judas, teu irmão, não apareceu ninguém, como ele, para se opor aos nossos inimigos, a Báquides e aos que odeiam a nossa raça. Por isso, escolhemos-te hoje por chefe, para nos conduzires ao combate». Jónatas aceitou o mando e tomou o lugar de seu irmão Judas. Báquides teve conhecimento disso e procurou matá-lo. Mas, advertidos, Jónatas, seu irmão Simão, e todos os seus companheiros fugiram para o deserto de Técua, onde acamparam junto às águas da cisterna de Asfar. Báquides soube-o no dia de sábado e atravessou o Jordão com todo o seu exército. Então, Jónatas enviou o seu irmão, chefe do povo, aos nabateus, seus amigos, e pediu-lhes que deixassem depositar ali as suas bagagens, que eram numerosas. Mas os filhos de Jambri saíram de Medaba, apoderaram-se de João e de tudo  que tinha e levaram-no. Disseram a Jónatas e a seu irmão Simão que os filhos de Jambri celebravam  um solene casamento, e traziam de Nadabá, com grande pompa, a jovem esposa, filha de um os maiores príncipes de Canaã. Lembraram-se do sangue do seu irmão João, e retiraram-se para a montanha, onde se ocultaram. Levantando os olhos viram uma multidão de gente com magnifico aparato. Era o noivo que, com os seus amigos e irmãos, saía ao encontro da noiva, com tambores, instrumentos de música e muitos escudos. Os companheiros de Jónatas saíram então, do seu esconderijo e atacaram-nos.

Mataram e feriram  muitos e os restantes fugiram para a montanha, enquanto os vencedores se apoderavam dos ses despojos. Deste modo, a boda transformou-se em luto e os sons de música em lamentações. Os judeus vingaram-se do sangue do seu irmão e regressaram à margem pantanosa do Jordão. Báquides teve notícia disto, e, num dia de sábado, avançou com um poderoso exército até as margens do Jordão. Jónatas disse, então, aos seus companheiros: «Vamos, lutemos pela nossa vida, porque hoje não é como ontem e ante-ontem. Eis os inimigos diante e atrás de nós; de um lado e do outro do rio Jordão, o pântano e o bosque, sem que nos reste meio de escapar. Clamai, pois, ao Céu, para que nos livre dos nossos inimigos». Travou-se o combate. Jónatas levantou a mão para ferir Báquides, mas este afastou-e e evitou-o. Então, Jónatas, e os seus companheiros atiraram-se ao Jordão e passaram a nado para a outra margem; mas os inimigos não atravessaram o Jordão para os perseguir. Naquele dia pereceram cerca de mil homens do exército  de Báquides. Este voltou para Jerusalém e edificou cidades fortificadas na Judeia, as fortalezas  de Jericó, de Emaús, de Betoron, de Betel, de Tanata, de Faraton e de Tefon com muros altos, portas e fechaduras (Jz 12,15) E colocou elas guarnições par fazer a guerra a Israel. Fortificou igualmente Betsur, Gasara  e a cidadela, onde deixou tropas e depósito e víveres. Tomou como reféns os filhos das mais importantes famílias do país. e recluiu-os na cidadela de Jerusalém. No segundo mês, do ano cento  e cinquenta e três, Alcimo ordenou a demolição do muro do pátio interior do santuário, destruindo a obra dos profetas. Mas sobreveio-lhe um ataque de apoplexia e o seu plano foi suspenso. Ficou com a boca fechada e paralisada, de modo que nunca mais pôde dizer uma palavra, nem dar ordens relativas à sua casa. Alcimo morreu pouco depois, atormentado por grandes dores. Logo que Báquides viu a morte de Alcimo retirou-se para junto  do rei e a terra de Judá permaneceu em paz durante dois anos. Mas, entre os judeus, os maus conspiraram, dizendo: «Jónatas e os seus vivem em paz e descuidados: aproveitemos, pois, para chamar Báquides, que os exterminará numa só noite».  Foram, com efeito, avistar-se com Báquides e propuseram-lhe este conselho. Ele pôs-se logo a caminho com um grande exército. Secretamente, enviou mensageiros aos seus partidários junto dos judeus, para que prendessem Jónatas e os seus companheiros: mas não puderam fazer nada, porque o seu plano fora descoberto. Pelo contrário, cinquenta  dos principais cabeças da conjuração foram presos e mortos. A seguir Jónatas fugiu com Simão e os seus partidários para Betsabi, no deserto; ergueram as ruínas e fortificaram-na. Logo que foi informado, Báquides reuniu todo os seu exército e avisou os seus amigos da Judeia. Veio acampar em frente de Btesabi, que sitiou por muito tempo com máquinas de guerra. Jónatas deixou na cidade seu irmão Simão e saiu para o campo com um pequeno número de homens.  Matou Odomera e os seus irmãos na sua própria tenda, bem como os filhos de Farison; e, lutando, começou a crescer em número. Pela sua parte Simão e os seus homens saíram da cidade, incendiaram as máquinas, atacaram Báquides  e derrotaram-no, causando-lhe grande pesar por ver frustrados os seus desígnios e tentativas. Por isso, ele enfureceu-se contra os mas judeus que o tinham aconselhado a vir à terra; mandou matar muitos deles e decidiu voltar ao seu país. Sabendo-o Jónatas enviou-lhe mensageiros  para lhe propor a paz e a entrega dos prisioneiros. Ele recebeu-os, aceitou a proposta e jurou nunca mais lhes fazer mal em todos os dias da sua vida. Restituiu os prisioneiros que fizera anteriormente na Judeia e regressou ao seu país e não quis mais voltar à Judeia. A guerra cessou em Israel e Jónatas fixou residência m Macmas, onde começou a governar  o povo e a exterminar os ímpios de Israel. 

Simão

Simão, filho de Matatias e irmão de Judas Macabeu

(Texto do 1º Livro dos MACABEUS)

===============================================

+++++++++++++++++++++++++++++++++++

000000000000000000000000000000000000000000000

Local onde se processa este Blogue

miscelania 007

http://es.catholic.net; http://santiebeati.it; http://jesuitas.pt; http://bibliaonline.com.br/acf

00000000000000000000000000000

Este texto deveria ter sido publicado em

4 de FEVEREIRO DE 2014 – 10.15 h

ANTÓNIO FONSECA

http://es.catholic.net; http://santiebeati.it; http://jesuitas.pt; http://bibliaonline.com.br/acf; http:// wikipedia.org.

Nº 1916 - (35-14) - 1ª PÁGINA - SANTOS DE CADA DIA - 4 de Fevereiro de 2014 - 6º ANO

 

Nº 1916  -  (35-14)

4  de Fevereiro de 2014

SANTOS DE CADA DIA

6º ANO

miscelania 125

JOÃO DE BRITO, Santo

Presbitero e Mártir  -  (1693)  

Memória de São JOÃO DE BRITO, presbítero da Companhia de Jesus e mártir, que em Oriur, localidade do reino de Maravá, na Índia, depois de ter convertido muitos à fé, adaptando-se à vida e costumes dos ascetas daquela região, coroou a sua vida com um  glorioso martírio.

EUTÍQUIO, Santo

Mártir - (data incerta) 

Em Roma, nas Catacumbas junto à Via Ápia, Santo EUTÍQUIO, mártir, que torturado durante muito tempo, foi finalmente projectado num precipício, vencendo pela fé em Cristo todas as crueldades do tirano.

PAPIAS, DIODORO e CLAUDIANO, Santos

Mártires (séc. III)

Em Perga, na Panfília, actualmente na Turquia, os santos PAPIAS, DIODORO e CLAUDIANO, mártires.

FILEIAS e FILOROMO, Santos

Mártir – (séc. IV)

Em Alexandria, no Egipto,a paixão dos santos mártires FILEIAS, bispo, e FILOROMO, tribuno militar que, durante a perseguição do imperador Décio, sem atender às exortações dos parentes e amigos para salvar a vida, apresentando o pescoço à decapitação, mereceram do Senhor a palma do martírio.

ISIDORO, Santo

Presbítero e monge - (449)

Em Pelúsio, no Egipto, Santo ISIDORO, presbítero, célebre pela sua sabedoria, que desprezando o mundo e suas riquezas, preferiu imitar a vida de João Baptista no deserto, tomando o hábito a vida monástica.

AVENTINO, Santo

Bispo - (511)

Em Châteaudun, perto de Chartres, na Gália, hoje na França, o passamento de santo AVENTINO, bispo, que tinha ocupado a sede episcopal de Chartres.

AVENTINO, Santo

presbítero - (537)

Em Troyes na Gália Lionense, hoje também na França, Santo AVENTINO, que é venerado com,o auxiliar do bispo São Lopo.

RABANO MAURO, Santo

Bispo - (856)

Em Mogúncia, cidade da Francónia, hoje na Alemanha, São RABANO MAURO, bispo que, chamado do mosteiro de Fulda à sede episcopal de Mogúncia, foi prelado exímio na ciência, hábil na eloquência e agradável a Deus nada omitindo que pudesse fazer para glória de Deus.

NICOLAU STUDITA, Santo

Monge - (868)

Em Constantinopla, hoje Istambul, na Turquia, São NICOLAU STUDITA, monge, que várias vezes exilado por causa do culto das sagradas imagens, finalmente foi nomeado hegúmeno do mosteiro Studión  e aí descansou em paz.

GILBERTO, Santo

Presbitero (1189)

Em Sempringham, na Inglaterra, São GILBERTO com a aprovação do papa Eugénio III, fundou uma Ordem  monástica, com dupla observância, a saber, a Regra de São Bento para as monjas e a Regra de santo Agostinho para os clérigos.

JOANA DE VALOIS, Santa

Rainha e França - (1505)

Em Bourges, na Aquitânia, actualmente na França, santa JOANA DE VALOIS, rainha de França, que depois e ter sido declarado nulo o matrimónio com o rei Luís XII, se consagrou a Deus, venerou com singular devoção  Cruz e fundou a Ordem das Anunciadas, em honra da Anunciação à Virgem Maria.

JOÃO SPEED, Beato

Mártir - (1594)

Em Durham, na Inglaterra, o Beato JOÃO SPEED, mártir, que no reinado de Isabel I, condenado à morte por causa do auxilio prestado aos sacerdotes, mereceu a coroa do martírio.

JOSÉ DE LEONESSA, Santo

Presbitero - (1612)

Em  Amatrice, nos Abruzzos, hoje no  Lácio, região de Itália, São JOSÉ DE LEONESSA, presbítero da Ordem dos frades Menores  Capuchinhos, que socorreu os cristãos cativos em Constantinopla e, depois de sofrer cruéis tormentos por ter anunciado  o Evangelho no próprio palácio do sultão, regressou à pátria e dedicou-se à causa dos pobres.

 

++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++

miscelania 005 miscelania 006

Caros Amigos:

Por motivos que mais dia menos dia, voltarei a explicitar, este blogue esteve suspenso durante algum tempo, mais propriamente a partir do passado dia 16 de Dezembro. Algumas tentativas fiz para que continuasse a ser publicado, nos moldes que vinha efectuando, mas esses esforços foram baldados, tanto mais que apesar de ter agendado, esta página até ao fim do ano, no WINDOWS LIVE WRITER, não consegui de modo nenhum recuperar esses escritos.

Agora que parece ter retomado a normalidade (16 de Janeiro – exactamente um  mês depois…) resolvi proceder à indicação dos Santos celebrados desde o passado dia 1 do corrente e publicá-los imediatamente após a sua feitura, pelo que provavelmente (e de certeza) serão publicados vários dias num dia apenas, até chegar à data certa.

Quanto às outras páginas que fazem parte deste blogue, que também estavam agendadas e desapareceram, procederei exactamente da mesma maneira (ainda não sei quando,) mas, logo que termine ou ponha em dia a 1ª página.

ENTRAMOS AGORA EM FEVEREIRO – DURANTE ALGUNS DIAS (PENSO EU…) VOU CONTINUAR COM O SISTEMA QUE INICIE EM 16 DE JANEIRO ÚLTIMO.

LOGO QUE VERIFIQUE SER POSSÍVEL, DEVO VOLTAR AO SISTEMA ANTIGO OU MELHORAR A SUA EXECUÇÃO, DADO QUE ISSO NÃO DEPENDE APENAS DA MINHA VONTADE, MAS TAMBÉM DOS MEIOS TÉCNICOS QUE ESTOU UTILIZANDO, OS QUAIS AINDA NÃO ESTÃO A CEM POR CENTO.

miscelania 004

_____________________________________

Local onde se processa este blogue, na cidade do Porto

miscelania 003

Os meus cumprimentos e agradecimentos pela atenção que me dispensarem.

ANTÓNIO FONSECA

In

MARTIROLÓGIO ROMANO

Conferência Episcopal Portuguesa  -  MMXIII

http://es.catholic.net; http://santiebeati.it; http://jesuitas.pt; http://bibliaonline.com.br/acf; http:// wikipedia.org.