OS MEUS DESEJOS PARA TODOS

RecadosOnline.com

sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014

Nº 1921 - 2ª PÁGINA - O ANTIGO TESTAMENTO - 1º LIVRO DOS MACABEUS - (12) - 7 de Fevereiro de 2014

Apesar de já ter entrado no mês de Fevereiro (.. ainda não estou em dia…) continuo a  chamar a vossa atenção para o texto que escrevi na 1ª página “SANTOS DE CADA DIA” sobre a suspensão e o reinicio dos mesmo, desde 16 de Dezembro de 2013. Obrigado.

O ANTIGO TESTAMENTO

7 de Fevereiro de 2014

Nº 1921  -  2ª PÁGINA

antoniofonseca1940@hotmail.com
2014

miscelania 002

Mapa Antigo de ISRAEL

Nº 1921

»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»

Caros Amigos:

Conforme poderão verificar, se o desejarem, poderão consultar a edição deste Blogue, de 12 de Novembro de 2012, na qual iniciei  - diariamente – a transcrição dos textos descritos na Bíblia Sagrada – por Capítulos (e livros). Simplesmente resolvi, de repente, começar a editar todo o texto do

ANTIGO TESTAMENTO

que, como é sabido - é composto por uma série de vários livros: Os primeiros considerados como LIVROS HISTÓRICOS, os quais vão desde o Pentateuco (atribuído a Moisés),que compreende o Génesis, o Êxodo, o Levítico, os Números e o Deuteronómio, e a seguir, Josué, Juízes, Rute, Livros dos Reis (2) que se completam com os 2 livros dos Paralipómenos ou Crónicas. Seguem-se depois Esdras e Neemias, Tobias, Judite, Ester e o Livro dos Macabeus. Seguem-se os LIVROS DIDÁCTICOS com os livros de Job, Livro dos Salmos, Provérbios, Eclesiastes, Cântico dos Cânticos, Sabedoria e Eclesiástico; e por fim os LIVROS PROFÉTICOS: Isaías, Jeremias, Baruc, Ezequiel, Daniel, Oseias, Joel, Amós, Abdias, Jonas, Miqueias, Naum, Habacuc, Sofonias, Ageu, Zacarias e Malaquias.

São pois 42 o número total dos livros sobre o Antigo Testamento que tenciono transcrever

até que Deus mo permita, evidentemente…

Para já – neste momento já consegui transcrever os capítulos referentes aos livros GÉNESIS, ÊXODO, LEVÍTICO, NÚMEROS, DEUTERONÓMIO, constantes do PENTATEUCO, JOSUÉ, JUÍZES, RUTE, 1º e 2º de SAMUEL, 1º Reis e 2º Reis, 1º e 2º dos Paralipómenos ou Crónicas, ESDRAS, NEEMIAS, TOBIAS, JUDITE, ESTER,

(Uff... É obra…)

num total de 410 páginas, ficando a faltar apenas 680 capítulos…!!! (mais ou menos) referentes aos restantes, que são apenas os:

1º E 2. MACABEUS (Livros históricos); JOB, SALMOS, PROVÉRBIOS, ECLESIASTES, CÂNTICO DOS CÂNTICOS, SABEDORIA, ECLESIÁSTICO (Livros Sapienciais ); ISAÍAS, JEREMIAS, JEREMIAS – Lamentações, BARUC, EZEQUIEL, DANIEL, OSEIAS, JOEL, AMÓS, ABDIAS, JONAS, MIQUEIAS, NAUM, HABACUC, SOFONIAS, AGEU, ZACARIAS e MALAQUIAS (Profetas).

- Sejamos optimistas –.

Ainda agora é de manhã e alguns dos amigos que conheci há mais de 60 anos, já atingiram os 90 ou quase 100 (dois pelo menos) e ainda estão aí para as curvas. Ora, eu ainda só tenho 73 e se Deus quiser hei-de também chegar a uma idade razoável.

!!!SÃO APENAS POUCO MAIS DE 40 LIVROS = 1260 PÁGINAS …!!! (coisa pouca…)

Poderei porventura dar conta do recado? Se calhar, não! Deus o sabe e decerto providenciará o que lhe aprouver! Sei, no entanto que se poderá dizer:

trata-se de uma  tarefa ciclópica, impossível., etc., para os meus 73 anos (*). e, SE CALHAR, É…

Desconheço se conseguirei executar esta tarefa e sei os limites que poderão antepor-se-me, mas CREIO EM DEUS TODO-PODEROSO que não me desamparará em ocasião alguma. Com Fé e perseverança tudo se consegue e portanto irei até onde Deus me permitir, rezando todos os dias para que eu possa Evangelizar com os meios que tenho à disposição, durante o tempo que Deus Nosso Senhor Jesus Cristo entender.

Se no entanto, o vier a conseguir, darei muitas Graças a Deus.

»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»

Como afirmei inicialmente, Envolvi-me nesta tarefa, pois considero ser um trabalho interessante, pois servirá para que vivamos mais intensamente a Vida de Jesus Cristo que se encontra sempre presente na nossa existência, mas em que poucos de nós (eu, inclusive) tomam verdadeira consciência da sua existência e apenas nos recordamos quando ouvimos essas palavras na celebração dominical e SOMENTE quando estamos muito atentos,o que se calhar, é raro, porque não acontecendo assim, não fazemos a mínima ideia do que estamos ali a ouvir e daí, o desconhecimento da maior parte dos cristãos do que se deve fazer para seguir o caminho até Ele.

Como Jesus Cristo disse, aos Apóstolos,

no dia da sua Ascensão ao Céu:

IDE POR TODO O MUNDO E ENSINAI 

TODOS OS POVOS”.

É apenas isto realmente, que eu estou tentando fazer. AF.

+++++++++++++++++++++++

Mãos à obra, pois, continuemos:

ANTIGO TESTAMENTO

1º Livro dos MACABEUS

Reino Asmoneu - Simão

Reino dos Asmoneus

JUDAS MACABEU

Matatias pai de Judas Macabeu

Matatias, pai de JUDAS MACABEU

12 – EMBAIXADA A ROMA E A ESPARTA

 

Jónatas, aproveitando-se das circunstâncias favoráveis, escolheu alguns homens e enviou-os a Roma para confirmar e renovar a amizade com os Romanos. Entregou-lhes também cartas semelhantes para os espartanos  e outros povos. Os embaixadores chegaram a Roma, dirigiram-se ao senado e disseram: «O sumo sacerdote Jónatas e o povo judeu enviaram-nos para renovar convosco a amizade a aliança  tal como existiram outrora». E os romanos deram-lhes cartas para as autoridades de cada lugar a fim de que pusessem regressar em paz à Judeia. Eis a cópia da carta  que Jónatas escreveu aos espartanos: «Jónatas, sumo sacerdote, o conselho da nação, os sacerdotes e todo o povo judeu, os seus irmãos espartanos, saúde! «Outrora, Onias, sumo sacerdote, recebeu de Areu,vosso rei, uma menagem em que se dizia que éreis os irmãos, como comprova a cópia, aqui anexa. Onias acolheu o enviado com honra e recebeu a carta na qual havia referências à aliança e à amizade. Nós, embora  não tenhamos necessidade dessas vantagens, pois temos para nossa consolação os livros santos, que temos nas nossas mãos, resolvemos  renovar os laços de fraternidade e amizade convosco, com receio de que nos tornássemos estranhos a vós, porque já decorreu muito tempo desde que nos enviastes aquela embaixada Sem cessar, nas grandes festas e nos outros dias solenes, lembramo-nos de vós, os sacrifícios que oferecemos e nas nossas preces, porque é justo  e conveniente pensar nos irmãos. Alegramo-nos com a vossa prosperidade, Quanto a nós, vivemos entre tribulações e guerras incontáveis, que nos fizeram os nossos reis vizinhos, Apesar disso, em todas estas guerras, não quisemos ser pesados, nem a vós nem aos outros aliados e amigos, porque temos por auxilio o socorro do céu e,com ele, podemos escapar dos nossos inimigos, que foram humilhados. Escolhemos Numénio, filho de Antíoco, e Antipatro, filho de Jason, e enviámo-los a renovar com os romanos a antiga amizade e aliança. Encarregámo-los de passar junto de vós para vos saudar e entregar, da nossa parte, esta carta,cujo fim é renovar a aliança e a nossa fraternidade. Esperamos que nos respondais favoravelmente». Eis a cópia da carta, outrora enviada a Onias: «Areu, rei dos espartanos, ao sumo sacerdote Onias, saúde! Encontrou-se num escrito, sobre os espartanos e os judeus, que estes povos são irmãos e descendentes de Abraão. Agora que sabemos   isto, fareis bem em escrever-nos a dizer se gozais de paz. Nós também vos escrevemos.Os  vossos rebanhos e os vossos haveres são nossos  e os nossos são vossos (Gn 34, 21-23 1 Rs 22, 5 Rs 3, 7).   Enviamo-vos esta mensagem para que sejais informados».

Entretanto, Jónatas soube que os generais de Demétrio tinham chegado com tropas, muito mais numerosas que anteriormente, para o guerrear. Saiu, pois, de Jerusalém, e foi ao seu encontro no país de Amatias, para não lhes dar tempo de invadir o seu próprio país. Mandou espiões ao campo dos inimigos, que regressaram com a notícia de que os inimigos se preparavam para atacar naquela noite. Ao pôr do sol, Jónatas ordenou aos seus que velassem e empunhassem as armas, prontos para entrar em combate durante a noite, colocou sentinelas  ao redor de todo o acampamento . Ao saberem que Jónatas e os seus soldados estavam prontos para o  combate, os inimigos, tomados de sobressalto e de pavor fugiram,acenderam fogueiras no seu acampamento. . Jónatas e os seus companheiros viram os fogos a arder  e não perceberam nada até de manhã. Perseguiu-os, mas não os apanhou, porque eles tinham atravessado o rio Eleútero, Jónatas voltou-se então contra os árabes, chamados zabadeus derrotou-os e apoderou-se dos despojos.

Reuniu, de novo, o seu exército e alcançou Damasco, percorrendo toda aquela região. Entretanto, Simão, pôs-se em marcha e chegou até Ascalon e às fortalezas vizinhas. De lá dirigiu-se a Jope, ocupando-a, porque ouvira dizer que os habitantes tinha intenção de entregar a cidadela às tropas  de  Demétrio, Colocou, pois, ali uma guarnição para a defender. De regresso a Jerusalém, Jónatas convocou nos anciãos do povo e tomou com  eles  a decisão de edificar fortalezas  na Judeia, e erguer muralhas em Jerusalém  e de construir um muro alto entre a cidadela e a cidade, a fim de que separar da cidade, a isolar completamente  e de impedir que os de dentro vendessem ou comprassem  o que quer que fosse. Reuniu-se a gente para reconstruir a cidade, e, achando-se por terra a muralha  que estava sobre a torrente do lado leste, restauraram-na, dando-lhe o nome de Cafenata. Simão edificou também, Adida,e em Sefefa, fortificou-a e pôs nela portas e ferrolhos.

A prisão de Jónatas – Por esse tempo, Trifon planeava reinar na Ásia, cingir o diadema  e tirar a vida ao rei Antíoco. Mas receava que Jónatas não lho permitisse e combatesse os seus esforços; por isso, procurou apoderar-se dele, para  lhe dar a morte. Partiu, pois  para Betsan. Jónatas saiu ao seu encontro sobre Betsan com um exército de quarenta mil homens escolhidos. Vendo que Jónatas se aproximava  com um numeroso exército, Trifon receou lançar-lhe a mão. Recebeu-o com grande honra, apresentou-o a todos os seus amigos, ofereceu-lhe presentes e ordenou às suas tropas que lhe obedecessem, como a ele mesmo. Depois, disse a Jónatas: «Porque fatigaste todo este povo, uma vez que não estamos em guerra? Envia-os e volta para suas casas e escolhe alguns, para te acompanharem, e vem comigo a Ptolemaida. Entregar-te-ei a cidade, todas as outra fortalezas, as tropas e todos os funcionários; feito isto, retirar-me-ei porque é para isto que vim». Jónatas deu-lhe crédito, fez o que ele lhe disse e licenciou as tropas, que regressaram ao país de Judá. Reteve consigo três mil homens, dos quais enviou dois mil à Galileia e conservou mil na sua companhia. Mal Jónatas entrou em Ptolemaida, os habitantes fecharam-lhe as portas, prenderam-no e passaram a fio da espada todos os que estavam com  ele. Por sua vez Trifon enviou à  Galileia e à grande planície o seu exército e a sua cavalaria,para esmagar os que Jónatas para la enviara. Mas estes, ouvindo dizer que Jónatas morrera com todos os seus companheiros, encorajaram-se mutuamente e marcharam em boa ordem, prontos para o combate. Os seus perseguidores viram que eles queriam defender  a sua vida e regressaram. Desta sorte, os judeus reentraram de novo, sãos e salvos, na terra de Judá. Choraram Jónatas e os seus foram tomados de grande temor. E Israel chorou-o amargamente. Então os povos circunvizinhos procuraram oprimi-los, dizendo entre si: «Eles não têm ninguém para os comandar nem para os socorrer, agora é o momento de os atacarmos e apagarmos a sua lembrança do meio dos homens».

 

Simão

Simão, filho de Matatias e irmão de Judas Macabeu

(Texto do 1º Livro dos MACABEUS)

===============================================

+++++++++++++++++++++++++++++++++++

000000000000000000000000000000000000000000000

Local onde se processa este Blogue

miscelania 003

http://es.catholic.net; http://santiebeati.it; http://jesuitas.pt; http://bibliaonline.com.br/acf

00000000000000000000000000000

Este texto deveria ter sido publicado em

7 de FEVEREIRO DE 2014 – 10.15 h

ANTÓNIO FONSECA

http://es.catholic.net; http://santiebeati.it; http://jesuitas.pt; http://bibliaonline.com.br/acf; http:// wikipedia.org.

Nº 1919 - (38-14) - 1ª PÁGINA - SANTOS DE CADA DIA - 7 de Fevereiro de 2014 - 6º ano

Nº 1919  -  (37-14)

7  de Fevereiro de 2014

SANTOS DE CADA DIA

6º ANO

miscelania 125

CINCO  CHAGAS DO SENHOR

Festividade

Festa das CINCO CHAGAS DO SENHOR, isto é, as feridas que Cristo recebeu na Cruz e manifestou aos Apóstolos depois da sua ressurreição, devoção muito viva entre os portugueses desde os começos da nacionalidade e confirmada pelos Romanos pontífices, a partir de Bento XIV.

MÁXIMO, Santo

Bispo - (séc. III)

Em Nola, na Campânia, região da Itália, São MÁXIMO, bispo, que em tempo de perseguição dirigiu a Igreja desta cidade e, depois de uma longa vida, morreu em paz.

PARTÉNIO, Santo

Bispo,  - (séc. IV)

Em Lâmpsaco, no Helesponto, na actual Turquia, São PARTÉNIO, bispo que, segundo a tradição, no tempo do imperador Constantino Magno propagou a fé pela palavra e pelo exemplo da sua vida.

MOISÉS, Santo

Bispo - (389)

No monte Sinai, São MOISÉS, que depois de ter seguido a vida solitária no ermo, foi ordenado bispo a pedido de Máuvia, rainha dos Sarracenos, e conseguiu pacificar aquela gente ferocíssima e manter ilesa a vida dos cristãos.

JULIANA, Santa 

Viúva - (séc. IV)

Em Florença, na Etrúria hoje na Toscana, Itália, santa JULIANA, viúva.

LOURENÇO, Santo

Bispo  - (545)

Em Manfredónia, na Apúlia, hoje na Toscana, também região de Itália, São LOURENÇO, bispo.

RICARDO, Santo

Pai de família - (720) 

Em Lucca, na Etrúria, hoje Toscana, Itália, o sepultamento de São RICARDO, pai dos santos VINEBALDO  VALBURGES, que morreu quando ia com seus filhos em peregrinação de Inglaterra para Roma.

LUCAS o Jovem, Santo

Eremita  - (955)

Em Sóterum, na Fócidas, região da Grécia, São LUCAS o Jovem, eremita.

RICÉRIO, Beato

Discípulo de S. Francisco - (1236)

Em Múccia, no Piceno, hoje nas Marcas região da Itália, o Beato RICÉRIO, que foi dos primeiros mais queridos discípulos de São Francisco.

ANTÓNIO DE STRONCONE, Beato

Religioso - (1461)

Em Assis, na Úmbria, também região da Itália, o Beato ANTÓNIO DE STRONCONE, religioso da Ordem dos Frades Menores.

TOMÁS SCHERWOOD, Beato

Negociante e mártir - (1578)

Em Londres, na Inglaterra, o Beato TOMÁS SCHERWOOD, mártir, que sendo negociante de tecidos, se dirigiu para Douai a fim de se preparar para o sacerdócio; mas quando regressou a Londres para assistir a seu pai enfermo e idoso, ao passar por uma rua, foi conduzido ao martírio, no reinado de Isabel I,

TIAGO SALES e GUILHERME SALTMOUCHE, Beatos

Presbitero e religioso - (1593)

Em Aubenas, no Viviers, região da França, os beatos mártires TIAGO SALES presbítero, e GUILHERME SALTMOUCHE, religioso, ambos da Companhia de Jesus, que por fortalecerem o povo na fé católica com  a sua pregação, depois de ter sido tomada a cidade pelos huguenotes, foram chacinados num domingo, diante do povo, por causa da sua fé.

EGÍDIO MARIA DE SÃO JOSÉ (Francisco Pontillo), Beato

Religioso - (1812)

Em Nápoles, na Campânia, região da Itália, santo EGÍDIO MARIA DE SÃO JOSÉ (Francisco Pontillo), religioso da Ordem dos Frades Menores, que todos os dias pedia esmola ao povo pelas ruas da cidade com extrema humildade, retribuindo com palavras de consolação. 

JOÃO DE TRIORA (Francisco Maria Lântrua), Santo

Presbitero e mártir - (1816).

Em Changsha cidade do Hunan, província da China, São JOÃO DE TRIORA (Francisco Maria Lântrua), presbítero da Ordem dos Frades Menores e mártir, que após cruéis tormentos de longo cativeiro, foi morto por enforcamento.

ROSÁLIA (Joana Maria Rendu), Beata

Virgem - (1856)

Em Paris, França, a Beata ROSÁLIA (Joana Mara Rendu), virgem das Filhas da Caridade, que vivendo numa casa dos subúrbios mais pobres daquela cidade, por ela transformada em refúgio dos indigentes, se empenhou incansavelmente em visitar os pobres nos seus domicílios, promover a paz em tempo de guerra civil e estimular muitos, sobretudo os jovens e os ricos, ao exercício da caridade.

MARIA DA PROVIDÊNCIA (Eugénia Smet), Beata

Virgem e fundadora - (1871)

Também em Paris, França, a Beata MARIA DA PROVIDÊNCIA (Eugénia Smet), virgem, que fundou o Instituto de Irmãs Auxiliadoras das Almas do Purgatório.

PIO IX, Beato

Papa – (1878)

Em Roma, o Beato PIO IX, papa, que proclamando claramente a verdade de Cristo, que intimamente viveu, instituiu muitas sedes episcopais, promoveu o culto a Virgem Santa Maria e convocou o Concilio Ecuménico Vaticano I.

ANA MARIA ADÓRNI, Beata

Viúva e fundadora - (1893)

Em Parma, na Itália, a Beata ANA MARIA ADÓRNI, viúva, fundadora da Congregação das Servas  de Maria Imaculada e o Instituto do Bom Pastor, de Parma.

ANSELMO POLANCO e FILIPE RIPOLL, Beatos

Bispo e presbítero mártires - (1939)

Em Pont de Molins, localidade próxima de Gerona, Espanha, os beatos mártires ANSELMO POLLANCO, bispo de Teruel e FILIPE RIPOLL, presbítero que, desprezando promessas e ameaças, recusaram firmemente afastar-se da fidelidade à Igreja.

ADALBERTO NIERYCHLEWSKI, Beato

Presbitero e mártir - (1942)

Perto de Cracóvia, na Polónia, o Beato ADALBERTO NIERYCHLEWSKI, presbítero da Congregação de São Miguel e mártir, que durante a ocupação militar da sua pátria por um regime militar hostil à dignidade humana e à religião, foi deportado para o campo de extermínio de Auschwitz, por causa da sua fé em Cristo, e morreu prostrado pelos tormentos a que foi submetido.

PEDRO VERHUN, Beato

Presbitero e mártir  -  (1957)

No campo de concentração de Angarsk, na Sibéria, região da Rússia, o Beato PEDRO VERHUN, presbítero e mártir, que durante a perseguição religiosa, permanecendo fiel até à morte alcançou a vida eterna.

 

++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++

miscelania 005 miscelania 008 miscelania 006

Caros Amigos:

Por motivos que mais dia menos dia, voltarei a explicitar, este blogue esteve suspenso durante algum tempo, mais propriamente a partir do passado dia 16 de Dezembro. Algumas tentativas fiz para que continuasse a ser publicado, nos moldes que vinha efectuando, mas esses esforços foram baldados, tanto mais que apesar de ter agendado, esta página até ao fim do ano, no WINDOWS LIVE WRITER, não consegui de modo nenhum recuperar esses escritos.

Agora que parece ter retomado a normalidade (16 de Janeiro – exactamente um  mês depois…) resolvi proceder à indicação dos Santos celebrados desde o passado dia 1 do corrente e publicá-los imediatamente após a sua feitura, pelo que provavelmente (e de certeza) serão publicados vários dias num dia apenas, até chegar à data certa.

Quanto às outras páginas que fazem parte deste blogue, que também estavam agendadas e desapareceram, procederei exactamente da mesma maneira (ainda não sei quando,) mas, logo que termine ou ponha em dia a 1ª página.

ENTRAMOS AGORA EM FEVEREIRO – DURANTE ALGUNS DIAS (PENSO EU…) VOU CONTINUAR COM O SISTEMA QUE INICIE EM 16 DE JANEIRO ÚLTIMO.

LOGO QUE VERIFIQUE SER POSSÍVEL, DEVO VOLTAR AO SISTEMA ANTIGO OU MELHORAR A SUA EXECUÇÃO, DADO QUE ISSO NÃO DEPENDE APENAS DA MINHA VONTADE, MAS TAMBÉM DOS MEIOS TÉCNICOS QUE ESTOU UTILIZANDO, OS QUAIS AINDA NÃO ESTÃO A CEM POR CENTO.

miscelania 004

_____________________________________

Local onde se processa este blogue, na cidade do Porto

miscelania 007

Os meus cumprimentos e agradecimentos pela atenção que me dispensarem.

ANTÓNIO FONSECA

In

MARTIROLÓGIO ROMANO

Conferência Episcopal Portuguesa  -  MMXIII

http://es.catholic.net; http://santiebeati.it; http://jesuitas.pt; http://bibliaonline.com.br/acf; http:// wikipedia.org.