OS MEUS DESEJOS PARA TODOS

Imagens e Frases de Natal Religioso

quinta-feira, 23 de abril de 2015

Nº 2363 - (113-2015) 1ª PÁGINA - SANTOS DE CADA DIA - 23 de Abril de 2015 - 7º ANO

Caros Amigos:
Desejo a todos os meus leitores

UM BOM ANO DE 2015

 Nº 2363 - (113-2015) 1ª PÁGINA

23 de Abril de 2015

SANTOS DE CADA DIA

7º ANO
miscelania 125 miscelania 008miscelania 125
LOUVADO SEJA NOSSO SENHOR JESUS CRISTO
**********************************************************
Comemorar e lembrar os
Santos de Cada Dia
é dever de todo o católico,
assim como procurar seguir os seus exemplos.
___________________________________________________________________________
===========================================


===========================================



JORGE, Santo

Mártir - Dióspolis ou Lida - Palestina - (séc. IV)

São JORGE, mártir cujo glorioso combate em Dióspolis ou Lida, na Palestina, celebram desde os tempos antigos todas as Igrejas do Oriente e do Ocidente.



ADALBERTO (Vojtech) - Santo

Bispo de Praga e mártir - Tentikken - Prússia - Polónia - (997)

Santo ADALBERTO (Vojtech), bispo de Praga e mártir, que suportou naquela Igreja muitas adversidades e empreendeu por amor a Cristo numerosas viagens apostólicas trabalhando com ardor na erradicação dos costumes pagãos; verificando que as suas diligências tinham pouco êxito, dirigiu-se a Roma e fez-se monge; finalmente, tendo chegado à Polónia para trazer a fé aos habitantes da Prússia, em Tentikken, junto à foz do Vístula, foi trespassado pelas lanças de alguns pagãos.


EULÓGIO, Santo

Bispo que morreu em Sexta-feira Santa - Edessa- Síria hoje Sanliurfa na Turquia .- (387)

MAROLO, Santo

Bispo que foi amigo do Papa INOCÊNCIO I - Milão - Ligúria - Itália - (séc. V)

GERARDO, Santo

Bispo - Toul - Lotaríngia hoje França - (994)

JORGE, Santo

Comemoração de São JORGE em Suélli, Sardenha - Itália - (117)

GIL DE ASSIS, Beato

Religioso da Ordem dos Menores, companheiro de São Francisco - Perúggia - Úmbria - Itália - (1262)



HELENA VALENTÍNI, Beata

Viúva ingressou na Ordem secular de Santo Agostinho - Údine - Venécia hoje Friúlli-Venezia Giúli - Itália - (1458)

TERESA MARIA DA CRUZ (Teresa Manétti), Beata

Virgem e fundadora da Congregação das Carmelitas de Santa Teresa - Campi Bisênzio - Etrúria hoje Toscana - Itália - (1910)

MARIA GABRIELA SAGHÉDDU, Beata

Virgem no mosteiro cisterciense de Grotaferrata- Roma -Itália - (1939)



*************************
*******************
*******************************

miscelania 004
_____________________________________

Local onde se processa este blogue, na cidade do Porto
miscelania 003

Os meus cumprimentos e agradecimentos pela atenção que me dispensarem.

ANTÓNIO FONSECA
In
MARTIROLÓGIO ROMANO da CEP – www.liturgia.pt
http://jesuitas.pt;

Nº 2362 - 2 ª PÁGINA - O ANTIGO TESTAMENTO - LAMENTAÇÕES DE JEREMIAS - INTRODUÇÃO E RESUMO (1) - 23 DE ABRIL DE 2015 - 7º ANO

Caros Amigos:
Desejo que o


ANO DE 2015

seja especial para todos vós,
tal como o desejo para mim.




O ANTIGO TESTAMENTO

23 DE ABRIL DE 2015

Nº 2362 - 2 ª PÁGINA

antoniofonseca1940@hotmail.com

Caros Amigos:



«IDE POR TODO O MUNDO E ENSINAI TODOS OS POVOS», 

pelos meios de que disponho. 

Durante esta transcrição tenho aprendido muita coisa que desconhecia e, que de certeza, também era e é desconhecida de muitos milhões de almas por este mundo fora. 
Não chego a todos, evidentemente, mas nem que consiga apenas tocar no coração de um só, 
sentir-me-ei compensado. 
Até que DEUS o permita vou continuar esta descrição e espero completá-la no pleno uso das minhas faculdades.
Obrigado a todos os que me seguem.

Sigamos, então, em frente:


miscelania 002

Mapa Antigo de ISRAEL - ANTIGO TESTAMENTO

miscelania 124
























Em cima mapas após a saída do Egipto e após a independência em 1948





Jerusalém actual

****************************************************
Caros Amigos:
Terminada no (dia 22-4-2015)
a transcrição do livro JEREMIAS 
hoje (23-Abril-2015) início um novo livro o das LAMENTAÇÕES DE JEREMIAS com a respectiva Introdução e Resumo, ficando por isso a faltar menos 1 livro até ao fim.
 ASSIM DEUS ME AJUDE. a terminar esta tarefa.
Apesar de continuar a ser um trabalho cansativo e que requer muita disposição de espírito e muito cuidado na transcrição de todas as palavras que contêm os textos que me propus levar a cabo. Não fora as frequentes e malfadadas avarias que têm causado muitas interrupções no meu computador, possivelmente estaria já um pouco mais adiantado, embora soubesse à partida que iria ser uma tarefa bastante difícil para levar a cabo com os poucos conhecimentos técnicos que possuo, para não falar da idade, que conforme é sabido e Graças a Deus, atingi no passado dia 20 de Fevereiro os 75 anos - tudo isso tem sido ultrapassado com a Sua ajuda e a minha Fé em que poderei terminar esta tarefa – dure o tempo que durar, – pois Deus me tem dado Saúde e Força para a continuar.
Como já tive oportunidade de dizer anteriormente continuo a mencionar  os Livros já publicados e os que faltam, em cada dia.
Assim, pois já foram aqui publicados até agora, os textos dos seguintes livros:

GÉNESIS, ÊXODO, LEVÍTICO, NÚMEROS, DEUTERONÓMIO, constantes do PENTATEUCO, JOSUÉ, JUÍZES, RUTE, 1º e 2º de SAMUEL, 1º Reis e 2º Reis, 1º e 2º dos Paralipómenos ou Crónicas, ESDRAS, NEEMIAS, TOBIAS, JUDITE, ESTER, 1º dos MACABEUS, 2º dos MACABEUS (Livros históricos); JOB, SALMOS, PROVÉRBIOS, ECLESIASTES, CÂNTICO DOS CÂNTICOS, SABEDORIA, ECLESIÁSTICO (Livros Sapienciais ), ISAÍAS, JEREMIAS, 

Faltando, pois publicar, os seguintes:

  JEREMIAS – Lamentações, BARUC, EZEQUIEL, DANIEL, OSEIAS, JOEL, AMÓS, ABDIAS, JONAS, MIQUEIAS, NAUM, HABACUC, SOFONIAS, AGEU, ZACARIAS e MALAQUIAS (Profetas).

Como dizia nas edições anteriores,
Poderei porventura dar conta do recado? 
Se calhar, não! Só Deus o sabe e decerto providenciará o que lhe aprouver! 
Sei, no entanto que se poderá dizer: trata-se de uma  tarefa ciclópica, impossível., etc.., para os minha IDADE, e, SE CALHAR, É… 
Continuo a desconhecer se conseguirei executar esta tarefa e sei os limites que poderão antepor-se-me, mas CREIO EM DEUS TODO-PODEROSO que não me desamparará em ocasião alguma. Com Fé e perseverança tudo se consegue e portanto irei até onde Deus me permitir, rezando todos os dias para que eu possa Evangelizar com os meios que tenho à disposição, durante o tempo que Deus Nosso Senhor Jesus Cristo entender.
Se no entanto, o vier a conseguir, darei muitas Graças a Deus.

»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»


Como afirmei inicialmente, Envolvi-me nesta tarefa, pois considero ser um trabalho interessante, pois servirá para que vivamos mais intensamente a Vida de Jesus Cristo que se encontra sempre presente na nossa existência, mas em que poucos de nós (eu, inclusive) tomam verdadeira consciência da sua existência e apenas nos recordamos quando ouvimos essas palavras na celebração dominical e SOMENTE quando estamos muito atentos, – o que se calhar, é raro, porque não acontecendo assim, não fazemos a mínima ideia do que estamos ali a ouvir e daí, o desconhecimento da maior parte dos cristãos do que se deve fazer para seguir
caminho até Ele.


Como Jesus Cristo disse, aos Apóstolos, no dia da sua Ascensão ao Céu:

IDE POR TODO O MUNDO E
ENSINAI  TODOS OS POVOS”.

É apenas isto realmente, que eu estou tentando fazer. AF.


+++++++++++++++++++++++

Mãos à obra, pois, continuemos:

ANTIGO TESTAMENTO



Profeta JEREMIAS



O profeta Jeremias (na frente) feito em pedra sabão por Aleijadinho 




LAMENTAÇÕES DE JEREMIAS


*********************************************************


INTRODUÇÃO E RESUMO





A versão grega e a Vulgata atribuem a Jeremias as cinco lamentações que a Bíblia hebraica  coloca entre os Ketubim - a seguir aos livros de Rute e "Cântico dos Cânticos" - sem nome do autor.

O livro é formado por cinco poemas: 

os quatro primeiros são acrósticos, isto é, alfabéticos, de acordo com  as letras do alfabeto hebraico, o que já não acontece com o último, ao qual a Vulgata dá o título de «Oração do profeta Jeremias». 
O seu objectivo é a ruína de Jerusalém e do Templo, levada a cabo por Nabucodonosor.

No primeiro poema, o autor evoca a queda de Jerusalém, tornada escrava, privada de chefes e de consoladores (cap 1, 1-11).
A cidade santa implora a piedade dos homens e o perdão de Deus (12-22).

O segundo poema descreve o castigo divino. 
Os israelitas que foram poupados pela espada sucumbem devido à fome (cap 2, 1-12). 
O poeta toma o Senhor como testemunha da miséria do Seu povo (2, 13-22). 

No terceiro poema, e apesar das calamidades terem atingido um grau de acuidade trágica (Cap 3, 1-21), o poeta exprime a sua confiança em Deus, que feriu com dureza, mas não aniquilou por completo: 
as faltas foram muitas (3, 22-42), mas o Senhor virá em socorro de Jerusalém e dispersará os seus inimigos (3, 43-66).

O quarto poema descreve a triste situação dos nobres e dos príncipes (cap 4, 1-12). 
Foram as iniquidades dos falsos profetas e dos sacerdotes que originaram todo o mal (4, 13-20). 
Edom pode regozijar-se, mas o seu dia chegará (4, 21-23).

O quinto poema é uma súplica ardente dirigida pelo autor, em nome dos seus irmãos, ao Senhor que castigou a nação. 
O queixume é emocionante e pungente (cap 5, 1-6): 
Os filhos pagam pelos pais, as piores violências foram exercidas, a tristeza domina toda a carne (Cap 5, 7-18). 
Por fim, o autor implora ardentemente o auxilio do Senhor e pede-Lhe que não rejeite inteiramente o Seu povo, desistindo da Sua ira (5, 19-22).



PRIMEIRA LAMENTAÇÃO



1

- ALEF

Como se encontra solitária a cidade antes tão povoada! Tornou-se como uma viúva aquela que sobrepujava as nações. Rainha entre as províncias, ficou sujeita ao tributo (Bar 4, 12).


- BET

Chora sem cessar pela noite adentro, as lágrimas correm-lhe pelas faces; não há quem a console entre todos os que a amam. Todos os seus amigos a traíram, tornaram-se seus inimigos (Sl 68, 21; Jer 30, 14).


3

- GHIMEL

Emigrou Judá, esmagado pela miséria e dura servidão. Habita entre as nações sem achar repouso. Alcançaram-na os seus perseguidores no meio da sua angústia.


- DALET

Estão de luto os caminhos de Sião, pois não há quem venha às suas festas. Todas as suas portas se encontram destruídas; gemem os seus sacerdotes; afligem-se as virgens, e ela mesma está cheia de amargura (Jer 14, 2).

5

- HE

Apoderaram-se dela os seus opressores e tranquilos vivem os seus inimigos, pois o Senhor a aflige por causa do número dos seus crimes. Foram levados cativos os seus filhos diante do opressor.

6

- VAU

Desapareceu da filha de Sião toda a sua glória. Os seus chefes tornaram-se como veados que não encontram pastagens e fugiram esgotados diante do perseguidor.

7

- ZAIN

Nestes dias de aflição e de vida errante, lembrou-se Jerusalém das delícia dos tempos idos; agora o seu povo caiu  nas mãos do inimigo sem que ninguém a viesse socorrer! Olham-na os seus inimigos e zombam da sua devastação.

8

- HET

Graves foram os pecados de Jerusalém, por isso foi desprezada. Quantos a honravam, desprezam-na agora porque viram a sua nudez. E ela geme e esconde o rosto (Ez 16, 37).

9

- TET

As suas impurezas mancharam as suas vestes. Ela não previra este fim. É espantosa a sua decadência, e ninguém a vem consolar. «Olhai Senhor, para a minha miséria, porque o inimigo triunfa».

10

- JOD

O inimigo lançou mão de todos os seus tesouros. Ela viu os pagãos penetrarem no seu santuário, aqueles de quem havia dito que não entrariam na sua assembleia (Ez 44, 7-9).

11

- CAF

Geme todo o seu povo à procura de pão. Troca as suas jóias por víveres a fim de conservar a vida. «Vêde, Senhor, e considerai o aviltamento a que cheguei

12

- LÂMED

Ó vós que passais pelo caminho, olhai e vêde se existe dor semelhante à dor que me atormenta, pois o Senhor feriu-me no dia da Sua ardente cólera (Dan 9, 12).

13

- MEN

Do alto lançou contra os meus ossos um fogo que os devora. Estendeu a meus pés uma rede que me fez cair para trás; lançou-me na desolação, numa contínua tristeza.

14

- NUN

O jugo dos meus crimes pesa sobre mim. Sua mão os enfeixou e colocou sobre o meu pescoço; e enfraqueceram as minhas forças. Entregou-me o Senhor em mãos de que não posso loibertar-me.

15

- SAMEC

O Senhor deitou por terra todos os meus guerreiros que viviam dentro de mim. Convocou contra mim um exército, a fim de abater os meus soldados escolhidos. Pisou o Senhor, como num lagar, a virgem, filha de Judá (Is 63, 3).

16

- AIN

É por isso que eu choro; fundem-se em lágrimas os meus olhos, porque se afastou de mim o Consolador que poderia reanimar a minha alma. Vivem consternados os meus filhos, porque triunfa o inimigo.

17

- FE

Sião estende as suas mãos, sem que ninguém a console. Mandou o Senhor contra Jacob inimigos que o cercam; Jerusalém tornou-se, para eles, objecto de abominação.

18

- SADE

É justo, porém, o Senhor, porque fui rebelde às suas ordens. Escutai todos vós, ó póvos, e vêde a minha dor. As minhas virgens e os meus jovens foram levados para o exílio.

19

- COF

Clamei pelos meus amigos e eles iludiram-me. Os meus sacerdotes e os meus anciãos pereceram na cidade, quando buscavam alimento para conservar a vida.

20

- RES

Vêde, Senhor, a minha angústia! Tremem as minhas entranhas e o meu coração está perturbado por causa das minhas revoltas. Por fora matou-me a espada; por dentro, a morte (Dt 32, 25; Jer 4, 19; 9, 20).

21

- SIN

Os meus suspiros são ouvidos sem que ninguém me console. Todos os meus inimigos, sabendo da minha ruína, se alegraram do que Vós fizestes. Fazei chegar o anunciado dia, para que se tornem semelhantes a mim.

22

- TAU

Que todos os seus crimes estejam presentes ante os Vossos olhos ! Tratai-os como me haveis tratado a mim por causa das minhas iniquidades. Porque não cessam os meus gemidos, e  está doente o meu coração.


===============================================

+++++++++++++++++++++++++++++++++++


000000000000000000000000000000000000000000000

Local onde se processa este Blogue



miscelania 003

********************************

00000000000000000000000000000
Este texto deverá ser publicado em
23 de ABRIL de 2015







http://es.catholic.net; http://santiebeati.it; http://jesuitas.pt; http://bibliaonline.com.br/acf; http://wikipedia.org